Reavivados por Sua Palavra


I SAMUEL 15 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS
20 de junho de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

452 palavras

1 A importância da obediência a Deus domina a história da rejeição por Deus de Saul como rei. Andrews Study Bible.

2 Sem dúvida, os amalequitas vinham atacado a parte sul de Judá, na região de Berseba, e esse pode ter sido um dos motivos para os anciãos da tribo terem pedido um rei (ver 1Sm 8:1-5). … Os amalequitas eram descendentes de Esaú (ver com. de Gn 36:12) e, portanto, parentes de sangue tanto dos queneus quanto dos israelitas. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 2, p. 558.

queneus. Era um povo bom e pacífico, que descendia de Jetro, o sacerdote de Midiã. Bíblia Shedd.

exterminou o seu povo. Todos os amalequitas que encontraram. Alguns amalequitas sobreviveram (v. 27.8; 30.1, 18; 2Sm 8.12; 1Cr 4.43). Bíblia de Estudo NVI Vida.

Agague. No livro de Ester, o inimigo dos judeus é Hamã, o agagita (Et 3:1; 7:6). Andrews Study Bible. [Et 3:1: “…descendente de Agague”, NVI].

11 Arrependo-me. É um antropopatismo comum no AT. O verbo hebraico nacham, “arrepender-se”, expressa a atitude da mente de “deixar de fazer o que estava fazendo”. … (i.e., não pode mais acompanhar ao homem). Bíblia Shedd. [Tb no v. 35].

“O arrependimento do homem implica mudança de intuitos. O arrependimento de Deus implica mudança de circunstâncias e relações” (PP, 630). CBASD, vol. 2, p. 559.

22 obedecer é melhor que sacrificar. Fazer o correto é mais importante que o ritual. Andrews Study Bible.

Samuel não quer dizer que o sacrifício não é importante, mas que é aceitável somente quando é trazido numa atitude de obediência e devoção ao Senhor (v. Sl 15; Is 1.11-17; Os 6.6; Am 5.21-27; Mq 6.6-8). Bíblia de Estudo NVI Vida.

23 Ele o rejeitou como rei. O castigo aqui vai além do que foi declarado antes (… 13.14). Agora, o próprio Saul será rejeitado como rei. Embora isso não acontecesse imediatamente, como demonstra, os caps. 16-31, iniciou-se o processo que levou à sua morte [como o caso da morte de Adão ao comer do fruto], incluindo, no seu processo implacável, o afastamento do Espírito de Deus e do favor divino (16.14), o abandono do filho Jônatas e da filha Mical, que passaram para o lado de Davi, e a insubordinação dos próprios oficiais (22.17). Bíblia de Estudo NVI Vida.

33 Samuel despedaçou a Agague. De acordo com o código civil entregue a Israel (Êx 21:23, 24), Agague era culpado de morte, e Samuel o executou “perante o SENHOR”, assim como Elias matou posteriormente os profetas de Baal no Carmelo, acusados de blasfêmia (Lv 24:11, 16). Ao despedaçar Agague, Samuel frustrou o propósito de Saul de exibir o rei cativo como prova de sua liderança astuta. CBASD, vol. 2, p. 565.

como sua espada. O castigo corresponde ao pecado cometido. Andrews Study Bible.

35 Nunca mais viu Samuel a Saul. Uma tradução mais correta seria: “Nunca mais procurou Samuel a Saul”. Saul, porém, procurou a Samuel, passados 8 anos (ver 19.24). Bíblia Shedd.



I SAMUEL 14 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS
19 de junho de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

835 palavras

3 trazia a estola sacerdotal. A presença no arraial de Saul da estola sacerdotal [éfode], que era usada para indagar a vontade de Deus … , encoraja a expectativa de que a usará para pedir a orientação divina como fez Davi em data posterior (23.9-12; 30.7-8). Bíblia de Genebra.

desfiladeiros… penha íngreme. Entre essas mesmas penhas, um punhado de homens do general Allenby, na I Guerra Mundial, surpreendeu e derrotou uma guarnição turca. Bíblia Shedd.

13 caíram diante de Jônatas. Deus estava com ele (Lv 26.8). Bíblia Shedd.

meia jeira. Em hebraico, “meio jugo”. Um “jugo” era a extensão de terra que bois atados a um jugo conseguiam arar em um dia. Bíblia de Estudo Andrews.

15 a terra se estremeceu. O sentido é “o povo tremeu”. Bíblia de Estudo Andrews.

18 a arca de Deus. Conforme TM, T e V; LXX ephod. Nota textual Bíblia de Genebra.

A melhor tradução é a do texto grego (LXX) que diz: “estola sacerdotal”. Esta continha as duas pedras de ônix com os nomes gravados das doze tribos e o peitoral de juízo com Urim e Tumim (Êx 28.6-10).  Bíblia Shedd.

A Septuaginta (antiga tradução grega do Antigo testamento) contém o termo “estola sacerdotal”, o que é, provavelmente, correto, pois essa estola sacerdotal estava claramente presente em Gibeá (v. 3, nota) e era usada para inquirir do Senhor (2.28, nota). O texto existente em hebraico, arca, é duvidoso, porque a arca estava em Quiriate-Jearim nessa ocasião (7.1-2). Bíblia de Genebra.

Desiste. Ao mandar o sacerdote deixar de fazer uso do instrumento mediante o qual a vontade do Senhor poderia ter sido determinada, Saul assume sobre si mesmo a responsabilidade pelos acontecimentos (cf. 13.9). Bíblia de Genebra.

A ordem para o sacerdote retirar a mão (v. 19, nota textual NVI) é mais apropriada no caso do colete sacerdotal que no da arca. Bíblia de Estudo NVI Vida.

19 Desiste de trazer a arca (ARA; NVI: “Não precisa trazer a arca”). Hebraico: “Retire a sua mão”Nota textual NVI.  O sentido é: “Pare de consultar o Senhor; estamos sem tempo”. Bíblia de Estudo Andrews.

24 Maldito o homem que comer o pão antes do anoitecer. …um voto estulto de Saul (29);  uma ordem que enfraqueceu ao exército (30-31), o qual não podia vencer por completo ao inimigo (36). Bíblia Shedd.

Os soldados ficaram exaustos de fome porque haviam guerreado o dia inteiro. Bíblia de Estudo Andrews.

25 bosque. A palavra também pode ser traduzida por “colmeias”. Bíblia de Estudo Andrews.

27 tornaram a brilhar os olhos. Ou suas forças se renovaram. Nota textual NVI.

Voltou a energia; recuperou-se física e moralmente. O mesmo teria acontecido a todos, caso tivessem comido naquele dia. Bíblia Shedd.

32 comeram com sangue. Terminado o voto imprudente de Saul [não comer antes de baixar o sol], os homens, vencidos pela fome, em vez de perseguir o inimigo, atiraram-se sobre os animais, devorando-os precipitadamente, até com sangue, o que era condenado pela lei, cometendo, assim, pecado grave (Lv 17.10-14). Bíblia Shedd.

A ordem de não comer carne com sangue foi dada logo depois do dilúvio (Gn 9:4). O sangue deveria ser escoado antes de se cozinhar e comer a carne. Bíblia de Estudo Andrews.

37 Deus não lhe respondeu. A negativa em hebraico é categórica. Isso mostra que Deus não aprova a atitude de Saul, nem seus votos. Bíblia Shedd.

38 O pecado não foi de Jônatas, mas do próprio Saul. Bíblia Shedd.

39 ainda que meu filho… seja morto. Foi outro erro de Saul, que o próprio povo corrigiu (45). Se o voto de Saul tivesse a aprovação de Deus, Jônatas morreria sem apelação. Bíblia Shedd.

Outro exemplo de voto precipitado de Saul (v. tb. v. 24, 44). Bíblia de Estudo Andrews.

Porém nenhum… lhe respondeu. O povo protegia Jônatas. Bíblia de Genebra.

41 Mostra a verdade, por Urim e Tumim (18). Lê-se no texto grego (LXX): “Disse pois Saul ao Senhor: Ó Senhor Deus de Israel, porque não responde ao teu servo hoje? Se a culpa está em mim, ou em meu filho, Jônatas, ó Senhor Deus de Israel, mostre-o Urim; mas se a culpa está em Israel, mostre-o Tumim. E Jônatas e Saul foram apontados, e o povo ficou livre” (Js 7.16-18). Bíblia Shedd.

42 Texto grego (LXX): “Disse, então, Saul: seja lançada a sorte entre mim e o meu filho, Jônatas e a quem o Senhor apontar pela sorte, seja morto. Mas o povo lhe disse: Com isso não concordamos…”. Bíblia Shedd.

Lançai a sorte. As duas pedras, o Urim e o Tumim, só respondiam sim ou não. Bíblia de Estudo Andrews.

45 Tão certo como vive o SENHOR. O juramento em nome do Senhor tem obrigatoriedade especial de ser cumprido (Dt 23:22, 23). Bíblia de Estudo Andrews.

o que ele fez hoje foi com o auxílio de Deus. Os homens do exército de Saul reconhecem que não é apropriado tirar a vida da pessoa por meio de quem Deus libertou o Seu povo. Bíblia de Estudo NVI Vida.

47-52 Contém um resumo do reinado de Saul. Bíblia Shedd.

49 Mical. A filha mais nova de Saul, que mais tarde se casou com Davi. Bíblia de Estudo Andrews.

52 os agregava a si. Cumprindo a advertência divina feita em 8:11. Bíblia de Estudo Andrews.



I SAMUEL 13
18 de junho de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: http://biblia.com.br/novaversaointernacional/1-samuel/1sm-capitulo-13/

O sucesso do reinado inicial de Saul foi desfeito por sua decisão de tomar as coisas em suas próprias mãos. Suas intenções eram boas. Ele desejou o favor do Senhor em batalha e esperou que Samuel oferecesse os sacrifícios necessários para assegurá-lo. Mas tornando-se impaciente, Saul ofereceu ele mesmo os sacrifícios, desobedecendo ao comando de Deus. Naquele momento, as conseqüências não pareciam fatais. Saul venceu a batalha e continuou reinando como rei por décadas depois.

Mas seu destino foi selado; seu reino estava efetivamente acabado. Com o passar do tempo, tornou-se óbvio que o Espírito de Deus, que um dia havia chegado a ele em poder, havia sido substituído por um espírito de egocentrismo e auto-dependência. Mas mesmo aqui, há esperança: “O Senhor buscou um homem segundo o seu coração” (1 Sm 13:14).

Como Saul, Davi tinha sérios defeitos. Mas havia uma grande diferença entre esses dois reis humanos pecaminosos. Um se agarrava ao seu próprio reino. O outro se agarrava ao Rei dos reis.

É apenas quando aceito minhas próprias limitações e reconheço a soberania de Deus como Rei, que posso também me tornar um homem segundo o Seu coração.

Fernando Villegas
Pastor da União Arkansas-Lousiana da IASD

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=495
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



I SAMUEL 13 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS
18 de junho de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

1431 palavras

1 Um ano reinara Saul em Israel. No segundo ano de seu reinado sobre o povo (ARA; NVI: “Saul tinha trinta anos quando começou a reinar, e reinou sobre Israel quarenta e dois anos”). É um versículo obscuro, de difícil interpretação. … Caso Saul tivesse reinado apenas dois anos, a idade de Jônatas não passaria de 6 a 7 anos. Bíblia Shedd.

A primeira metade deste versículo é incompleta no hebraico, porque começa com a fórmula comum para dizer a idade de um rei, mas não fala quantos anos Saul tinha. Bíblia de Estudo Andrews.

Todos os tradutores e comentaristas concordam que o sentido desta passagem não é claro. … Desde que a primeira versão da Bíblia foi feita, este texto confunde os tradutores. As primeiras edições da LXX evitaram essa dificuldade por meio da omissão do versículo inteiro. … Alguns comentaristas concordam que, sem dúvida, este é um exemplo de texto no qual ocorreu uma omissão no processo de cópia, embora ninguém saiba dizer ao certo em que momento ela ocorreu. … Mas, nesta e em outras ocorrências de textos difíceis e enigmáticos, nenhuma questão doutrinária, pertinente á salvação, está envolvida. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol 2, p. 541, 542.

3, 4 Jônatas atacou e destruiu um posto avançado dos filisteus, mas Saul assumiu todos os créditos. … O crescente orgulho de Saul começou pequeno… Deixando sem controle, seu orgulho cresceu até se tornar uma sombria obsessão; ela o destruiu, dividiu sua família e ameaçou o bem estar de uma nação. Assumir os créditos das realizações de outros indica que o orgulho toma conta de sua vida. Quando você notar que o orgulho está tomando posição, aja imediatamente para dar crédito a quem o merece. Life Application Study Bible Kingsway.

atraindo o ódio dos filisteus sobre Israel. Hebraico: “transformando Israel em mau cheiro para os filisteus”. Nota Textual NVI.

Está em jogo uma metáfora que retrata um objeto de forte hostilidade. Bíblia de Estudo NVI Vida.

os homens de Israel… estavam em apuros, devido à falta de armas (19-22). O exército filisteu estava bem equipado, embora numericamente inferior. Bíblia Shedd.

Quando esquecemos Quem está ao nosso lado ou levamos em consideração apenas nossos próprios recursos, tendemos a entrar em pânico, à vista da oposição. Os israelitas ficaram aterrorizados ao verem o poderoso exército filisteu. Eles se esqueceram de que Deus estava do seu lado e que Ele não pode ser derrotado. Ao enfrentar problemas e tentações, focalize sua atenção em Deus e em Seu recursos, confiando que ele o ajudará (Rm 8:31-37). Life Application Study Bible Kingsway.

9 Saul… estava fazendo uma boa coisa (oferendo um sacrifício a Deus antes de uma batalha crucial), mas ele fez isso de modo errado. Como Saul, nosso verdadeiro caráter espiritual é revelado sob pressão. Os métodos que utilizamos para atingir os nosso objetivos são tão importantes quanto atingir estes objetivos. Life Application Study Bible Kingsway.

9-13 O valor da exatidão (Mt 5.18-19). 1) Naamã ficou limpo da lepra porque entrou no rio Jordão e mergulhou sete vezes; faltasse um só mergulho ou fosse a outro rio, e a doença continuaria (2Rs 5); 2) Os muros de Jericó caíram no sétimo dia, na sétima volta, no último instante, após o último detalhe; faltasse uma só volta, fosse omitida uma só vírgula do cerimonial prescrito, e os muros continuariam em pé (Js 6); 3) Saul devia esperar até o último instante. Preocupou-se, porém, mais com o exército filisteu (11), do que com o mandamento do Senhor (13). Bíblia Shedd.

11, 12 Quando a enfrentar uma situação difícil, não permita que a impaciência leve você a desobedecer a Deus. Quando você sabe o que Deus quer, siga Seus planos, independente das consequências. Deus muitas vezes usa atrasos para testar nossa obediência e paciência. Life Application Study Bible Kingsway.

13, 14 Saul tinha muitas desculpas pela sua desobediência. Mas Samuel foi direto à questão real: “Você agiu como um tolo, desobedecendo ao mandamento que o Senhor, o seu Deus, lhe deu”. Como Saul, muitas vezes encobrimos nossos erros e pecados, tentando justificar e espiritualizar nossas ações tendo em vista nossas circunstâncias “especiais”. Nossas desculpas, entretanto, não são nada mais do que desobediência. Deus conhece nosso verdadeiros motivos. Ele nos perdoa, restaura e abençoa somente se formos honestos com relação aos nossos pecados. Ao tentar esconder seus pecados atrás de desculpas, Saul perdeu seu reinado (13:14). Life Application Study Bible Kingsway.

13, 14 Encontra-se, aqui, a primeira repreensão de Deus a Saul, mas ainda não é a rejeição, que vem depois (15.23, 28). Bíblia Shedd.

13 Ao desobedecer às ordens de Samuel, Saul violou uma condição prévia fundamental do seu cargo teocrático. Sua atuação como rei não devia funcionar independentemente da lei e dos profetas. Bíblia de Estudo NVI Vida.

Samuel se referiu ao fato de Saul permitir que os sentimentos assumissem o controle, em lugar da confiança em Deus, baseada nas experiências passadas. …Se Saul houvesse se mostrado disposto a humilhar o coração, a história de Israel poderia ter sido diferente. CBASD, vol.2, p. 546.

14 não subsistirá o teu reino. Saul não será sucedido pelos seus filhos; não haveria dinastia que levasse o seu nome (cp. a palavra de Deus a Davi, 2Sm 7.11-16). Bíblia de Estudo NVI Vida.

As esperanças que Saul tinha de estabelecer uma dinastia foram desfeitas, mas o próprio Saul ainda não será deposto (15.23). Bíblia de Genebra.

Assim como ocorreu com Saul, acontece com pessoas de todas as eras. Quando os problemas pressionam, o medo do perigo iminente suprime o raciocínio sensato e induz a uma impaciência nervosa para resolver a questão de uma vez. Com tanto estresse, a razão fica cega ao dever e coloca, em seu lugar, uma condenação crítica dos outros e a violenta determinação de justificar a ação escolhida. A confiança no cuidado protetor e na orientação de Deus abre caminho para a descrença cínica e, por fim, à rebelião. CBASD, vol.2, p. 546.

15 A demora de sete dias tinha diminuído grandemente as tropas de Saul (cf. v. 2, 4, 6-8). Bíblia de Estudo NVI Vida.

16 Geba… Micmás. Os dois lugares ficavam um de frente para o outro, separados por um vale. Bíblia de Estudo Andrews.

17 saqueadores saíram… em três tropas. Grupos de assalto aterrorizavam e saqueavam, além de manter a pressão militar mediante o conhecimento e o controle de vias de acesso importantes. Bíblia de Genebra.

19-22 Diante de tal superioridade, os israelitas se viram em séria desvantagem. Como poderiam eles ter esperança em romper a opressão que sofriam? Somente através do auxílio de Deus.Deus queria dar a vitória a Israel sem espadas, para que eles percebessem a verdadeira fonte de sua força. Life Application Study Bible Kingsway.

19 nem um ferreiroespada, nem lança. Era hábito, privarem os povos vencidos de seus ferreiros, para evitar a indústria de armas. Isso aconteceu nos dias de Débora (Jz 5.8) e também nos dias de Nabucodonosor (2Rs 24.14). Bíblia Shedd.

19-21 Aos israelitas faltavam armas, e até mesmo dependiam dos filisteus para afiar seus instrumentos agrícolas. As evidências arqueológicas sugerem que os filisteus aprenderam a forjar ferro antes dos seus vizinhos. Bíblia de Genebra.

20, 21 O objetivo destes dois versículos é servir de paráfrase ao v. 19. Bíblia Shedd.

20 Os israelitas dependiam dos filisteus para a custosa manutenção de suas ferramentas agrícolas. Bíblia de Estudo Andrews.

21 dois terços de um siclo. Em toda a Bíblia, esta quantidade só é mencionada neste versículo e corresponde a 8g. Bíblia de Estudo Andrews.

22 com Saul e com Jônatas, seu filho. Os israelitas guerrearam com arcos, flechas e fundas, porque os filisteus detinham o monopólio do ferro. Bíblia de Estudo Andrews.

O exército inteiro possuía somente duas espadas e duas lanças. Esta era a razão por que os israelitas se escondiam de seus inimigos (6). Bíblia Shedd.

Esse fato lança as esperanças de Israel em duas pessoas em particular, e o capítulo seguinte faz uma comparação entre elas, deixando Saul em desvantagem. Bíblia de Genebra.

Após anos sofrendo opressão por parte dos filisteus, Saul e Jônatas eram os únicos israelitas que possuíam armas de metal. Os soldados comuns tinham flechas e fundas, equipamentos poderosos nas mãos de pessoas hábeis (ver Jz 20:16), mas não estavam aptos a competir no combate direto contra as armas de ferro dos filisteus. Este versículo mostra duas coisas: (1) a batalha ocorreu antes de Israel estar bem organizado, provavelmente no início do reinado de Saul, e (2) a falta de equipamentos deixou evidente, para os dois lados, que Deus interveio a favor de Seu povo. Saul poderia se  rebelar e, por causa disso, fazer muitas coisas tolas; mas o Senhor ainda atuava em prol de Israel, encorajando os soldados a se unirem a Seu reino e a depositarem confiança nEle. Saul se recusou a ir aonde Deus mandava, mas Jônatas estava pronto e cheio de disposição para realizar o que seu pai deveria ter feito. CBASD, vol.2, p. 548.



I SAMUEL 12
17 de junho de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: http://biblia.com.br/novaversaointernacional/1-samuel/1sm-capitulo-12/

Nunca foi intenção de Deus que Israel tivesse seu próprio rei. Deus havia proposto que através de Israel, o mundo inteiro testemunhasse o que aconteceria quando Deus estivesse diretamente no controle. Assim, Ele teria que expressar seu domínio na Terra através de seres humanos em quem Ele colocou seu Espírito.

Samuel (1:12) lista vários líderes usados por Deus ao longo da história de Israel para libertar seu povo: Moisés, Gideão, Sansão e outros. O que todos têm em comum é que cada um deles era um ser humano imperfeito. Apesar da fidelidade a Deus em vários momentos de suas vidas, em outros eles eram terrivelmente infiéis. E isso se apresentou como um problema, pois os israelitas constantemente olhavam para esses humanos imperfeitos em busca de liderança, em vez de olhar para o Deus perfeito e santo.

A boa notícia é que, apesar de sua constante rebelião, “o Senhor não os rejeitará, pois o Senhor teve prazer em torná-los o seu próprio povo.” (v. 22, NVI). Deus não desistirá de seus propósitos. Oro para que minha vida seja uma demonstração do que acontece na vida de um povo quando o próprio Deus é rei.

Fernando Villegas
Pastor da União Arkansas-Lousiana da IASD

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=494
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



I SAMUEL 12 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS
17 de junho de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

940 palavras

Em seu discurso ao povo, Samuel denunciou o pedido por um rei e reafirmou sua posição de líder espiritual. Rogou ao povo que obedecesse ao Senhor. Bíblia de Estudo Andrews.

[Samuel se retira do posto de juiz, mas não do de profeta e intercessor.]

Eis que ouvi. O reino de Deus se baseia no princípio da liberdade de escolha. O fato de o Senhor conhecer o fim desde o princípio não limita, de maneira alguma, as decisões tornadas pelo ser humano (ver Ed, 178). Deus revelou aos israelitas, antes da entrada na Palestina, que chegaria o momento em que eles pediriam um rei (Dt 17:14). Nisso, Ele não estava expressando Sua vontade, mas tão somente mostrando o rumo que os acontecimentos tomariam. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 2, p. 537.

de quem tomei o boi… o jumento. O boi e o jumento, possessões valiosas nos tempos bíblicos, são mencionados no décimo mandamento como objetos típicos da cobiça (Êx 20.17; Dt 5.21). Bíblia de Genebra.

Samuel era íntegro como poucos. Bíblia Shedd.

perante o Seu ungido. Refere-se a Saul. Bíblia Shedd.

nada tens achado nas minhas mãos. O caráter simétrico de Samuel era resultado de atos individuais de cumprimento do dever, realizados sob a orientação do Espírito Santo. O mesmo se dá hoje. “O Espírito de Deus consumirá o pecado em todos quantos se submeterem a Seu poder” (DTN, 107). É completamente possível ser um Samuel hoje, assim como milhares de anos antes de Cristo. CBASD , vol. 2, p. 538.

pleitearei convosco (ARA; NVI: “vou entrar em julgamento com vocês perante o SENHOR”). Samuel pessoalmente se apresentara como réu e fora inocentado (vs. 3-5); agora, desempenha o papel de promotor, e o povo se torna o réu. Seu crime é o de ter desejado ter um rei, em total desrespeito para com todos os “atos de justiça” do Senhor durante todo o período do êxodo e dos juízes (vs. 7-11). Bíblia de Genebra.

então, os entregou. Síntese da história do livro de Juízes: a obedi~encia leva à liberdade, a desobediência resulta em opressão. Bíblia de Estudo Andrews.

12 O povo exigiu um rei (112) por causa do medo de Naás (11.1-2), pois não confiava em Samuel, que consideravam já velho (Samuel estava com cerca de 60 anos). Bíblia Shedd.

Diante da dupla ameaça dos filisteus no oeste (9.16) e dos amonitas no leste (11.1-13), os israelitas buscaram segurança na pessoa de um rei humano embora o SENHOR, o seu Deus, fosse o rei (NVI). Bíblia de Estudo NVI Vida.

17 o tempo da sega do trigo. Era a estação do ano quando o tempo, invariavelmente, permanecia seco. Os trovões e chuva, nessa ocasião, eram um milagre evidente de Deus, que confirmava as palavras de Samuel. Bíblia Shedd.

20 sirvam o Senhor de todo o coração (NVI). Servir a Deus é uma forma voluntária de serviço, que resulta do amor. As pessoas fazem por amor aquilo que não fariam de outra forma. Samuel amava a Deus e seu serviço era como o de um servo que se agrada em estar com seu senhor. À medida que o povo testemunhava a proximidade entre Samuel e o Senhor, a observação tendia a criar o mesmo desejo em seu coração. CBASD , vol. 2, p. 539.

21 coisas vãs. Descrição comum dos ídolos, que não passam de objetos mortos. Bíblia de Estudo Andrews.

22 não desamparará o Seu povo. Com ou sem rei, o Senhor cuidará do Seu povo. Bíblia Shedd.

Olhamos o visível e esquecemos o invisível; esquecemos que o Cristo invisível está pronto para socorrer-nos, preparado para salvar-nos totalmente. Foi crendo assim que o apóstolo encontrou paz e firmeza permanentes (ver 2Co 1.10). Comentário Bíblico Devocional – Velho Testamento, F. B. Meyer.

23 longe de mim que eu peque… deixando de orar. Aterrorizados pelos trovões e pela chuva, fenômenos que se constituíam no endosso divino à fé de Samuel, o povo pediu ao profeta que continuasse em oração; e o idoso vidente assegurou-lhes que estaria pecando grandemente se parasse de orar por eles. Deixar de orar não é apenas uma evidência de uma natureza enfatuada e desmoralizada, mas é, em si mesmo, um pecado que requer confissão e purificação. Comentário Bíblico Devocional – Velho Testamento, F. B. Meyer.

lhes ensinarei o caminho que é bom e direito (NVI). A instrução de Deus (Torah), ensinada pelos sacerdotes e profetas, é o caminho reto que os israelitas deveriam trilhar diante de Deus. Bíblia de Estudo Andrews.

Samuel não está se aposentando do seu papel de profeta quando apresenta ao povo o rei. Continuará a interceder pelo povo (cf v. 19; 7.8, 9) e os instruirá nas suas obrigações segundo a aliança (v. Dt 6.18; 12.28). Bíblia de Estudo NVI Vida.

Samuel garantiu ao povo que não guardava rancor por causa da escolha feita e que dedicaria sua vida a instruí-lo ainda mais nos caminhos do Senhor. Embora não tivesse mais responsabilidade pelo governo, sendo que um rei fora nomeado, ainda seria o representante do Senhor na função de profeta. Samuel pressentia os perigos do futuro. Sabia que seria impossível ao ser humano fazer o que é certo sem a orientação do Espírito de Deus. Começou a se dar conta de que seu fardo de profeta provavelmente seria ainda mais pesado do que antes. Contudo, tinha a certeza de que ninguém podia apontar o dedo para ele com repreensão, declarando que não permanecera ao lado de Israel em todas as vicissitudes. Ele fora leal à nação como juiz. E, mesmo que os israelitas o tivessem demovido de seu posto, Samuel provou que seu amor por eles não havia mudado, assim como o de Deus. CBASD , vol. 2, p. 539, 540.

25 vocês e o seu rei serão destruídos (NVI). Se a nação persistir no tipo de conduta que viola a aliança, trará sobre si destruição. Bíblia de Estudo NVI Vida.



I SAMUEL 11 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS
16 de junho de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

814 palavras

1  O amonita Naás avançou contra a cidade de Jabes-Gileade. No texto grego (LXX), lemos: “Passado um mês, subiu Naás…”. Bíblia Shedd.

Jabes-Gileade. Essa cidade fora o lar das 400 virgens cujos pais foram mortos por não participar da guerra civil contra Benjamim. A mão delas foi dada aos remanescentes dos benjamitas após a destruição quase total da tribo (Jz 21:8-14). CBASD, vol. 2, p. 532.

vazados os olhos direitos. Josefo explica: “Enquanto se cobria o olho esquerdo com o escudo, o olho direito mirava a direção da lança”. Sem o olho direito o guerreiro seria inútil. Bíblia Shedd.

enviemos mensageiros. Parece que, desde que Israel sofrera uma dominação amonita, Jabes havia perdido contato até mesmo com as tribos mais próximas, como Issacar, Efraim e Benjamim. … Seria possível que os habitantes de Jabes-Gileade guardassem rancor das outras tribos havia tanto tempo que não sabiam que Samuel era juiz? Ao que parece, eles não sabiam da nomeação de Saul. Eles nem tinham certeza de que as tribos responderiam à sua súplica. Em total desespero, praticamente reconheceram suas falhas e se colocaram à mercê dos compatriotas israelitas, a quem haviam negligenciado no passado. CBASD, vol. 2, p. 533.

Por que Naás daria à cidade de jabes-Gileade sete dias para encontrar um exército que ao ajudasse? Tendo em vista que a nação de Israel estava desorganizada, Naás estava apostando que ninguém viria em auxílio da cidade. Ele esperava tomar a cidade sem luta e evitar uma batalha. Ele também poderia não estar preparado para atacar a cidade, porque um cerco contra seus muros poderia durar semanas ou meses. Life Application Study Bible Kingsway.

5 O acontecimento e o rei precisavam um do outro. … Essa experiência assegura a cada crente que ele só é colocado em situações para as quais o Senhor já tem tudo preparado para o apoiar. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 2, p. 533.

6 A ira é uma emoção poderosa. Muitas vezes ela leva pessoas a machcarem outras com palavras ou violência física. Mas ira dirigida contra o pecado ou contra o mau tratamento de alguém não é errado. Saul irou-se com a ameaça dos amonitas de humilhar e maltratar seus companheiros israelitas. O Espírito Santo usou a ira de Saul para trazer justiça e liberdade. Quando a injustiça ou o pecado fizerem você muito irritado, pergunte a Deus como canalizar esta ira  de modos construtivos para produzir uma mudança positiva. Life Application Study Bible Kingsway.

cortou-os em pedaços. A ação de Saul toscamente forma um paralelo com a do levita em Jz 19. Bíblia de Genebra.

7,8 Foi uma resposta pronta do povo, una e resoluta. Um exército pronto em uma semana. Bíblia Shedd.

Judá, uma das doze tribos de Israel, é frequentemente mencionada separada das outras 11. Existem várias razões para isso: Judá era a maior tribo (Nm 1:20-46), e era a tribo de onde viria a maioria dos reis de Israel (Gn 49:8-12). Mais tarde, Judá seria uma das poucas tribos a retornar a Deus após quase um século de cativeiro abaixo de um poder estrangeiro hostil [Babilônia]. Judá também seria a tribo da qual o Messias viria (Mq 5:2). Life Application Study Bible Kingsway.

11 Saul não parou para perguntar por que os anciãos de Jabes não haviam se apresentado a Samuel quando o novo rei seria escolhido. Não quis saber do passado, a despeito de qual fosse. Aquelas pessoas estavam em necessidade; o Espírito de Deus se apossou de Saul e o constrangeu a ajudá-los. Deus está muito mais interessado na atitude do ser humano depois do erro do que no erro em si. CBASD, vol. 2, p. 534.

pela vigília da manhã. Entre 2h e 6h da madrugada, aproveitando a escuridão como escudo. Bíblia de Genebra.

13 Hoje, ninguém será morto. Saul interrompe uma pergunta dirigida a Samuel com uma confissão que denota o ponto alto da sua própria vida. Bíblia de Genebra.

o SENHOR salvou. O crédito é dado ao grande Libertador. Bíblia de Estudo Andrews.

14 Gilgal. Era a cidade onde começou o regime teocrático de Israel (Js 5.5-15); agora, na mesma cidade, começa o regime monárquico. Bíblia Shedd.

15 Saul foi eleito em Mispa (10.17) e empossado em Gilgal, com 31 anos de idade (ver 13.1). De acordo com o costume da época, um rei se empossava definitivamente no cargo depois de ter realizado um feito heroico. O feito se deu e Saul, agora, estava confirmado no trono. Bíblia Shedd.

Ao estabelecer a sucessão governamental por hereditariedade, Israel estava abrindo as portas para muitos problemas e perigos que não enfrentavam sob o governo dos juízes. CBASD, vol. 2, p. 535.

Os israelitas ofereceram sacrifícios de gratidão a Deus ao fazerem Saul seu rei. … As ofertas de gratidão eram uma expressão de agradecimento a Deus, simbolizando a paz que vem áqueles que O conhecem e que vivem de acordo com Sua vontade. …o povo demonstrou através de suas ofertas que Ele ainda era o seu verdadeiro Rei. Infelizmente, esta atitude não durou, exatamente como Deus havia predito (8:7-19). Life Application Study Bible Kingsway.




%d blogueiros gostam disto: