Reavivados por Sua Palavra


NÚMEROS 3 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Jeferson Quimelli
13 de maio de 2022, 0:40
Filed under: Sem categoria

NÚMEROS 3 – Alguém disse que “ministério é serviço, não ser visto”; não foca na premissa de quem não é visto não é lembrado. Cada função deve ser exercida visando salvar ao pecador, não a autopromoção do líder do Senhor.

Ministério é responsabilidade para com Deus e Seu povo. Em Números 3, seis vezes aparece o termo “responsabilidade”, todas ligadas ao serviço a Deus e ao Seu povo (Números 3:25, 28, 31-32, 36, 38). Tanto é que foi necessário um ajuste ritualístico devido ao excedente dos primogênitos israelitas (Números 3:44-51).

A morte fulminante de Nadabe e Abiú tornou-se lembrete de que o ministério espiritual junto ao povo de Deus não deve ser feito irresponsavelmente nem relaxadamente (Números 3:2-4). Os líderes espirituais pertencem a Deus e devem viver exclusivamente para Seu serviço; por isso, os levitas foram dispensados do serviço militar para batalhar na guerra espiritual, conhecida como grande conflito entre o bem e o mal (Números 1:47-54; 2:33). Eles deviam cuidar do Santuário e serem responsáveis para que nenhuma profanação ocorresse (Números 18:1-8).

Atualmente Deus quer líderes espirituais vivendo exclusivamente para o evangelho (1 Coríntios 9:13-14). Por haver muitos “ignorantes e instáveis” torcendo as Escrituras, introduzindo secretamente heresias destruidoras, atraindo muitos seguidores, satisfazendo seus interesses ambiciosos (1 Pedro2:1-3; 3:16), é que existe a necessidade de líderes espirituais fieis que ministrem com responsabilidade, enfrentando os desafios dos lobos vorazes (Atos 20:28-31; 1 Timóteo 1:8-11; Tito 1:5-16). Eis a razão pela qual Deus pede respeito e consideração pelos líderes espirituais de Sua igreja (Hebreus 13:17).

“Ao enviar os Seus pastores, nosso Salvador deu dons aos homens, pois por meio deles Ele comunica ao mundo as palavras da vida eterna. Este é o meio ordenado por Deus para o aperfeiçoamento dos santos em conhecimento e verdadeira santidade. A obra dos servos de Cristo não é meramente pregar a verdade; devem vigiar pelas almas, como os que têm que dar contas a Deus. Devem redarguir, repreender, exortar, com toda a longanimidade e doutrina”, afirma Ellen White (T5, p 237-238).

Infelizmente, na história, a verdade foi jogada por terra; a mentira prosperou devido à negligência de muitos líderes espirituais (Malaquias 1:6-2:9). Felizmente, Deus tem restaurado rupturas doutrinárias através de Seus líderes (Isaías 58:12; Daniel 7:25; 8:8-14; Apocalipse 3:14). Portanto, reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: