Reavivados por Sua Palavra


Jeremias 4 by jquimelli
5 de maio de 2014, 12:00
Filed under: Bíblia

Análise do texto:
Ainda que, especificamente, Jeremias esteja apresentando uma mensagem a Judá, no Antigo Testamento, diante de seus desvios de conduta por pegar o atalho da espiritualidade, o Espírito Santo tendia deixar uma mensagem diretamente a todos os que habitam neste mundo; com visão ampliada, é possível entender que Deus quer falar-nos por meio deste capítulo:

1. Nossa religião em relação ao Deus verdadeiro pode ser tão falsa quanto como adoramos ídolos pagãos, se nosso coração não for circuncidado diante de Deus (vs. 1-4). Um coração duro, arrogante, será de tal modo rejeitado como um campo onde só cresce espinhos e não dá para ser arado.
2. Se é possível que a religião verdadeira seja vivida de maneira errada, também é possível que na religião verdadeira haja sacerdotes e profetas, pastores e líderes religiosos (v. 9) que estejam tão distante de Deus que se surpreenderão com Sua ira quando ela se manifestar diante dos seus pecados (vs. 5-18).
3. Uma religião que não seja fruto de verdadeira conversão, mas apenas de mudança externa é comparada a maquiagem e ornamentos, que apenas escondem as imperfeições superficiais, mas não mudam o coração. No entanto, tal religiosidade na verdadeira igreja de Deus trará o mesmo resultado destrutivo que virá sobre aqueles que rejeitam abertamente ao Deus verdadeiro (vs. 19-31).

Com visão apocalíptica, o final do capítulo fala de uma destruição total, que a todo o mundo será fatal. Embora a Terra de todo não será destruída, os que não optarem pelas orientações, exortações e apelos divinos serão banidos totalmente da face de todo o planeta, o qual será um abismo tenebroso descrito no Apocalipse durante os mil anos. Como Deus não quer teu fim, Ele apela:

1. “Circuncidai-vos para o Senhor, circuncidai o vosso coração…” (v. 4) – Arrependimento.
2. “Arvorai a bandeira rumo a Sião, fugi e não vos detenhais…” (v. 6) – Conversão.
3. “Cingi-vos, pois, de cilício, lamentai e uivai…” (v. 8) – Submissão.
4. “Lava o teu coração da malícia… para que sejas salvo” (v. 14) – Purificação.
5. “Proclamai isto às nações” (v. 16) – Testemunho.

Não se pode ignorar um compromisso com Deus sem sofrer consequências. O contrário também é verdade: Há recompensas em relacionar-se e comprometer-se com Deus. O Senhor quer o teu amor – Pr. Heber Toth Armí.



Jeremias 4 by jquimelli
5 de maio de 2014, 0:00
Filed under: testemunho | Tags: ,

Comentário devocional:

Tenho em minha estante uma pequena coleção de livros sobre como testemunhar eficazmente. Nestes livros, cristãos experientes conseguiram resumir em apenas algumas páginas a ciência de partilhar Jesus. Mas, tendo em vista a natureza humana, tenho que reconhecer que os escritores que escrevem sobre a ciência de como espalhar o pecado tem tido mais sucesso. Reconheço que este é um pensamento assustador.

Desde o momento em que o pecado passou a existir entre nós, os pecadores gostam de ensinar outros a se juntar a eles em prazeres malignos. Foi por isso que Deus destruiu o mundo através do dilúvio: “O Senhor viu que a perversidade do homem tinha aumentado na terra e que toda inclinação dos pensamentos do seu coração era sempre e somente para o mal” (Gn 6:5 NVI). Centenas de anos mais tarde, Salomão disse que uma das sete coisas que o Senhor odeia é um “coração que traça planos perversos, pés que se apressam para fazer o mal” (Prov. 6:18 NVI).

Anos de pecado podem dar a uma pessoa o conhecimento de como levar outras pessoas ao caminho errado. Mas que enorme desperdício de tempo e energia! Quando eu comecei a buscar a Deus sinceramente, aos 33 anos de idade, olhei para trás com horror e vi uma vida desperdiçada. Jesus habitou entre nós por 33 anos e salvou o mundo. Na minha loucura eu nada tinha realizado para o Senhor durante esses meus anos!

Deus vê esta loucura em muitos de nós e diz: “O meu povo é tolo, eles não me conhecem. São crianças insensatas que nada compreendem. São hábeis para praticar o mal, mas não sabem fazer o bem.” (Jeremias 4:22 NVI).

Oremos: Querido Deus, querendo ou não, estou sempre influenciando pessoas. Elas aprendem com minhas palavras e ações. Por favor, me ensine a ser um bom representante Teu. Permita que outros vejam Tuas palavras e Tuas ações na minha vida e, através delas, sejam atraídos para Ti. Amém“.

Andrew McChesney
Jornalista na Rússia

 

Texto original: http://revivedbyhisword.org/en/bible/jer/4/

Traduzido por JAQ/JDS/GASQ

Texto bíblico: Jeremias 4




%d blogueiros gostam disto: