Reavivados por Sua Palavra


Provérbios 23 by jquimelli
27 de janeiro de 2014, 0:00
Filed under: dinheiro | Tags: , ,

Comentário devocional:

Alguma vez você já sonhou em se tornar rico para ser capaz de pagar suas dívidas, ajudar financeiramente a sua família e comprar outras coisas de que você precisa? Isso não é um sonho ou desejo ruim. Sim, seria muito bom quitar de vez as parcelas do financiamento da minha casa própria, ajudar a minha família, e comprar algumas coisas que necessito.

Outra coisa boa a fazer seria abrir nas minhas cidades preferidas restaurantes de alimentos saudáveis e criar locais onde os jovens pudessem fazer seus trabalhos escolares ou compartilhar seus problemas e angústias com alguém e receber ajuda. 

Em seguida, eu iria fazer uma doação generosa para minha instituição de caridade favorita para que eles não precisassem continuamente buscar recursos a fim de fazer o bem ao próximo. E, finalmente, compraria uma casa no sul da França e de lá sairia para ajudar em diferentes postos missionários em todo o mundo.

Mas se o homem sábio de Provérbios 23 estiver certo, tão logo o dinheiro chegue às minhas mãos, o meu sonho de fazer o bem pode ser completamente modificado. O homem sábio diz em Provérbios 23:4 e 5: “Não esgote suas forças tentando ficar rico; tenha bom senso! As riquezas desaparecem assim que você as contempla; elas criam asas e voam como águias pelo céu” (NVI).

Isto significa que há uma boa chance de que eu mude completamente meus planos caso ganhe muito dinheiro. O mais provável é que minha natureza humana pecadora transforme estas intenções bondosas em um funil de planos egoístas. Provavelmente eu compre uma mansão, realize meus sonhos consumistas imediatos e, em seguida, saia a viajar pelo mundo sem sequer pensar em ajudar as missões ou algum membro da família necessitado. 

Enquanto essa grande soma de dinheiro estiver apenas nos meus sonhos, longe da realidade, é fácil imaginar-me utilizando estes recursos para ajudar o semelhante e não deixando a riqueza subir à minha cabeça. Mas a verdade é que ninguém, a não ser Deus, conhece as propensões do meu coração.

Não quero dizer que o dinheiro seja ruim. Mas o amor ao dinheiro é muito perigoso para a vida cristã, especialmente quando fazemos do enriquecer a nossa prioridade e ficamos desgastados tentando conseguir mais e mais recursos financeiros. Ter muito dinheiro não é para todos. Só Deus sabe a quem Ele pode confiar muitas riquezas para que façam prosperar o Seu reino e que estas próprias pessoas não se percam. Para as demais pessoas que não possuem tantos recursos, Deus oferece o dom do contentamento.

Querido Senhor, ajuda-me a viver contente com o que tenho. Mas, se por alguma forma, eu receber mais dinheiro do que eu preciso, me ajude a ser generoso e não esquecer a família, as pessoas em necessidade e as missões. Amém.

Fylvia Fowler Kline
Hope Channel , Inc.

Texto original: http://revivedbyhisword.org/en/bible/pro/23/

Traduzido por JAQ/GASQ/JDS

Texto bíblico: Provérbios 23 




%d blogueiros gostam disto: