Reavivados por Sua Palavra


I SAMUEL 15 – COMENTÁRIO PR. HEBER TOTH ARMÍ by Jeferson Quimelli
21 de setembro de 2022, 0:40
Filed under: Sem categoria

I SAMUEL 15 – Independência é morte, no aspecto espiritual. Viver alheio a Deus implica ser alheio à vida. “Saul possuía muitas qualidades excelentes, mas estas não incluíam a fé humilde e obediente a Deus… Esse é o capítulo central da história de Saul. O Senhor lhe deu outra oportunidade de provar seu valor e, mais uma vez, Saul fracassou, mentiu sobre o que havia ocorrido e foi julgado. Saul tinha o costume de falar em vez de realizar e de inventar desculpas em vez de confessar seus pecados. Não importava o que acontecia, era sempre culpa do outro. Estava mais preocupado em manter uma boa imagem diante dos demais do que em ser verdadeiramente bom diante de Deus” (Warren Wiersbe).

Saul…
• foi parcial em sua obediência a Deus (I Samuel 15:1-11).
• Não foi sincero diante do profeta Samuel (I Samuel 15:12-15).
• Apresentou desculpas esfarrapadas ao representante de Deus (I Samuel 15:16-23).
• Foi rejeitado por Deus e pelo profeta Samuel por ter rejeitado abertamente a Deus (I Samuel 15:24-35).

“Saul era desprovido daquelas qualidades mais elevadas que constituem a verdadeira sabedoria. Não tinha aprendido em sua mocidade a dominar suas paixões temerárias e impetuosas; nunca sentira o poder renovador da graça divina… O que lhe faltava em piedade verdadeira, experimentava realizar pelo seu zelo nas formas de religião”, explica Ellen White (PP, 608, 622).

As desculpas de Saul frente às palavras do profeta Samuel deixam impactantes lições: “Aqueles que mais prontos estão para desculpar-se ou justificar-se no pecado, são muitas vezes os mais severos ao julgar e condenar os outros. Muitos, como Saul, trazem sobre si o desagrado de Deus, mas rejeitam o conselho e desprezam a reprovação. Mesmo quando convictos de que o Senhor não está com eles, recusando-se a ver em si a causa da perturbação. Alimentam um espírito orgulhoso, jactancioso, ao mesmo tempo em que condescendem em fazer um juízo cruel ou severa censura em relação a outros que são melhores do que eles” (Idem, 625).

Qualquer prática religiosa sem devida obediência à Palavra de Deus será mera hipocrisia (I Samuel 15:22-23), dita pelo profeta Isaías como aproximar-se de Deus com os lábios, tendo o coração bem distante dEle (Isaías 29:13).

Falta de integridade impede o verdadeiro reavivamento!

Fujamos da hipocrisia! Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: