Reavivados por Sua Palavra


Josué 11 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
30 de julho de 2022, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Como ordenara o Senhor a Moisés, Seu servo, assim Moisés ordenou a Josué; e assim Josué o fez; nem uma só palavra deixou de cumprir de tudo o que o Senhor ordenara a Moisés” (v.15).

Desde Jericó, o Senhor provou a Israel a Sua fidelidade, concedendo-lhe uma vitória após outra. De forma espantosa, o jovem exército de Israel avançava com a poderosa e inabalável guia do Senhor dos Exércitos. O incidente em Ai não foi capaz de abalar a fé e a força de um povo que contemplou a queda sobrenatural dos muros de Jericó, e, sob a ameaça das ímpias nações, unidas no intuito de destruir o povo que julgavam ser um intruso, Israel continuou avançando na certeza da vitória em o nome do Senhor, seu Deus, para conquistar a terra de seus antepassados.

Outra união entre nações aconteceu. Desta vez, porém, a Bíblia contabiliza “muito povo, em multidão como a areia que está na praia do mar, e muitíssimos cavalos e carros” (v.4). Eram milhares a mais do que o exército de Israel, com forças bélicas melhor equipadas e capacitadas. Josué tinha tudo para temer. Tudo contribuía para que os exércitos de Israel recuassem. Até que novamente, a voz que transmite vida falou a Josué: “Não temas diante deles” (v.6). No dia seguinte, o “Senhor os entregou nas mãos de Israel” (v.8), pois, assim como Faraó, aquelas nações rejeitaram os apelos divinos, tendo seus corações endurecidos para qualquer tipo de arrependimento.

A natureza humana grita a corrupção. O pecado nos tornou maus e irreconciliáveis. Não há nada em nós que possamos aproveitar como meio de salvação. O nosso coração é enganoso, “e desesperadamente corrupto” (Jr.17:9). E a menos que reconheçamos a nossa condição e completa necessidade da graça de Cristo, prosseguimos enganando-nos a nós mesmos, fingindo estar tudo bem quando sabemos que não está.

A dureza de coração não sobrevém de um dia para o outro, ela é acariciada pelo ego que não admite depender de Deus. A obediência de Josué contrastava com a impiedade dos povos cananeus, que, rejeitando um longo período de misericórdia, colheram a própria ruína. Uma coisa ficou bem clara: não foi a força de Israel que derrotou seus inimigos, mas o Senhor os entregou em suas mãos. Diante desta verdade, gosto muito desta tradução do Salmo 46:10, na Nova Versão Internacional, que diz: “Parem de lutar! Saibam que Eu sou Deus”.

O mesmo Deus luta por nós hoje, e a única coisa que Ele nos pede é o nosso coração (Pv.23:26), para que possa purificá-lo, transformá-lo e torná-lo habitação do Espírito Santo. Eis a perfeita obra que Ele deseja realizar em nossa vida: “Dar-vos-ei coração novo e porei dentro de vós espírito novo; tirarei de vós o coração de pedra e vos darei coração de carne. Porei dentro de vós o Meu Espírito e farei que andeis nos Meus estatutos, guardeis os Meus juízos e os observeis” (Ez.36:26-27). Vigiemos e oremos!

Feliz sábado, corações segundo o coração de Deus!

Rosana Garcia Barros

#Josué11 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: