Reavivados por Sua Palavra


NÚMEROS 21 – COMENTÁRIO PR. HEBER TOTH ARMÍ by Jeferson Quimelli
31 de maio de 2022, 0:40
Filed under: Sem categoria

NÚMEROS 21 – A oposição ao povo de Deus sempre existiu; porém, Deus sempre preservou e cuidou, ainda que o aprendizado do povo acontecia morosamente com muita dificuldade (Números 21:10-35).

Aprender para avançar é um caminho difícil aos pecadores. A tendência para o mal é demasiadamente forte (Números 13:30-33). Para o apóstolo Paulo essa questão era clara; pois, mesmo sendo piamente convertido, declarou abertamente: “Sei que nada de bom habita em mim, isto é, em minha carne. Porque tenho o desejo de fazer o que é bom, mas não consigo realizá-lo” (Romanos 7:18); sua explicação nítida para isso, era o pecado que ainda habitava nele (Romanos 7:20).

Enquanto o que é corruptível não se revestir da incorruptibilidade, a lei do pecado continuará agindo em nós e contra o Espírito Santo que habita em nós (1 Coríntios 15:50-56). “Eles estão em conflito um com o outro, de modo que vocês [cristãos convertidos] não fazem o que desejam” (Gálatas 5:17). Essa dura guerra durará até Jesus regressar.

Infelizmente, somos demasiadamente parecidos com o antigo povo de Deus. Observe:

Moisés não se envolveu na guerra contra Edom por ordem de Deus (Deuteronômio 2:2-6); por outro lado, envolveu os canaanitas de Arade numa batalha que culminou na vitória israelita (Números 21:1-3). Com a vitória, Israel motivou-se um pouquinho; porém, ainda não se libertara completamente da rebeldia e oposição ao líder instituído por Deus, além de detestar a comida miraculosamente enviada por Deus no deserto. Por conta disso, Deus pedagogicamente trabalhou sistematicamente a rebeldia deles mostrando a necessidade de confiar mais nEle. Deus enviou serpentes venenosas, e apresentou o evangelho a eles ilustrado na serpente de bronze (Números 21:4-9). Esse era o único meio de livrarem-se do salário do pecado que é a morte (Romanos 6:23; Atos 4:12; João 3:14-18; Gálatas 3:13; Deuteronômio 21:23).

Os problemas da vida visam alertar-nos. Precisamos ser cientes que somos frágeis, merecedores da morte; e, só é possível obter vida confiando em Jesus. Reclamar de Deus e do que Ele faz implica multiplicar problemas, não solucioná-los. Murmuração resulta da falta de confiança em Deus – isso é como veneno letal de serpentes abrasadoras.

Avançar e obter vitória em nossa trajetória espiritual só é possível quando permitirmos que Deus atue em nossa história (Números 21:34-35). Portanto, reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: