Reavivados por Sua Palavra


DEUTERONÔMIO 23 – COMENTÁRIO PR. HEBER TOTH ARMÍ by Jeferson Quimelli
8 de julho de 2022, 0:40
Filed under: Sem categoria

DEUTERONÔMIO 23 – O sermão do maior líder do Antigo Testamento no final de sua vida, antes de Israel entrar na Terra Prometida, é fundamental para todos que, no fim do tempo do fim, esperam entrar na Canaã Celestial.

O alvo de Moisés neste sermão foi a geração mais jovem dos israelitas, os sobreviventes após 40 anos no deserto. Seu objetivo foi transmitir princípios e verdades teológicas corretas e adequadas a todos os membros do povo de Deus em todos os lugares.

A nova geração do povo de Deus do Antigo Testamento serve para ensinar o povo de Deus em todas as épocas. “Nós, a exemplo deles, somos um povo com um passado em que Deus agiu para nossa salvação e revelou Sua vontade para nossa vida. Mas não basta possuir orgulhosamente uma herança de fé. Nós, como eles, somos um povo com um presente. Precisamos também nos dedicar pessoalmente a Deus hoje. Por fim, a exemplo deles, somos um povo com um futuro que depende de nossa fidelidade contínua a Deus” (Eugene Merrill).

O compromisso e amor a Deus devem resultar em nosso compromisso com Suas orientações de amor para conosco. A ética divina mostra que a atitude honesta diante de Deus deve resultar em comportamento correto diante do próximo. O fato de Deus estar entre Seu povo precisa moldar o povo a fim de ter comportamento coerente com tal privilégio (Deuteronômio 23:14).
• Deuteronômio 23 apresenta que nem todo tipo de gente pode entrar na presença do Senhor, que o ambiente da habitação deve ser higiênico, limpo e, as pessoas devem purificar-se caso tenham se contaminado.
• Deuteronômio 23 também trata dos escravos fugitivos, os quais devem ser acolhidos e protegidos pelo povo de Deus. A dignidade humana é importante para Deus, e deve ser apreciada por Seu povo.
• Deuteronômio 23 condena a prostituição religiosa, a cobrança de juros do povo de Deus, e o levar alimentos do campo alheio para casa.
• Deuteronômio 23 orienta quanto a votos feitos a Deus, seja no batismo, na fidelidade, ou em qualquer outra questão.

A forma como as pessoas vivem o dia a dia indica o quanto de consciência elas têm de que Deus está sempre presente! Tudo muda em nosso ambiente tendo a Deus por prioridade! Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: