Reavivados por Sua Palavra


Provérbios 11 by jquimelli
15 de janeiro de 2014, 0:00
Filed under: sabedoria | Tags: , ,

Comentário devocional:

Um amigo russo uma vez me perguntou o quanto de dízimos eu devolvia. E eu, assustado com a pergunta, respondi: “Um dízimo, é claro”.

Meu amigo, em seguida, me desafiou a dar “três dízimos”, um princípio praticado pelos israelitas, embora isso não fosse exigido deles. A Igreja Adventista em sua doutrina sobre mordomia enfatiza a devolução de um dízimo. 

No entanto, no livro “Nisto Cremos”, que apresenta as principais crenças dos Adventistas, encontrei um pensamento que me fez pensar: “Os israelitas provavelmente contribuíam com cerca de um terço de suas rendas para propósitos religiosos e de caridade.” Um pouco adiante, o texto pergunta: “Deveríamos nós doar  tanto quanto os israelitas…? […] Em parte alguma, o Novo Testamento repele ou descuida deste sistema. Quando comparamos nossos privilégios e bênçãos com aqueles do antigo Israel, compreendemos que em Jesus nossa porção é consideravelmente maior” (p. 340, 341).

O princípio do dízimo compartilhado pelo meu amigo russo era simples: 10 por cento para o dízimo normal da igreja, 10 por cento para ofertas voluntárias para ajudar a igreja com suas necessidades e 10 por cento para caridade. A ideia de abrir mão de um terço da minha renda me surpreendeu inicialmente. Mas, pensei, se os israelitas deram esse montante, certamente eu poderia fazer o mesmo. Então, eu me comprometi a fazer isso por seis meses.

Deus me permitiu participar deste ministério expandido de uma forma nova, surpreendente. Não apenas sinto satisfação em ver o nosso fundo de construção da igreja crescer de forma constante, mas também tive a alegria de ajudar vários estudantes africanos a voar para casa para passar o verão com a família e de ajudar um pai da Moldávia a adquirir um carro para melhor cuidar de seu filho autista de 7 anos de idade.

Por incrível que pareça, nunca mais tive falta de dinheiro. Na verdade, consegui poupar mais do que eu já tinha feito antes.

Salomão, um dos homens mais ricos de todos os tempos, conhecia o segredo desse princípio do dízimo. É por isso que ele disse: “Há quem dê generosamente, e vê aumentar suas riquezas; outros retêm o que deveriam dar, e caem na pobreza. O generoso prosperará; quem dá alívio aos outros, alívio receberá” (v. 24, 25 NVI) .

Andrew McChesney
Jornalista na Rússia

Texto original em: http://revivedbyhisword.org/en/bible/pro/11/

Traduzido por JAQ/GASQ

Texto bíblico: Provérbios 11 




%d blogueiros gostam disto: