Reavivados por Sua Palavra


Josué 14 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
2 de agosto de 2022, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Estou forte ainda hoje como no dia em que Moisés me enviou; qual era a minha força naquele dia, tal ainda agora para o combate, tanto para sair a ele como para voltar” (v.11).

Ao dar início à divisão das terras entre às nove tribos e meia de Israel, “Calebe, filho de Jefoné” (v.6), lembrou a Josué da promessa do Senhor dada a eles dois, tendo em vista a fidelidade deles em Cades-Barneia, quando relataram com ânimo e coragem a experiência de espiar Canaã. Com oitenta e cinco anos de idade, Calebe assegurou possuir a mesma saúde e a vitalidade de quarenta e cinco anos atrás. A sua perseverança em seguir ao Senhor lhe rendeu não apenas uma herança, mas também longevidade e qualidade de vida para dela desfrutar.

Calebe era conhecedor que mesmo recebendo uma porção por herança, esta deveria ser conquistada pelo poder de Deus, unido ao seu esforço pessoal: “o Senhor, porventura, será comigo, para os desapossar, como prometeu” (v.12). Com a bênção e aprovação de Josué, Calebe avançou para a conquista, e “Hebrom passou a ser de Calebe […] visto que perseverara em seguir o Senhor, Deus de Israel” (v.14). Gigante na fé, Calebe conquistou um território de gigantes. “E a terra repousou da guerra” (v.15).

O testemunho de Calebe é para nós hoje como uma mola propulsora para grandes conquistas. Ele não simplesmente esperou receber o cumprimento da promessa, mas porque confiou, agiu. Os mesmos gigantes que os primeiros dez espias viram e temeram, não intimidaram aquele que tomou a firme resolução de seguir ao Senhor e nisso perseverar. Pelo pecado da maioria, Calebe teve de aguardar 45 anos até ver o cumprimento da promessa, mas em momento algum duvidou que ela chegaria e que Deus lhe concederia a alegria de desfrutá-la.

Talvez, como Calebe, você já esteja aguardando a derradeira promessa há 45 anos ou até mais do que isso, e provavelmente você não sinta mais a vitalidade da juventude. Contudo, a promessa do Senhor para os perseverantes permanece: “Aquele, porém, que perseverar até o fim, esse será salvo” (Mt.24:13). “Porque é necessário que este corpo corruptível se revista da incorruptibilidade, e que o corpo mortal se revista da imortalidade” (1Co.15:53).

Cristo vem! “Estas palavras são fiéis e verdadeiras” (Ap.22:6). Que sejamos encontrados na mesma condição de Calebe, perseverando em seguir ao Senhor, nosso Deus e confiando em Suas promessas. E, muito em breve, a Terra repousará da guerra e nós estaremos a salvo para sempre. Vigiemos e oremos!

Bom dia, perseverantes de Deus!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Josué14 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: