Reavivados por Sua Palavra


1 SAMUEL 7 – ACESSE AQUI O POST DESEJADO by Jeferson Quimelli
13 de setembro de 2022, 1:00
Filed under: Sem categoria

TEXTO BÍBLICO 1 SAMUEL 7 – Primeiro leia a Bíblia

1 SAMUEL 7 – COMENTÁRIO BLOG MUNDIAL

1 SAMUEL 7 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS

COM. TEXTO – ROSANA GARCIA BARROS

COM. TEXTO – PR HEBER TOTH ARMÍ

Acesse os comentários em vídeo em nosso canal no Youtube (pastores Adolfo, Valdeci, Weverton, Ronaldo e Michelson)



1 SAMUEL 7 by Luís Uehara
13 de setembro de 2022, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://www.bibliaonline.com.br/nvi/1sm/7
Leitura auxiliar recomendada: PATRIARCAS E PROFETAS, Cap. 57

Na Bíblia, pedras serviram como testemunhas tangíveis do que o Senhor fez. A esposa de Ló foi transformada em um pilar de sal como uma advertência para aqueles cujos corações não estavam totalmente dedicados a Deus e optaram por olhar para trás, para o mundanismo. Jacó colocou algumas pedras como testemunhas de seus encontros com Deus. Um pilar, Mizpá, serviu como testemunha da aliança entre Jacó e Labão de que não fariam mal um ao outro. Em 1 Samuel 7:5, Samuel reúne todo o Israel neste mesmo local, Mizpá, e lembra-lhes que Deus intervirá em seu favor. Israel derrotou os filisteus naquele dia e Samuel erigiu outra pedra-testemunha. “Ele a chamou Ebenezer, dizendo: ‘Até aqui o Senhor nos ajudou’ ”. 1 Samuel 7:12.

E quanto a você? Você é uma testemunha tangível? A sua vida dá evidências de como o Senhor o tem ajudado? 1 Pedro 2:5 promete: “Vocês também estão sendo utilizados como pedras vivas na edificação de uma casa espiritual para serem sacerdócio santo”. Permita que a sua vida brilhe a favor de Jesus enquanto você tem essa oportunidade. Caso contrário, se ficar calado, “as pedras clamarão”. Lucas 19:40.

Karen Lifshay
Corista
Igreja Adventista do Sétimo Dia de Hermiston
Oregon, USA

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/1sa/7



I SAMUEL 7 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
13 de setembro de 2022, 0:50
Filed under: Sem categoria

920 palavras

1 a arca do Senhor não foi levada a Silo, que os filisteus já haviam destruído junto com o tabernáculo (ver 4.10). Bíblia Shedd.

Abinadabe … Eleazar, seu filho. Fica claro, pelo contexto da passagem, que Abinadabe, cujo nome quer dizer “mau pai é nobre”, pertencia a uma família sacerdotal. O nome de seu filho [Eleazar] significa “Deus tem ajudado”, um sentido adequado para a história do capítulo. Bíblia de Estudo Andrews.

20 vinte anos. A arca permaneceu tanto tempo em um só lugar por causa do medo do povo, depois das várias mortes relatadas no capítulo anterior. Bíblia de Estudo Andrews.

3-9 Aprendemos aqui os passos sucessivos que devem ser tomados para experimentarmos um reavivamento, seja para a Igreja ou para o indivíduo. (1) Unidade. Todo o Israel se congregou ali. As divisões e os ciúmes dos anos precedentes foram postos de lado. (2) Confissão. Os israelitas derramaram o coração perante Deus. (3) O abandono dos falsos deuses. Eles “tiraram dentre si os Baalins e Astarotes, e serviram só ao Senhor” (7.4). (4) Oração intercessora. A única condição para avivamento é o retorno à oração. “Não cesses de clamar ao SENHOR nosso Deus por nós.” (5) Total rendição, como ficou demonstrado no holocausto de Samuel. Rende-te a Deus e os filisteus serão desbaratados, e tu erguerás teu Ebenézer. Comentário Bíblico Devocional – Velho Testamento, F. B. Meyer.

3 preparai o vosso coração. Na Bíblia, o coração é considerado o centro dos pensamentos de uma pessoa. Bíblia de Estudo Andrews.

Era o Dia da Expiação (Lv 23.27), quando se praticava um completo jejum, com a confissão de pecados (6). Bíblia Shedd.

Samuel aparece na narrativa pela primeira vez desde a batalha de Afeca, desempenhando o papel de um reformador na tentativa de fazer um povo idólatra e egoísta se voltar para Deus. … Samuel sabia que se o povo abandonasse a idolatria e se recusasse a servir aos deuses filisteus, isso seria interpretado como o equivalente a uma rebelião contra a supremacia filisteia e, é claro, significaria guerra. Contudo, Samuel tinha confiança nas promessas de Deus e prosseguiu inspirando esperança num povo desolado. … Um dos maiores incentivos para o cristão é a certeza de que Deus nunca é surpreendido, quaisquer que sejam as circunstâncias. CBASD, vol. 2, p. 512.

Samuel exortou os israelitas a jogar fora os deuses estranhos [estrangeiros]. Ídolos hoje são mais sutis do que deuses de madeira e pedra, mas são tão perigosos quanto eles. Seja o que for que ocupe o primeiro lugar em sua vida ou controle você é seu deus. Dinheiro, sucesso, bens materiais, orgulho ou qualquer outra coisa pode ser um ídolo se tomar o lugar de Deus em nossas vidas. O Senhor somente é digno de nosso serviço e adoração e não devemos deixar que nada se rivalize com Ele. Se temos “deuses estranhos”, precisamos pedir que Deus nos ajude a destroná-los, fazendo o verdadeiro Deus a nossa prioridade. Life Application Study Bible Kingsway.

4 baalins, plural de Baal, deus supremo dos cananeus. Astarotes, plural de ‘Ashtoreth, deusa da fertilidade e do amor profano. Bíblia Shedd.

A adoração a Astarote é muitas vezes combinada com a adoração a Baal (cf. v. 4; 12.10; Jz 2.13; 3.7; 10.6), de acordo com a praxe comum nos cultos de fertilidade: a associação entre si de deidades masculinas e femininas. Bíblia de Estudo NVI Vida.

6 tiraram a água e a derramaram. Com a água derramada no chão e uma completa abstenção de alimentos, era um jejum absoluto. Ana usou o mesmo termo “derramar” na sua oração, em 1.15. Um coração derramado é um coração humilhado e arrependido (Lm 2.19; Sl 22.14; 61.8). Bíblia Shedd.

pecamos contra o SENHOR. É a mais alta e a mais profunda expressão da alma (Lc 15.18; Is 6.5). Foi o maior dia de avivamento espiritual nacional até então. Bíblia Shedd.

7 subiram os príncipes dos filisteus. Eles [os filisteus] atacaram com tamanha rapidez que os israelitas, reunidos de várias partes do país com intenções pacíficas, se viram obrigados a enfrentar-lhes sem estar preparados para a guerra. A única saída seria por meio da oração. CBASD, vol. 2, p. 513.

12 Ebenézer. “Pedra do Socorro” erigida em honra a Deus pela vitória conseguida sobre os filisteus, justamente no mesmo lugar onde foram derrotados há 20 anos (4.1; 5.1). Bíblia Shedd.

13 a mão do SENHOR. …graças à renovação do relacionamento com Deus, os israelitas puderam tirar vantagem do ponto de vista pagão tradicional e consumar a mais completa vitória sobre os inimigos. Assim foi naquela época e assim é hoje. O ser humano chega a um ponto em que reconhece que sua vida é completamente insatisfatória. Encontra-se amarrado a seus ídolos, quaisquer que sejam. Percebe a inutilidade dos hábitos passados, dos motivos que abrigou e dos desejos que satisfez. É atraído à comunhão que vê outros desfrutarem com Deus, assim como Israel viu em Samuel durante 20 anos. Renuncia, então, à vida passada e confessa sua incapacidade para se transformar pelos próprios esforços. Então, se entrega ao Espírito Santo e, dentro de si mesmo, descobre autocontrole, aceitação da ajuda espiritual que Deus lhe dá, com toda sabedoria, para capacitá-lo a alcançar uma vida superior até então desconhecida. Os erros do passado se transformam, portanto, em degraus. CBASD, vol. 2, p. 514

nunca mais vieram ao território de Israel. Os filisteus foram derrotados de modo convincente e não tentaram nenhum contra-ataque (compare 2Sm 2.28 com 3.1; também 2Rs 6.23 com 6.24), mas isso não exclui agressões filisteias subsequentes (9.16; 10.5; 13.3; 14.52). Bíblia de Genebra.

15 julgou Samuel todos os dias de sua vida a Israel. Indica que Samuel continuou a ser juiz, mesmo durante o reinado de Saul. Calcula-se que tenha atingido 89 anos. Bíblia Shedd.

17 Ramá. Samuel nasceu e foi criado nesta cidade antes de partir para Siló. Bíblia de Estudo Andrews.



1Samuel 07 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
13 de setembro de 2022, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Tomou, então, Samuel uma pedra, e a pôs entre Mispa e Sem, e lhe chamou Ebenézer, e disse: Até aqui nos ajudou o Senhor” (v.12).

Há uma sequência a ser observada no relato de hoje. Notem que, primeiro, o povo dirigiu lamentações a Deus, orou, chorou, e, por se voltar a Ele de todo o coração, deu ouvidos à voz de Deus por meio do profeta, livrando-se de tudo o que lhe trazia maldição, arrependendo-se de seus maus caminhos e confessando os seus pecados. Essa, meus irmãos, é a fórmula para se obter o perdão e a salvação. A busca de Deus para salvar o pecador pode ser um processo lento, gradativo, rápido ou até instantâneo. Vamos analisar alguns exemplos bíblicos para entendermos cada situação:

  1. Processo lento: Manassés. Um dos piores reis de Judá, Manassés era tão sanguinário que não via problema algum em sacrificar seus filhos a deuses pagãos, e, segundo a tradição judaica, mandou serrar o profeta Isaías ao meio. Era tão cruel, que as Escrituras dizem que ele fez o povo tornar-se pior do que as nações que Deus havia destruído (2Cr.33:9). Detalhe: ele começou a reinar aos 12 anos de idade e reinou 55 anos. Foi tempo o suficiente para inúmeros apelos divinos. Só quando foi afligido e preso como um animal, orou, se humilhou e se arrependeu diante de Deus. Uma oração e Deus o cobriu de perdão;
  2. Processo gradativo: Que melhor exemplo do que o do apóstolo Pedro? Pedro era impulsivo e autossuficiente. Queria estar sempre perto de Cristo, sempre se adiantava em falar, sempre se adiantava em agir. Era uma pedra bruta. Mas o Senhor o foi lapidando com paciência e amor. As suas epístolas provam a mudança ocorrida na vida daquele homem. E a sombra de Jesus projetada em sua vida fazia com que até a sua sombra manifestasse a glória de Deus (At.5:15);
  3. Processo rápido: Se teve um processo que foi rápido, foi o de Zaqueu. De cobrador de impostos fraudulento a cristão honesto. Bastou um olhar do Salvador, bastou o tempo de uma refeição, para que o homem corrupto fosse transformado em homem de bem (Lc.19:1-10);
  4. Processo instantâneo: Creio que não há na Bíblia um processo entre conversão, arrependimento e salvação mais rápido do que o foi com o ladrão na cruz. Aquele homem não teve tempo e nem oportunidade de descer da cruz, ser batizado e recomeçar a sua vida transformada. Ele só teve a chance de abrir o coração, se arrepender e clamar por ajuda. Só que ele estava diante do Senhor do Universo, da Água da vida e do Doador da vida aos que nEle creem. Aquele homem clamou à Pessoa certa e morreu com a fiel promessa da ressurreição para a vida.

Que tipo de processo você viveu ou tem vivido? Meus amados, existem três fases na vida cristã. A primeira acontece como vimos nos exemplos anteriores. Deus tem maneiras diferentes de alcançar Seus filhos, porque Ele nos fez cada um com seu jeitinho especial. O que o Senhor realizou na vida daquelas pessoas foi o processo de conversão. Após essa fase, inicia-se então a fase da santificação. E essa dura enquanto há vida. Deus não quer apenas uma entrega emocional e passageira. O encontro real com Cristo promove constante crescimento espiritual (Leia Pv.4:18 e 2Co.3:18).

Não bastava os filhos de Israel pedirem a ajuda de Deus, eles precisavam fazer aquilo de todo o coração para que então pudessem iniciar a fase da santificação, o andar diariamente com Deus. Eles ainda se apoiavam na figura de Samuel, e não no Senhor. Seus pecados os haviam afastado tanto dEle, que não se sentiam seguros em buscar por si mesmos o socorro divino. Vendo em Samuel um homem de Deus, sabiam que o Senhor aceitaria a oração de Seu fiel servo. A resposta favorável do Senhor à oração de Seu profeta deveria ser para Israel uma prova inequívoca de que não os havia rejeitado; de que por mais longe que tivessem ido, Deus estava disposto a perdoá-los e transformá-los na poderosa e feliz nação cujo Deus é o Senhor (Sl.33:12).

Mas e quanto à terceira fase? Ah, esta é especial e definitiva: a glorificação quando Jesus voltar. Porém, dependemos do êxito nas duas anteriores para podermos alcançá-la no futuro. Precisamos erguer em nosso coração, dia após dia, um monumento chamado Ebenézer. Reconhecer que dependemos totalmente de Deus em todas as circunstâncias, sepultando o nosso eu e vivendo em Cristo, é o que nos coloca no centro de Sua vontade e o que nos guiará para Casa. Quando Jesus voltar, Ele espera nos encontrar perfeitos, como aqueles que são perfeitamente dependentes do Espírito Santo. Se formos obedientes à Sua Palavra porque O amamos, não temos o que temer: “Crede no Senhor, vosso Deus, e estareis seguros; crede nos Seus profetas e prosperareis” (2Cr.20:20). Esta é uma promessa dAquele cujas promessas jamais falham. Vigiemos e oremos!

Bom dia, povo cujo Deus é o Senhor!

Rosana Garcia Barros

#1Samuel7 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100




%d blogueiros gostam disto: