Reavivados por Sua Palavra


JOSUÉ 2 – Comentário Pr. Heber Toth Armí by Jeferson Quimelli
21 de julho de 2022, 0:40
Filed under: Sem categoria

JOSUÉ 2 – A salvação de uma mulher que praticava a prostituição fala mais de Deus do que da hediondez do pecado. O fato é que Deus está mais interessado em salvar, do que o pecado em arruinar àqueles que são alvos do Diabo.

A história de Josué 2 é uma revelação didática para Israel, os habitantes de Canaã e a nós, de que, caso houvesse conversão, não haveria destruição. Raabe não se salvou sozinha; ela colocou sua família sob a proteção de Deus. Ela não foi egoísta. Imagino que em sua casa poderia ter faltado algumas pessoas que ela deveria ter convidado, mas rejeitaram seu convite!

Diferentemente do relatório dos dez espias pessimistas e incrédulos de aproximadamente 40 anos antes (Números 13 e 14), os dois espias de agora confirmaram que os dois espias de outrora estavam corretos: Que Deus cumpriria Suas promessas. “Os fatos da história confirmaram aos espias que os inimigos de Israel eram fracos, apesar de seus muros elevados. O rei tolo de Jericó foi facilmente enganado pela humilde prostituta Raabe, enquanto os espias hebreus foram hábeis em fazer um trato com ela. Os espias também souberam que a população da cidade estava apavorada por causa de Israel (2:11). Outra garantia da vitória final de Israel foi a conversão de Raabe e seu reconhecimento de que o Senhor havia entregado a terra nas mãos de Israel” (Kenneth Mathews).

Considerando que Raabe está presente na genealogia do Messias (Mateus 1:5) por ter casado com um príncipe do povo de Deus, que entrou na lista de heróis e heroínas da fé, parte da tão grande nuvem de testemunhas da perseverança (Hebreus 11:31; 12:1), e tornou-se ícone da fé verdadeira ao lado de Abraão (Tiago 2:21-25), pode-se concluir ser ela um exemplo dos fieis que se salvarão antes da destruição do mundo.

A proclamação das grandezas de Deus, ilustrada no comentário dos moradores de Jericó; a perseguição aos fieis, ilustrada nos espias; o sinal de compromisso com Deus, ilustrado no cordão de escarlata visível na janela, formam o cenário dos últimos dias (Mateus 24:14; Apocalipse 7:1-4; 13:15).

Raabe prova que, se todos os cananitas quisessem salvar-se, poderiam tê-lo feito! Para salvar-nos, precisamos:
• Ter fé para comprometer-se.
• Renunciar o passado.
• Preparar-se para a libertação.
• Reavivarmo-nos! – Heber Toth Armí.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: