Reavivados por Sua Palavra


DEUTERONÔMIO 31
14 de abril de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: http://biblia.com.br/novaversaointernacional/deuteronomio/dt-capitulo-31/

Deuteronômio 31 é um mapa psicológico-espiritual para enfrentarmos a mudança com coragem.

Tempos de transição e perda não são fáceis para ninguém. Sabendo disso, Deus quer aumentar a coragem tanto em Josué quanto nos israelitas. Então Ele envia uma mensagem de fortalecimento que perdura através dos tempos, uma benção para os futuros crentes. Três vezes a mensagem é ouvida: Seja forte e corajoso. Não tenha medo. Eu estarei com você. Eu nunca te deixarei.

Ao enfrentar os desafios da mudança, lembre-se de que Deus vai adiante de você em qualquer novo território. Ele prometeu destruir qualquer inimigo que encontrar. Esse é o trabalho de Deus, não o seu. Seu trabalho é interno: Seja forte e corajoso. Não tenha medo dos gigantes e provações que você enfrentará. Não permita que o medo conquiste a fé. Faça o trabalho de entrega do seu coração à Deus e veja Deus abrir mares e derrubar muros. Ele nunca vai lhe abandonar.

Tudo o que enfrentamos, Deus vai diante de nós, não atrás de nós. Ele já está à frente de todas as provações e problemas, todas as tristezas e lutas. Ele antecipou tudo o que vamos enfrentar. Para sempre e sempre, Deus está entre nós e nossos problemas.

“Seja forte e corajoso. Eu estarei com você.”

Lori Engel
Capelã (atualmente com necessidades especiais)
Eugene, Oregon, EUA

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=430
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



DEUTERONÔMIO 30
13 de abril de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: http://biblia.com.br/novaversaointernacional/deuteronomio/dt-capitulo-30/

Moisés apresentou diante de Israel a vida e a morte, a bênção e a maldição. A escolha era deles. Mas por favor, ele implorou, escolham a vida! Escolham a Deus de todo o coração! Se você vive em harmonia com a maneira como Ele projetou o funcionamento do universo, a vida será boa! Você será feliz e próspero, capaz de ajudar a outras pessoas. Se você vive de modo egoísta e faz as coisas do seu jeito, você se afasta Dele. O resultado será devastador. Mas se você se voltar para Deus, não importa o quão longe você tenha ido, Ele irá recebê-lo de volta.

Provérbios 1 descreve aqueles que rejeitam a sabedoria por muito tempo a ponto de desenvolverem insensibilidade em seus corações. Eles se tornam incapazes de responder. Eles foram alterados pelas escolhas que fizeram. Jesus também advertiu acerca do pecado contra o Espírito Santo – trata-se de dizer “Não” a Deus por tanto tempo que a nossa capacidade de ouvir a Sua voz é destruída, o nosso “querer” é desativado.

Oh, por favor, não deixe que isso aconteça! Se você nunca se rebelar, não terá que percorrer o longo caminho de volta! Mas se você se rebelou, não adie: volte para Deus enquanto ainda consegue ouvir a voz Dele! Ele prometeu restaurar você!

Virginia Davidson
Igreja Adventista do Sétimo Dia de Spokane Valley
Washington, EUA

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=429
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



DEUTERONÔMIO 29
12 de abril de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: http://biblia.com.br/novaversaointernacional/deuteronomio/dt-capitulo-29/

Este mundo oferece os melhores contratos, baseado em riqueza e poder. Deus oferece um contrato eterno, baseado em escolhas que trazem bênçãos ou maldições, vida ou morte. A escolha é nossa.

O contrato do céu é baseado em evidências experimentais, observadas com nossos próprios olhos, dos milagres e provisões de Deus. O registro da miraculosa fidelidade de Deus, tanto na vida dos antigos israelitas como em nossas próprias jornadas espirituais, é a base de nossas escolhas. E pelo fato de que Deus provou ser fiel eternamente, o signatário do contrato pode tomar decisões diárias com absoluta confiança no caráter imutável de Deus. Nem uma vez Deus falhou com aqueles que entraram em um relacionamento de aliança, embora eles muitas vezes falharam com Ele. Ele é fiel quando somos infiéis.

O aliança de Deus contém uma cláusula de advertência, no entanto: não espere bênçãos se você disser: “Eu estarei seguro, embora eu persista em seguir meu próprio caminho”. As consequências são abundantes quando escolhemos fazer as coisas do nosso jeito, em vez de seguirmos o caminho de Deus. Não podemos esperar colher bênçãos enquanto deliberadamente desprezamos as condições da aliança. Nenhum contrato, seja no céu ou na terra, funciona dessa maneira.

Se quisermos prosperar, precisamos seguir as condições estipuladas por Deus. O pai sabe muito bem o que é melhor para nós!

Lori Engel
Capelã (atualmente com necessidades especiais)
Eugene, Oregon, EUA

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=428
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



DEUTERONÔMIO 28
11 de abril de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: http://biblia.com.br/novaversaointernacional/deuteronomio/dt-capitulo-28/

Quando leio Deuteronômio 28, a princípio eu sinto uma repulsa. Não vejo o Deus de compaixão que é manifestado em outros lugares e por quem me sinto tão atraída. Minha vontade é virar as páginas e encontrar uma outra passagem bíblica. No entanto, eu não faço isso, porque esta é a Palavra de Deus. Inclinando-me para mais perto do texto com suas listas de bênçãos e ondas de maldições, começo a ouvir a linguagem da Aliança e sou consolada.

Esta é uma descrição de um relacionamento íntimo. Vejo os detalhes dessa conexão. Percebo um Deus que deseja profundamente um relacionamento com o Seu povo, tanto que está disposto a articular claramente como é um relacionamento com Ele. Ele coloca o jantar sobre a mesa e nos convida para entrar e jantar. Não há nada escondido – está tudo claro.

É nessa abertura que eu encontro aquele Deus de compaixão novamente. O Deus que se aproxima e mostra uma imagem real. Então me pede para entrar nessa aliança com ele. “O Senhor te estabelecerá como seu povo santo, como jurou que faria” (Dt 28:9).

Heather Crews
Pastora da Igreja Adventista do Sétimo Dia de Courthouse
Virginia, EUA

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=427
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



DEUTERONÔMIO 27
10 de abril de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: http://biblia.com.br/novaversaointernacional/deuteronomio/dt-capitulo-27/

O livro de Deuteronômio contém as instruções e o texto a ser lido na cerimônia de renovação da aliança. Alguns estudiosos têm afirmado que Gênesis a Números é uma introdução à Bíblia, que Deuteronômio é o núcleo da Bíblia, e que o resto do Antigo Testamento é um comentário sobre Deuteronômio e que o Novo Testamento conta os resultados de Deuteronômio!

Em Deuteronômio 27 e 28, vemos as maldições que deveriam ser recitadas por 6 tribos no Monte Ebal com a resposta sendo a bênção proclamada do Monte Gerizim. Deuteronômio não fornece uma predição definida, mas dá constantemente dois caminhos possíveis para Israel seguir. Ambos são baseados em como espalhar o evangelho para o mundo inteiro.

Os hebreus não deveriam tentar apaziguar os deuses do leite e do mel como os cananeus, mas ver tanto o leite quanto o mel como bênçãos do único Deus verdadeiro. Os hebreus deviam confiar neste Deus que lhes provê leite e mel para cuidar deles em todos os aspectos da vida.

Se Israel escolhesse não ser fiel, Deus enviaria maldições para encorajá-la a mudar os seus caminhos. O exílio seria o resultado final da infidelidade de Israel. No exílio, eles deveriam compartilhar com os vizinhos a fidelidade de Deus e infidelidade deles. Se eles fossem fiéis ao fazer isso, então o exílio terminaria em um glorioso segundo êxodo liderado pelo Messias o qual viria para levá-los para casa.

Kevin Hellerud
Igreja Adventista do Sétimo Dia Bem Aventurada Esperança
Binghamton, Nova Iorque

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=426
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



DEUTERONÔMIO 26
9 de abril de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: http://biblia.com.br/novaversaointernacional/deuteronomio/dt-capitulo-26/

Em Deuteronômio 26 encontramos dois temas gerais com os quais Deus quis impressionar os Israelitas, após eles entrarem na terra de Canaã. O primeiro tem a ver com o que Deus fez pelo povo de Israel; o verdadeiro Deus é o Deus que cumpre as promessas a Seus filhos, Ele é o Deus que provê (v.1-3). O segundo tem a ver com a importância de atender às necessidades dos mais desfavorecidos.

A lição é a mesma para nós que vivemos no século XXI. Deus continuamente nos fornece muitas coisas e de maneiras diferentes, não para o propósito de as acumularmos para nós egoisticamente, mas para mostrarmos a mesma misericórdia para com aqueles que tem menos. Essa preocupação pelos outros é tão importante para Deus que é o que fará a diferença entre “as ovelhas” e “os bodes” no último dia (Mt 25: 31-46).

Contudo, a maior bênção que recebemos para compartilhar é o conhecimento do evangelho de Jesus Cristo (1 Coríntios 9:16)!

Cristhian Jonh Álvarez
Professor de Teologia Sistemática
Universidade Adventista da Bolívia

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=425
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



DEUTERONÔMIO 25
8 de abril de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: http://biblia.com.br/novaversaointernacional/deuteronomio/dt-capitulo-25/

Deuteronômio 25 continua a abordar questões que lidam com as leis de Deus para a boa convivência entre os israelitas. Os versículos 13 a 16 falam sobre ser justo em nossos relacionamentos comerciais com os outros, tanto comprando quanto vendendo. Devemos ser honestos, responsáveis ​​e agir sempre com integridade.

Há duas maneiras de responder a esse conselho divino: uma é ser desleal, desonesto,
injusto. Essa escolha tem conseqüências imediatas e de longo prazo. Primeiro, teremos conflitos em nossos relacionamentos interpessoais; em segundo lugar, e a conseqüência mais séria, é ser rejeitado por Deus e perder a vida eterna.

A outra opção é ser justo, honesto, responsável e consistente em nossas práticas de negócios. Essa escolha também tem consequências imediatas e de longo prazo. Primeiro, vamos desfrutar de respeito na sociedade; segundo, e acima de tudo, teremos o favor de Deus. O Senhor nos aconselha a sermos justos “para que se prolonguem os vossos dias na terra que o Senhor vosso Deus vos dá” (v. 15). Lembre-se de que “o que o homem semear, isso também ceifará” (Gálatas 6:7).

Víctor Augusto Choroco
Diretor da Faculdade de Teologia
Universidade Adventista da Bolívia

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=424
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli




%d blogueiros gostam disto: