Reavivados por Sua Palavra


I REIS 11 – COMENTÁRIO PR. HEBER TOTH ARMÍ by Jeferson Quimelli
11 de novembro de 2022, 0:40
Filed under: Sem categoria

I REIS 11 – Quando os princípios de vida estabelecidos pelo Deus da Bíblia são ignorados, graves pecados são praticados até mesmo por indivíduos superdotados sobrenaturalmente.

A sabedoria, por mais elevada que seja, se não estiver submetida ao Onisciente Soberano do Universo, levará bons indivíduos à promiscuidade, imoralidade e perversidade.

Ambição internacional, fama mundial, e sociedade com nações pagãs, comuns nos reinos e governos seculares, passaram a fazer parte do reinado de Salomão. Consequentemente, como as nações pagãs poderosas, o rei que pediu humildemente sabedoria a Deus, optou pela poligamia – o que atraiu a idolatria; pervertendo assim, a religião verdadeira em todo território do povo de Deus (I Reis 11:1-8).

O pecado tem efeito dominó. Um pecado pequeno leva a outro maior; e este, a tantos outros… até mergulhar a pessoa que, outrora fora tão piedosa, na imundícia da perversão religiosa.

As consequências da ignorância à Palavra de Deus são horrorosas. Deveríamos repensar nossas decisões alheias à vontade de Deus, reconhecendo quão ruins elas serão para as futuras gerações. Quantas desgraças evitaríamos caso fizéssemos esse exercício diariamente com a Bíblia na mão!

Salomão recebeu a terceira visita de Deus; desta vez, Deus expressou indignação contra sua corrupção e apresentou as consequências de suas más decisões (I Reis 11:9-40).

Os pecados de Salomão suscitaram pessoas que tiraram-lhe a paz:
• Hadade, o edomita (inimigo externo)
• Rezom, fundador do reino sírio de Damasco (inimigo externo).
• Jeroboão, um israelita (inimigo interno).

O relato concluiu descrevendo a morte do rei Salomão. Embora pareça que tenha morrido perdido, há evidências de que as advertências divinas tenham surtido efeito. Antes de morrer, Salomão arrependeu-se e converteu-se sinceramente a Deus. Ele deixou um documento alertando os jovens das terríveis consequências enfrentadas por ter abandonado a vontade de Deus. Esse documento é o livro de Eclesiastes, que o Espírito Santo fez questão que fosse incorporado às Escrituras Sagradas, a fim de alertar-nos e enriquecer-nos espiritualmente.

Melhor que sofrer as consequências do pecado, é saber que o pecado não compensa; para, então, evitá-lo com todas as forças e recursos divinos disponíveis!

Contudo, devemos ter plena ciência que mesmo quando estamos mergulhados na mais densa imundícia do pecado, a graça divina nos alcança… e podemos desfrutar do perdão sobrenatural! Deus nos estende Sua mão… Portanto, reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: