Reavivados por Sua Palavra


ÊXODO 34 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
4 de janeiro de 2019, 0:45
Filed under: Sem categoria

Há neste capítulo muitas verdades espirituais. Há muita teologia em cada parágrafo. Há muitas lições práticas, das quais devemos atentar.

Observe os seguintes tópicos:

1. Embora Moisés soubesse tudo o que estava escrito nas duas tábuas dos Dez Mandamentos que ele havia despedaçado, Deus não pediu que ele reescrevesse. Só foi pedido que Moisés preparasse novas tábuas de pedras e levasse para Deus escrevê-las novamente – Estas são as especiais e morais Leis de Deus (vs. 1-4);

2. Uma visão correta do caráter amoroso de Deus orienta a oração dos seres humanos desprovidos da glória divina. Quanto mais Moisés avançava em seu relacionamento com Deus, mais percebia que Deus é misericordioso, gracioso, paciente, amoroso, fiel, leal, perdoador… embora intolerante ao pecado (vs. 5-17);

3. Há temas tão relevantes que Deus reitera sempre que vê necessidade. Nos versos 18-27, Deus relembra Moisés da importância da…

• festa dos pães asmos;
• redenção dos primogênitos;
• santidade do sábado;
• festa das semanas;
• festa da colheita.

4. Aquele que passa tempo na presença de Deus reflete Sua glória. Quem vive na presença divina certamente não será mais o mesmo. Moisés esteve por 40 dias ininterruptos na presença de Deus; não parou nem para comer nem para beber nada, então, sua face resplandeceu diante dos israelitas (vs. 28-35).

Por três vezes Deus quis que fosse inserida a orientação de que é proibido cozinhar o cabrito no leite de sua própria mãe (Êxodo 23:19; 34:26; Deuteronômio 14:21).

Hans Joechen Boecker apresenta várias opções interpretativas deste mandamento, alegando que elas são questionáveis. Após analisar as principais interpretações, oferece sua compreensão, que segue:

“No leite materno, o animal recém-nascido encontra o elixir de vida propriamente dito; o leite materno transmite a energia do início da vida. Utilizar o leite materno para cozinhar o filhote destruiria a ordem da criação, pois mesclaria de forma negativa a esfera da vida com a esfera da morte”.

Deus se preocupa com pequenos detalhes. Ele é o autor da vida e quer que seres humanos preservem a vida de Suas criaturas. O leite é símbolo da vida, e não quer que esteja vinculado com a morte. Deus é o Criador, por isso é também o Legislador. Tudo o que Ele faz revela cuidado com o pecador.

Feliz sábado! – Heber Toth Armí.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: