Reavivados por Sua Palavra


Ezequiel 24 by Jeferson Quimelli
21 de julho de 2014, 0:00
Filed under: caráter de Deus, crescimento espiritual, Deus, restauração, vitória | Tags:

Comentário devocional:

Oh, Senhor, como podem ser difíceis os Teus caminhos! Ezequiel foi Seu profeta fiel, mas ele não foi  poupado de nenhuma dor. 

A sua esposa, o deleite de seus olhos, morreu no mesmo dia que Jerusalém, a Sua esposa, Senhor, morreu. Como Oséias, antes dele, Ezequiel não apenas falou as palavras de Deus, ele experimentou pessoalmente os sentimentos que Deus estava sentindo. 

Senhor, erram aqueles que vêem o Seu caminho como uma forma de escapar da tristeza e da dor. Tu nunca prometeste aos teus seguidores uma vida fácil ou próspera. Quando nos tornamos íntimos de Ti, Senhor, sentimos a dor que Tu sentes pelo pecado. Essa realidade é pesada, quase nos esmaga. Ao nos aproximarmos de Ti, a dor pelo pecado, Sua própria tristeza, se torna também nossa. O seu peso nos esmaga e nos quebranta. 

No entanto, não recebemos somente Tua dor e sofrimento. Tu nos dás a Si mesmo. Essa é a essência do Calvário. Quem tem a Ti, tem tudo.

Senhor, sabemos que nenhum de nós é chamado por Ti para a auto-punição. Mas o caminho a que Tu nos chama às vezes é um caminho íngreme e rochoso, com muitos espinhos. No entanto, posso dar testemunho neste dia que Tu és suficiente, pois na minha fraqueza Eu vejo a Tua força perfeita!

Ross Cole
Avondale College, Austrália

 

Texto original: http://revivedbyhisword.org/en/bible/eze/24/

Traduzido por JAQ/GASQ/JDS

Texto bíblico: Ezequiel 24 

Comentário em áudio



Isaías 40 by Jobson Santos
5 de abril de 2014, 0:15
Filed under: esperança | Tags: , , ,
Comentário devocional:
 
“Consolem, consolem o meu povo!”, é o apelo de Deus a Isaías em um momento de profunda aflição, quando os assírios ameaçavam assumir o controle de Judá, no início do 7o. século AC. Este capítulo de Isaías se tornou a base bíblica para Handel compor a sua famosa peça musical “O Messias”, cantada por milhares de corais em todo o mundo a cada Natal. No final do seu oratório de 259 páginas, composto em apenas 24 dias, Handel escreveu a famosa sigla, “SDG” ou Soli Deo Gloria – somente a Deus a glória.
 
Na verdade, toda a última seção de Isaías, especificamente os capítulos 40 a 55, são tão incríveis, tão grandiosos, tão cheio de esperança e confiança na bondade de Deus, que a resposta de Handel é apropriada para a ocasião. Deus vai consertar as coisas, Ele vai terminar o que começou, Ele vai transformar o caos em algo belo!
 
Judá estava com medo. Israel, o Reino do Norte, havia caído para seus inimigos apenas 20 anos antes, devido aos seus grandes pecados (2 Reis 17). O rei Acaz levara Judá a um naufrágio espiritual sem precedentes. Ezequias era um bom rei, mas as constantes invasões de Judá pelos exércitos assírios não cessavam. Os moradores de Judá, os líderes e até mesmo os pobres, tornaram-se idólatras, egoístas e corruptos; esqueceram-se da justiça (ver Profetas e Reis, p. 305-306).
 
No entanto, a mensagem de Isaías foi “Aqui está o seu Deus!” (v.9), e confia no Senhor (v.31) . É Deus quem perdoará a iniquidade do povo e fará cessar a guerra.  É Ele mesmo que um dia virá para revelar a sua glória (versos 3-5), precedido por João Batista que dirá: “preparem o caminho para o Senhor” (v. 3, NVI). A Sua Palavra permanecerá para sempre (versos 6-8).
 
Deus virá para cuidar ternamente do seu rebanho (versos 10-11). Ele é muito grande, maior do que os oceanos e as montanhas e maior do que todo o entendimento (versos 12-14). Deus é maior do que as nações que ameaçam o seu povo (versos 15-17). Deus é maior do que os poderosos da terra (versos 21-24). Ele próprio fez o universo ! (versos 25-26).
 
É notável que em meio a apostasia de Judá, a mensagem de Deus para eles, através de Isaías, foram palavras ternas de esperança para confortar-lhes o coração. Quantas vezes temos traçado o nosso próprio curso e nos encontramos em apuros. Quantas vezes temos desprezado ouvir a sabedoria de Deus e caído tão baixo que não conseguimos mais ver a luz. E ao estarmos nesse poço de angústia Deus nos diz: olhe para mim agora, esqueça o seu passado, vou fazer novas todas as coisas.
 
A sabedoria do Criador é insondável. “Ele fortalece o cansado e dá grande vigor ao que está sem forças. Até os jovens se cansam e ficam exaustos, e os moços tropeçam e caem; mas aqueles que esperam no Senhor renovam as suas forças. Voam alto como águias; correm e não ficam exaustos, andam e não se cansam” (versos 28-31, NVI).
 
Que hoje a esperança reacenda em sua vida, esperança mais forte do que nunca!
 
Ron E M Clouzet
Professor de Ministério e Teologia
Seminário da Universidade Andrews
 
Texto original em: http://revivedbyhisword.org/en/bible/isa/40/
 
Traduzido por JDS/JAQ
Texto bíblico: http://biblia.com.br/novaversaointernacional/isaias/is-capitulo-40/


Provérbios 24 by Jeferson Quimelli
28 de janeiro de 2014, 0:18
Filed under: confiança em Deus | Tags: ,

Comentário devocional:

Foi muito triste o que aconteceu na esquina perto da minha casa, onde morava uma jovem família com três crianças entre as idades de seis meses a seis anos. Mark, o marido, foi diagnosticado com câncer. Em menos de seis meses, ele morreu em sua casa, nos braços de Beth. Logo após, Beth perdeu o emprego. Em seguida, veio um tornado que quase pôs abaixo a sua casa. E, para completar, uma das crianças foi diagnosticada com uma doença que exigia cuidados constantes. Que situação difícil!

Hoje Beth está casada com um homem de Deus, um marido e pai maravilhoso, e eles vivem felizes juntos em um novo lar.

Apesar de gostar de finais felizes, não é a vida nova de Beth que mais me fortaleceu espiritualmente nessa história toda. É a confiança inabalável que minha amiga Beth tem em Deus, tanto nos bons quanto nos maus momentos. Nem uma única vez durante os tempos difíceis eu a ouvi reclamar, desistir, ou questionar o porquê de tantas dificuldades. Em meio a tudo o que atravessou, ela sempre soube que iria se recuperar e que seus maus momentos eram apenas um revés temporário. “Pois ainda que o justo caia sete vezes, tornará a erguer-se” (Provérbios 24:16a NVI).

Esse não é apenas um provérbio agradável a ser usado como consolo a quem passa por dificuldades. É a verdade, experimentada e testada por milhares de pessoas que sofreram o pior da vida na Terra.  Se você está passando por uma situação difícil sinta-se consolado com a certeza do amor de Deus por você e a promessa de dias melhores à frente, seja neste mundo ou no porvir.

Querido Senhor, Tu guiaste os filhos de Israel quando eles enfrentaram situações difíceis. Por favor, guia também a minha vida. Dê-me a coragem que eu preciso para atravessar momentos difíceis sempre confiando em Tuas promessas. Amém. 

Fylvia Fowler Kline

Hope Channel, USA

 

Texto original: http://revivedbyhisword.org/en/bible/pro/24/

Traduzido por JAQ/GASQ/JDS

Texto bíblico: Provérbios 24 



Salmo 102 by Jeferson Quimelli
17 de novembro de 2013, 0:00
Filed under: Salmos | Tags: ,

Comentário devocional

Este é um dos Salmos mais tristes. É uma oração de alguém que está passando por grandes aflições. Suas queixas são seguidas por palavras de consolo. O Salmo pode ser lido a partir de pelo menos dois pontos de vista:

1) Um jovem exilado na terra do cativeiro reclama de sua dor, tristeza, solidão, perseguição, doença e medo de morrer na juventude, antes de retornar à sua terra natal. Sua esperança é que a profecia da restauração esteja prestes a se cumprir: “Tu te levantarás e terás misericórdia de Sião, pois é hora de lhe mostrares compaixão; o tempo certo é chegado” (v. 13, NVI). No fim da sua oração, ele expressa a confiança no amor eterno de Deus ao lidar com seus filhos.

2 ) O Salmo 102 pode ser considerado um Salmo Messiânico. Pode ser lido como um diálogo entre Jesus e seu pai. O Salmo começa com Jesus expressando suas queixas: “pareço um pássaro solitário no telhado. Os meus inimigos zombam de mim o tempo todo; os que me insultam usam o meu nome para lançar maldições” (v. 7-8, NVI). Ele fala da indignação de Deus contra Ele: “me rejeitaste e me expulsaste para longe de ti” (v. 10b, NVI).  A resposta e consolo do Pai podem ser vistos nos versos 12-22: “Tu, porém, Senhor, no trono reinarás para sempre; o teu nome será lembrado de geração em geração. Tu te levantarás e terás misericórdia de Sião, pois é hora de lhe mostrares compaixão; o tempo certo é chegado” (v. 12-13, NVI). Em uma condição enfraquecida, podemos antever a oração de Jesus no Getsêmani:”Ó meu Deus, não me leves no meio dos meus dias” (v. 22, NVI). A resposta do Pai, em parte citada em Hebreus 1:10-12, estabelece a divindade de Jesus:

No princípio firmaste os fundamentos da terra, e os céus são obras das tuas mãos.

Eles perecerão, mas tu permanecerás; envelhecerão como vestimentas.

Como roupas tu os trocarás e serão jogados fora.

Mas tu permaneces o mesmo, e os teus dias jamais terão fim” (v. 25-27, NVI)

Neste salmo aprendemos também sobre a importância da comunicação autêntica, a qual envolve a expressão de sentimentos “negativos”. 

Quando criança, freqüentemente eu ouvia meus pais dizerem: “Pare de reclamar!”. Talvez por isso, eu não gostava da idéia de levar reclamações a Deus. Eu pensava que era desrespeitoso. Mas nos Salmos muitas reclamações são apresentadas a Deus. Não apenas relatando os problemas que vêm sobre nós, mas reclamando com Deus acerca de coisas que Ele havia feito ou deixado de fazer. Agora, sou grata pelas “reclamações” encontradas nos Salmos. 

Quando estamos sobrecarregados, Deus prefere que levemos nossas queixas a Ele ao invés de guardarmos nossos sentimentos apenas para nós mesmos. Quando reclamamos de algo a Deus, reconhecemos que Ele existe. Mas não precisamos parar por aí. Podemos reconhecer o Seu poder, sabedoria, bondade, misericórdia, amor e cuidado por nós. Podemos encontrar alegria em louvá-Lo. 

Neste Salmo, nós que estamos vivendo no século 21 podemos encontrar garantia de consolação celestial em tempos de angústia avassaladora. Leia-o vez após vez e seja sensibilizado pelo sofrimento de Jesus. Lembre-se que Ele superou todos os obstáculos e venceu pelo carinho e amor sempre constantes que tem por você.

R. Lynn Sauls

Estados Unidos



Texto original em: http://revivedbyhisword.org/en/bible/Psa/102

Traduzido por JDS/JAQ

Texto bíblico: Salmo 102 




%d blogueiros gostam disto: