Reavivados por Sua Palavra


Gênesis 14 by Jobson Santos
25 de julho de 2015, 1:00
Filed under: Gênesis | Tags: , , ,

Comentário devocional:

A escolha de Ló de se estabelecer perto das cidades de Sodoma e Gomorra o colocou em sério perigo. Quando Quedorlaomer, rei de Elão e seus aliados pagãos atacaram Sodoma, Ló foi levado cativo. Ao ouvir a trágica notícia, Abraão reuniu seus homens para libertar Ló. É notável que Abraão não culpou Ló por sua infeliz escolha de se estabelecer perto de Sodoma. Nem exibiu uma atitude de superioridade deixando Ló sofrer as consequências de suas más escolhas.

Há momentos em que o amor age de forma imprudente. O amor busca e recupera os que fazem escolhas erradas. Certamente há momentos em que as pessoas devem enfrentar o resultado de suas escolhas, mas também há momentos em que o amor deve agir, apesar das escolhas dos outros.

É digno de nota que quando Abraão retornou da peleja, ele deu um dízimo dos despojos a Melquisedeque, o “sacerdote do Deus Altíssimo” (v. 18 NVI). Ao devolver fielmente o dízimo, Abraão reconheceu as bênçãos de Deus sobre sua vida.

Há um outro notável ato de Abraão neste capítulo que não devemos perder: ele se recusou a tomar para si mesmo dos despojos, mesmo “uma correia de sandália” que fosse (v. 23). Ele deu tudo que foi capturado pelos seus homens ao rei de Sodoma. Corações altruístas e espírito de doação abrem caminho para que as bênçãos do armazém celeste fluam sobre nós.

Mark Finley



Texto original:  http://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/gen/14
Tradução: JAQ/GASQ/JDS
Texto bíblico: Gênesis 14 
Crede em Seus Profetas http://credeemseusprofetas.org/



Provérbios 23 by Jeferson Quimelli
27 de janeiro de 2014, 0:00
Filed under: dinheiro | Tags: , ,

Comentário devocional:

Alguma vez você já sonhou em se tornar rico para ser capaz de pagar suas dívidas, ajudar financeiramente a sua família e comprar outras coisas de que você precisa? Isso não é um sonho ou desejo ruim. Sim, seria muito bom quitar de vez as parcelas do financiamento da minha casa própria, ajudar a minha família, e comprar algumas coisas que necessito.

Outra coisa boa a fazer seria abrir nas minhas cidades preferidas restaurantes de alimentos saudáveis e criar locais onde os jovens pudessem fazer seus trabalhos escolares ou compartilhar seus problemas e angústias com alguém e receber ajuda. 

Em seguida, eu iria fazer uma doação generosa para minha instituição de caridade favorita para que eles não precisassem continuamente buscar recursos a fim de fazer o bem ao próximo. E, finalmente, compraria uma casa no sul da França e de lá sairia para ajudar em diferentes postos missionários em todo o mundo.

Mas se o homem sábio de Provérbios 23 estiver certo, tão logo o dinheiro chegue às minhas mãos, o meu sonho de fazer o bem pode ser completamente modificado. O homem sábio diz em Provérbios 23:4 e 5: “Não esgote suas forças tentando ficar rico; tenha bom senso! As riquezas desaparecem assim que você as contempla; elas criam asas e voam como águias pelo céu” (NVI).

Isto significa que há uma boa chance de que eu mude completamente meus planos caso ganhe muito dinheiro. O mais provável é que minha natureza humana pecadora transforme estas intenções bondosas em um funil de planos egoístas. Provavelmente eu compre uma mansão, realize meus sonhos consumistas imediatos e, em seguida, saia a viajar pelo mundo sem sequer pensar em ajudar as missões ou algum membro da família necessitado. 

Enquanto essa grande soma de dinheiro estiver apenas nos meus sonhos, longe da realidade, é fácil imaginar-me utilizando estes recursos para ajudar o semelhante e não deixando a riqueza subir à minha cabeça. Mas a verdade é que ninguém, a não ser Deus, conhece as propensões do meu coração.

Não quero dizer que o dinheiro seja ruim. Mas o amor ao dinheiro é muito perigoso para a vida cristã, especialmente quando fazemos do enriquecer a nossa prioridade e ficamos desgastados tentando conseguir mais e mais recursos financeiros. Ter muito dinheiro não é para todos. Só Deus sabe a quem Ele pode confiar muitas riquezas para que façam prosperar o Seu reino e que estas próprias pessoas não se percam. Para as demais pessoas que não possuem tantos recursos, Deus oferece o dom do contentamento.

Querido Senhor, ajuda-me a viver contente com o que tenho. Mas, se por alguma forma, eu receber mais dinheiro do que eu preciso, me ajude a ser generoso e não esquecer a família, as pessoas em necessidade e as missões. Amém.

Fylvia Fowler Kline
Hope Channel , Inc.

Texto original: http://revivedbyhisword.org/en/bible/pro/23/

Traduzido por JAQ/GASQ/JDS

Texto bíblico: Provérbios 23 




%d blogueiros gostam disto: