Reavivados por Sua Palavra


I CRÔNICAS 3 – VÍDEO COMENTÁRIO PR. ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
18 de setembro de 2019, 0:45
Filed under: Sem categoria



I CRÔNICAS 3 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by jquimelli
18 de setembro de 2019, 0:45
Filed under: Sem categoria

I CRÔNICAS 3 – O livro de Crônicas é tão inspirado quanto os 27 livros do Novo Testamento. Deixar de estudá-lo significa ignorar alimento espiritual que fortalece a fé, orientar a vida espiritual, além de ser mais um meio estratégico de conduzir-nos ao reavivamento.

A data em que o livro foi escrito “é pós-exílica, e os livros [de Crônicas] aparecem no final da terceira parte do cânon hebraico, no local onde está Malaquias” observa Merril F. Unger. As genealogias de Crônicas relembram a condução da história judaica pelas mãos divinas visando evangelizar ao mundo. Podemos dizer que Deus é o grande missionário exemplo, totalmente envolvido com inúmeras estratégias missionárias.

O capítulo em questão foca a tribo de Judá, “Judá aparece primeiro porque é dessa tribo que viria o Messias (Gn 49.8-12). Traça-se a linhagem de Davi a Zedequias [capítulo 3], e dão-se genealogias adicionais de Judá em 4.1-23” diz Unger.

Esquema do livro:
• As esposas e filhos de Davi (vs. 1-3);
• Filhos de Davi nascidos em Jerusalém (vs. 4-9);
• Linhagem de Davi durante o cativeiro babilônico (vs. 10-16);
• Linhagem de Davi após o retorno do cativeiro (vs. 17-24).

Com nobres propósitos teológicos em mente, o autor de Crônicas, inspirado pelo Espírito Santo, incluiu vários nomes e omitiu outros. Por exemplo, é possível que Davi tivesse outras filhas além de Tamar, porém mencionou apenas ela para relembrar o leitor de que Davi, por suas muitas mulheres, com seus muitos filhos meio-irmãos, esta família real não foi perfeita.

Contudo Deus não se afastou da família de Davi. No final do cativeiro babilônico, é evidente um remanescente desta família:
• Senazar ou Sesbazar, foi quem liderou o primeiro grupo de judeus libertos do cativeiro, e deu início à fundação do Templo de Jerusalém que estava em ruínas (Esdras 1:8-11; 5:15-17).
• Zorobabel, provavelmente o mesmo descrito em Esdras 3:2, 8; 5:2; Neemias 12:1 e Ageu 1:12, 14; 2:2-23. O Comentário Bíblico Adventista declara: “Possivelmente seja o nome do príncipe com o qual Josué, o sumo sacerdote, conduziu os judeus no retorno do exílio, em cumprimento do decreto de Ciro”.

Amigos, nada nos separa do amor de Deus, nem o cativeiro, nem nossa desobediência, nem mesmo nosso pecado. E como entender Isaías 59:2? Lendo primeiramente Romanos 8:32-39 e, depois Lucas 18:26-27.

Deixe Deus cuidar de tua família. Ele a quer salva!

Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.



1CRÔNICAS 03 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
18 de setembro de 2019, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Estes foram os filhos de Davi…” (v.1).

Os descendentes de Davi e de Salomão ganharam destaque na genealogia de Judá. Pai e filho deixaram um legado jamais esquecido. A coragem e inteireza de coração de Davi fizeram de seu nome uma espécie de termômetro para a aprovação ou reprovação dos sucessores do trono de Judá, além da expressão recorrente no Novo Testamento para se referir a Jesus: Filho de Davi. Já a sabedoria dada por Deus a Salomão foi singular e insuperável. Seu reinado elevou Israel a uma nação benquista e suas construções suntuosas, o magnífico templo e a famosa sabedoria de Salomão atraía a curiosidade das demais nações.

Certamente, Davi e Salomão marcaram história, e seus nomes não poderiam ser esquecidos. O Senhor mesmo disse: “Judá é o Meu cetro” (Sl.60:7). E a descendência de Judá apontava para a vinda do Rei dos reis e Senhor dos senhores. Mesmo Israel havendo trocado a monarquia divina pela terrena, as genealogias são mais uma forma de Deus nos mostrar que os planos do homem não podem frustrar os Seus, e de que todos somos importantes para Ele. Cada nome tem uma história. Algumas são boas, outras são ruins, mas todos viemos à existência pelas mãos do mesmo Senhor.

Na genealogia da vida, muitos nomes têm ficado no esquecimento. Você sabe quem foi o seu bisavô? E a sua tataravó? Qual é a sua origem? Talvez você nem saiba quem foram seus progenitores. Mas eu sei de Alguém que olha para você e diz: “Eis que nas palmas das Minhas mãos te gravei” (Is.49:16).

Lá no Céu há um livro especial, chamado de Livro da Vida. Neste livro, Jesus prometeu conservar os nomes de Seus servos: “O vencedor será assim vestido de vestes brancas, e de modo nenhum apagarei o seu nome do Livro da Vida; pelo contrário, confessarei o seu nome diante de Meu Pai e diante dos Seus anjos” (Ap.3:5).

Deus tem conservado o nome dos Seus filhos nos registros celestes para em breve lhes dar uma “pedrinha branca, e sobre essa pedrinha escrito um nome novo” (Ap.2:17). E querem conhecer o segredo para receber tal bênção eterna? O apóstolo Paulo nos revela: “Lembra-te de Jesus Cristo ressuscitado de entre os mortos, descendente de Davi” (2Tm.2:8).

Enquanto era privilégio aos sucessores do trono de Judá o serem comparados com Davi, Davi recebeu o incomparável privilégio de ter o seu nome lembrado ao se fazer referência a Jesus Cristo. E nós, através de Cristo, recebemos o poder de sermos “feitos filhos de Deus” (Jo.1:12)!

Hoje, o Senhor que nos criou para a eternidade nos diz: “Não temas, porque Eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és Meu” (Is.43:1). Está muito perto o dia em que Jesus chamará os Seus e estabelecerá o Seu Reino. Porque, por mais que reis e governantes tenham um prazo de mandato provisório, o Rei dos reis tem um mandato eterno! Se você quer fazer parte deste Reino, se quer ver o seu nome no registro dos Céus, se deseja receber na mão uma pedrinha com um nome novo, creia que dentro em breve você escutará o Rei dos reis, a voz do Arcanjo a proclamar ao Norte: “Entrega! E ao Sul: não retenhas! Trazei Meus filhos de longe e minhas filhas, das extremidades da terra, a todos os que são chamados pelo Meu nome, e os que criei para Minha glória, e que formei, e fiz” (Is.43:6-7). Que, pelos méritos do Filho de Davi, os nossos nomes estejam escritos no Livro da Vida para nunca mais sair! Vigiemos e oremos!

Bom dia, criados para eternidade!

Rosana Garcia Barros

Compartilhe conosco o seu testemunho ou pedido de oração, até 12h.

#PrimeiroDeus #1Crônicas3 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100



I CRÔNICAS 3 – VÍDEO COMENTÁRIO PR. RONALDO DE OLIVEIRA by Maria Eduarda
18 de setembro de 2019, 0:10
Filed under: Sem categoria



I CRÔNICAS 3 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
18 de setembro de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

486 palavras

1 Davi. Em 1 Crônicas, Davi é a figura central (ver 5.2)., cujo reino seria eterno (17.11-14). Portanto, a genealogia de Davi se estende até o exílio, inclusive. Eram pessoas importantíssimas, embora dinastia de Davi não tivesse sido restaurada após o exílio. Cristo era descendente de Davi (Lc 3.23-32; Mt 1.6-16). Bíblia Shedd.

5 Natã. A genealogia de Cristo é traçada até Davi por meio de Natã (Lc 3.31), Ito é, através da genealogia de Maria. José, marido de Maria, descendia de Davi por via de Salomão (Mt 1.6, 16). Bíblia Shedd.

9 Tamar, irmã deles. É evidente que ela não foi a única irmã deles, mas é mencionada de forma especial devido a seu destino infeliz (2Sm 13). CBASD, vol. 3, p. 133.

10 O filho de Salomão. Os v. 10 a 16 listam os reis de Judá que descenderam de Davi. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 3, p. 132.

o quarto, Salum. Também chamado Jeocaz … . Na realidade, era mais velho do que Zedequias (2 Reis 24.18), mas reinou apenas três meses. Bíblia Shedd.

15, 16 A genealogia é segmentada neste ponto, em vez de ser linear como nos v. 10-14. Salum/Jeoacaz … foi substituído por Jeoaquim [seu irmão] … ; Joaquim foi substituído por filho Joaquim … . Depois de Joaquim ter sido levado como cativo para a Babilônia por Nabucodonosor, o último rei ficou sendo Zedequias, filho de Josias [e tio de Joaquim, portanto]. Bíblia de Estudo NVI Vida.

17-20. Sete filhos são atribuídos a Joaquim, mas nenhum deles foi seu sucessor… . Tábuas achadas na Babilônia com datas entre o 10º e 35º ano de Nabucodonosor (595-570 a.C.) que alistam entregas de rações mencionam Joaquim e cinco filhos seus, bem como outros cativos judeus na Babilônia. Bíblia de Estudo NVI Vida.

18 Senazar. Talvez seja outra grafia do nome Sesbazar. Nesse caso, foi a ele que os tesouros do templo foram consignados para serem devolvidos a Judá (Ed 1.11). Além disso, atuou durante um curto tempo como o primeiro governador dos judeus que voltaram à pátria e que fizeram uma tentativa inicial de reconstrução do templo (Ed 5.14-16). Pouca coisa se sabe a respeito dele; não demorou para desaparecer do cenário e foi eclipsado por seu sobrinho Zorobabel, que assume tanta importância em Esdras, Ageu e Zacarias. Bíblia de Estudo NVI Vida.

19 Zorobabel. Foi um dos líderes na volta dos judeus à Palestina, após o exílio, em 538 a.C., e herdeiro do trono de Davi. Bíblia Shedd.

… príncipe com o qual Josué, o sumo sacerdote, conduziu os judeus no retorno do exílio, em cumprimento do decreto de Ciro (Ed 2:2). CBASD, vol. 3, p. 133.

24 Hodavias. Visto que Hodavias é da segunda geração depois de Hatus (1Cr 3:22-24) e que Esdras retornou a Jerusalém em 457 a.C., a segunda geração depois dele teria vivido em 400 a.C. Portanto, alguns datam a autoria dos livros das Crônicas em cerca de 400 a.C., embora outros sustentem que esses últimos nomes foram acrescentados para tornar o livro atual, da mesma forma que o último livro de Moisés, Deuteronômio, foi concluído depois da morte do autor, com um acréscimo do relato da morte de Moisés. CBASD, vol. 3, p. 133.



I CRÔNICAS 2 by jquimelli
17 de setembro de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: http://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/1cr/2

Aqui estão três nomes que chamaram minha atenção no capítulo 2, lembrando-me do juízo, gritos de alerta e bondade de Deus:

No verso 3, o escrivão escreve as palavras de maneira direta. Er, o filho de Judá, era tão mau aos olhos de Deus, que Ele o matou (Gn 38:7). Imagine alguém ser tão mau a ponto de Deus eliminá-lo de terra!

No verso 7, Acã (Acar), que alcançou a fama em Josué 7, roubou dos despojos da destruição de Jericó e ele e sua família pagaram alto preço. A citação de sua história nos lembra que mesmo um pecado aparentemente pequeno pode, literalmente, destruir a nossa família.

Nos versos 34 e 35, encontramos a ocorrência de adoção em nossa linhagem. Tendo sido adotado e tendo apenas filhas, eu gosto especialmente dessa parte da nossa leitura. Sesã também tinha apenas filhas. Nenhum filho para continuar a linhagem. Então ele tomou Jara, um dos seus servos e fez dele seu filho. Adotou-o, para que se casasse com sua filha e gerasse para ele um herdeiro. Jara deve ter sido um servo incrível para receber a honra de passar da condição de servo para filho.

Estes três nomes indicam várias recompensas para as nossas ações, que são a externalização de nosso caráter. Você está permitindo que Deus gere em você o fruto do Espírito (Gl 5:23)?

Christopher Beason
Network7 MediaCenter

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=586
Equipe de tradução: Pr. Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



I CRÔNICAS 2 – VÍDEO COMENTÁRIO PR. ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
17 de setembro de 2019, 0:54
Filed under: Sem categoria




%d blogueiros gostam disto: