Reavivados por Sua Palavra


ÊXODO 38 by Jobson Santos
11 de abril de 2022, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: Texto bíblico: https://www.bibliaonline.com.br/nvi/ex/38

Enquanto Bezalel construía o altar da oferta queimada, seguindo o plano detalhado dado por Deus, eu me pergunto se ele entendia o significado daquela bela peça de mobília. Eu me pergunto quantos membros da raça humana, antes e depois de Bezalel, entenderam completamente o que Deus estava tentando nos dizer, quando instituiu a construção de altares.

Gerações antes dos israelitas se tornarem uma nação, o povo de Deus adorava em altares. Ao longo de todos aqueles anos, Deus estava diminuindo a distância entre a terra e o céu com línguas de fogo que desciam para consumir a oferta. Era uma evidência física constante de que Deus queria nos alcançar, apesar da separação causada pelo pecado; de que a terra e o céu se relacionavam, de que estavam em contato e afetados um pelo outro.

Os altares construídos de pedra, o altar feito por Bezaleel e todos os altares que viriam depois, constituíam uma corrente de promessas. Eles eram uma promessa de Deus de que quando Jesus morresse como um cordeiro levado ao matadouro, a brecha em nosso relacionamento com Deus seria eternamente curada.

A separação que o pecado trouxe não seria definitiva.

Esmeralda Dunne
Estudante Universitária
Voluntária da Escola Sabatina Infantil Hmong
Madison, Wisconsin, EUA

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/exo/38
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli/Luis Uehara


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: