Reavivados por Sua Palavra


Josué 10 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
29 de julho de 2022, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Não houve dia semelhante a este, nem antes nem depois dele, tendo o Senhor, assim, atendido à voz de um homem; porque o Senhor pelejava por Israel” (v.14).

O rei de Jerusalém, sabendo que Gibeão havia feito paz com Israel, “temeu muito; porque Gibeão era cidade grande […] e todos os seus homens eram valentes” (v.2). Então, criou uma espécie de “organização das nações unidas” com mais quatro reis a fim de irem pelejar contra os gibeonitas. Eu diria que, muito mais do que valentes, os gibeonitas foram espertos, pois provaram que o uso da inteligência vale mais do que a valentia. Ao fazerem um acordo de paz com Israel, teriam o exército do Senhor a favor deles. E cercados pelas forças bélicas daquelas nações, pediram a ajuda a Josué que, prontamente, convocou todos os homens de guerra em favor dos gibeonitas.

Percebendo que o conflito se estenderia, Josué clamou pela intervenção divina. Resultado: “O sol, pois, se deteve no meio do céu e não se apressou a pôr-se, quase um dia inteiro” (v.13). A Bíblia relata que jamais houve dia semelhante a este (v.14). O Rei do Universo atendeu a um pedido inusitado de um simples homem servo. O sol não deixou de dar a sua claridade quando em horas de escuridão. Deus é o Sol da Justiça! Ele deseja fazer em nossa vida exatamente o que fez na vida do Seu povo. Como fez Josué, o Senhor só aguarda o nosso pedido. Quantas vezes nos encontramos em situações em que tudo parece escuro e o que mais desejamos é encontrar uma luz no fim do túnel. Amados, Deus não deseja ser apenas uma luz no fim do túnel em nossa existência. Ele deseja brilhar em nós como o sol, dissipando todas as trevas. Pois onde Deus prevalece, a escuridão desvanece!

O Senhor não atendeu ao pedido de Josué porque ele era mais especial do que os outros. Mas porque, antes de ser líder de Israel, Josué era servo de Deus, fazendo tudo “como ordenara o Senhor, Deus de Israel” (v.40). Isto não significa que tudo quanto pedirmos, Deus nos atenderá conforme à nossa vontade. E sim, que aquele que deposita a sua confiança em Deus e busca servi-Lo, terá sempre a firme segurança de que Ele está no controle de todas as coisas. O apóstolo Paulo sofria com “um espinho na carne” (2Co.12:7) e, por três vezes, pediu a Deus que o livrasse daquele infortúnio. Mas, apesar de ter sido negado o seu pedido, a resposta de Jesus lhe foi suficiente: “A Minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza” (2Co.12:9).

Até as lutas e provas desta vida são usadas em nosso favor, para fortalecer a fé, confirmar a perseverança, moldar o caráter e nos levar a reconhecer a nossa total dependência de Deus. Como escreveu Tiago: “Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações, sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança” (Tg.1:2-3). Josué, em sua fraqueza, foi perseverante. Paulo, em sua fraqueza, perseverou. O chamado de Deus para nós, hoje, não é diferente: “A Minha graça vos basta”, nos diz Jesus. “Sede, pois, perseverantes e Eu brilharei em vocês, ainda que nas mais densas trevas”.

Acredite: a nossa vida nas mãos de Cristo é transformada na mais clara luz, para a glória do Pai. “Dispõe-te, resplandece, porque vem a tua luz, e a glória do Senhor nasce sobre ti” (Is.60:1). Vigiemos e oremos!

Bom dia, luz do mundo!

Rosana Garcia Barros

#Josué10 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: