Reavivados por Sua Palavra


Jeremias 22 by jquimelli
23 de maio de 2014, 1:40
Filed under: consequências | Tags:

Comentário devocional:

O reinado do bom rei Josias foi como uma lufada de ar fresco na história da nação judaica. Ele buscou o Senhor, seu Deus, de todo o seu coração. A Escritura registra que em todos os anos do período dos reis, nunca houve em Judá uma Páscoa como a que o rei Josias realizou (2 Rs 23:21,22). Ele fez tudo que estava ao seu alcance para se aproximar de Deus. Infelizmente, ele não foi bem sucedido em transmitir essa dedicação a Deus aos seus filhos ou ao povo.

Jeremias, que exerceu o seu ministério como profeta desde o reinado de Josias, passa a falar agora sobre os filhos de Josias. A mensagem não é dada por recado, Jeremias vai pessoalmente ao Palácio Real falar sobre os governantes e o mal que levaram o povo a cometer. 

Que visão deve ter sido vê-lo em trajes de profeta, entregar a mensagem de Deus ao rei! (muito provavelmente Zedequias.) Jeremias diz: “Executai o direito e a justiça e livrai o oprimido das mãos do opressor; não oprimais ao estrangeiro, nem ao órfão, nem à viúva; não façais violência, nem derrameis sangue inocente neste lugar”(v. 3 ARA).

Estas palavras mostram a depravação que prevalecia no palácio e na nação. A mensagem de Jeremias foi muito clara: corrija isso e seu reinado vai continuar; ignore estas palavras e um desastre pior do que você pode imaginar virá sobre você e seu povo. Quem por ali passasse e visse a desolação não iria acreditar no que ocorreu!

Então a mensagem se torna mais contundente e pessoal. Jeremias dirige sua mensagem contra os três filhos de Josias que também tinham sido reis. Ele conheceu cada um dos meninos desde a primeira infância. Ele presenciou o desenvolvimento deles e como foram se endurecendo na maldade. Deus está muito descontente com o comportamento que eles tiveram.

O Senhor não pode suportar a exploração dos mais fracos pelos fortes. Ele contrasta o jovem Salum (ou Jeoacaz) com seu pai e compara seus caminhos. Josias defendeu a causa dos pobres e necessitados, Salum os explorou. Josias governou com justiça e retidão, Salum oprimiu e perverteu a justiça (v. 22:10-12).

Jeoaquim não se saiu melhor. Deus compartilhou Sua Palavra com ele e com o povo em tempos de prosperidade, mas eles não ouviram nem obedeceram à Sua voz. O jovem rei foi desprezado por seu povo e pelos príncipes e, quando morreu, prematuramente, foi arrastado para fora da cidade e enterrado como um burro (v. 19), envergonhado e humilhado por sua vida de maldade.

E a coisa ficou ainda pior. Deus através de Jeremias diz que se Jeconias, o terceiro filho de Josias que o sucedeu, fosse um anel de assinatura em Sua mão direita, o tiraria e o jogaria fora! (v. 24). Seu castigo: ser entregue nas mãos daqueles a quem ele temia, aqueles que procuravam tirar a vida dele! (v. 25), estendido à sua mãe (v. 26). Por quê? Isso é uma indicação de onde veio a influência que o corrompeu.

Finalmente Jeremias proclama em alta voz: “Ó terra, terra, terra, ouça a palavra do Senhor!” (v. 29, NVI). Hoje estamos vivendo em uma tempo em que pouca atenção é dada à Palavra de Deus. 

Oremos pelos impenitentes de nossa geração para que compreendam o que Deus está tentando dizer a eles e se arrependam.

“Senhor, por favor, mantenha-me bem acordado e atento. Ajuda-me a manter Suas palavras sempre em meu coração. Amém”.

Dan Houghton
Centro de Pesquisa Harthttp://www.hartresearch.org/
Califórnia

 

Texto original: http://revivedbyhisword.org/en/bible/jer/22/

Traduzido por JAQ/JDS

Texto bíblico: Jeremias 22 




%d blogueiros gostam disto: