Reavivados por Sua Palavra


NÚMEROS 19 by Luís Uehara
29 de maio de 2022, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://www.bibliaonline.com.br/nvi/nm/19

“Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores.” Romanos 5:8 (NVI).

Sempre que lemos nas Escrituras que uma criatura inocente não agressiva (como um cordeiro ou uma vaca) é morta por causa de nossa agressão e nossas próprias falhas, meditamos profundamente na justiça e no amor de Deus. Por que Deus permitiria que uma criatura inocente assumisse a culpa que é devida a você e a mim?

Bem, amigos, Deus não queria que essas criaturas morressem. Essas criaturas têm suas próprias vidas, separadas da louca mentalidade dos seres humanos que as cercam. No entanto, o Criador não está à parte da nossa situação, separado. Quando a humanidade caiu, o amor não teve escolha a não ser se sacrificar. Amor exige sacrifício. Essas criaturas eram a realidade mais próxima da inocência encontrada em Deus.

O Messias, que se tornou Deus na carne, viu nossa condição – capturou em Si o mal e o desviou de nós. O Inocente se humilhou para tornar-se não-inocente para que, por nossa causa, pudéssemos ser trazidos de volta à inocência, contemplando o último sacrifício feito pelo Cordeiro de YAHWEH.

Nicholas Arroyave Howling-Crane
Auxiliar dos Ministérios da Saúde e Evangelista de Literatura
Beaufort, Carolina do Sul, EUA

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/num/19
Tradução: Pr. Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli/Luis Uehara


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: