Reavivados por Sua Palavra


Jeremias 15 by jquimelli
16 de maio de 2014, 0:00
Filed under: obediência | Tags: ,

Comentário devocional:

Deus adotou uma posição dura para com os israelitas. Ele finalmente declarou que eles eram tão desobedientes e determinados a seguir seus caminhos pecaminosos que não resolveria nada alguém interceder por eles. 

“Então o Senhor me disse: Ainda que Moisés e Samuel estivessem diante de mim, intercedendo por este povo, eu não lhes mostraria favor. Expulse-os da minha presença! Que saiam!” (Jeremias 15:1, NVI).

Pense na seriedade desta declaração. Ninguém poderia interceder em favor do povo de Deus. Ninguém!

Com certeza você se lembra da enormidade da maldade dos israelitas quando Deus os tirou do Egito. Durante 400 anos eles tinham progressivamente se afastado de Deus. Eles haviam se esquecido das leis de Deus, incluindo a santidade do sábado. Seus pecados se tornaram cada vez mais graves à medida que Deus lhes ensinava Seus caminhos no deserto. Várias vezes Deus expressou desapontamento por havê-los libertado do Egito e esteve prestes a destruí-los, só recuando por causa das súplicas de Moisés, seu líder.

De forma semelhante, o Rei Saul  também se afastou de Deus e foi o sumo sacerdote Samuel quem intercedeu – por um tempo – por ele. Mas agora Deus diz a Jeremias que nem mesmo Samuel ou Moisés poderiam interceder pelo povo. Isso mostra o quão longe os israelitas haviam se desviado. Estava tudo perdido? E o que dizer a nosso respeito hoje? Estamos numa situação semelhante a que estava o povo de Israel naquela época? 

Está tudo perdido para nós também?

Deus ofereceu esperança a Jeremias, dizendo: “Se você se arrepender, eu o restaurarei para que possa me servir; se você disser palavras de valor, e não indignas, será o meu porta-voz. Deixe este povo voltar-se para você, mas não se volte para eles” (v. 19 NVI). Independente da resposta do povo a postura do profeta deveria ser de total confiança e lealdade a Deus.

Moisés, Samuel e Jeremias prenunciaram nosso intercessor Celestial, Jesus, que intercede a nosso favor. A história de Jeremias ilustra a misericórdia de Deus mas também serve como um aviso. Se persistirmos na desobediência, determinados a seguir nossos caminhos pecaminosos, chegará o dia em que não adiantará ninguém interceder por nós. 

Oração: “Obrigado, Jesus, por interceder por mim. Eu quero Te obedecer. De verdade, Senhor. Por favor, ajuda-me a Te obedecer. Amém”.

Andrew McChesney
Jornalista na Rússia.

 

Texto original: http://revivedbyhisword.org/en/bible/jer/15/

Traduzido por JAQ/JDS

Texto bíblico: Jeremias 15 




%d blogueiros gostam disto: