Reavivados por Sua Palavra


2 Reis 18 – Comentário Rosana Barros by Jeferson Quimelli
6 de junho de 2016, 0:30
Filed under: Sem categoria

#rpSp #2Reis18

“Fez ele o que era reto perante o SENHOR, segundo tudo o que fizera Davi, seu pai” (v. 3).

O rei Ezequias foi o primeiro rei de Judá cuja fidelidade foi comparada a de Davi. O que os seus antecessores não fizeram, fez Ezequias: “Removeu os altos, quebrou as colunas e deitou abaixo o poste-ídolo” (v. 4); removendo do meio de Judá tudo aquilo que fosse abominável ao SENHOR. Mas a sua fidelidade, destacada nas Escrituras, foi fruto de que? Ezequias “confiou no SENHOR” de forma que não houve nem antes e nem depois dele, rei semelhante em Judá (v. 5). Ele “se apegou ao SENHOR” seguindo Seus passos e observando os Seus mandamentos (v. 6). Então, para onde quer que fosse Deus o acompanhava e o fazia lograr bom êxito (v. 7).
Confiança e entrega. Esses dois ingredientes são fundamentais para uma vida cristã vitoriosa. Ezequias confiou e se apegou.
Geralmente confiamos nas pessoas que sabemos que nos amam. Mas precisamos em nosso dia a dia depositar certo grau de confiança até em pessoas que não conhecemos. E em Deus? Confiamos? Uma coisa é certa: não existe alguém que nos ame mais do que ele! E da confiança na operação divina dependem todas as coisas, inclusive, e, principalmente, a salvação. Porém, apegar-se a alguém é diferente. Aquela pessoa torna-se seu confidente, com quem pode contar nas boas e nas más horas; que sempre estará ao seu lado.
Nas primeiras horas de cada manhã, Deus Se apresenta a cada ser humano e aguarda pacientemente pelo convite de fazer morada no coração e de conduzi-lo pelo caminho da verdade.
Quando confiamos, nos apegamos. Portanto, apegar-se é resultado da confiança.
E a pergunta feita pelo rei da Assíria ao povo de Judá por intermédio de Rabsaqué foi desafiadora: “Que confiança é essa em que te estribas?” (v. 19). Em outras palavras: Que confiança é essa em que você se apega? A fé de Ezequias e do povo foi provada através de palavras de desânimo e maldição. E o ASSIM DIZ O SENHOR foi desafiado pelo “Assim diz o rei” (v. 29).
“Calou-se, porém, o povo” (v. 36), obedecendo às ordens do rei Ezequias.
Todo cristão é desafiado a cada dia com a mesma pergunta: Que confiança é essa em que você se apega? E se essa confiança não gerar o apego ao SENHOR, a entrega completa do coração, não se trata de confiança, mas de presunção.
Afirmamos com muita segurança confiar em Deus, contudo, nas oportunidades de provar a teoria, a prática falha.
Nem sempre falar é a melhor solução. Bater de frente com quem testa a nossa fé pode ser a resposta da nossa falta de confiança no agir de Deus. Calar-se diante da afronta é sábio: “o homem prudente, este se cala” (Provérbios 11:12) e é cristão: “e, como ovelha muda perante os Seus tosquiadores, Ele não abriu a boca” (Isaías 53:7).
Apenas falar não faz de nós retos perante o SENHOR. O nosso desafio diário é viver em conformidade com Aquele em quem dizemos confiar.
Somos cartas de Cristo para o mundo (2 Coríntios 3:2-3) e nossa vida deve ser uma linguagem entendida por todos. Porque o mal que nos cerca e tenta nos abalar sabe bem qual o idioma do nosso coração (v. 26). E ele vem para trazer os dejetos do pecado (v. 27) e nos fazer acreditar numa falsa paz (v. 31); ou até mesmo que o SENHOR aprova a desgraça (v. 25).
Ao nos questionarem a respeito de nossa confiança, que nossa resposta seja: —Eu confio no SENHOR dos Exércitos!
De palavra e de fato!
Ezequias foi um líder que conduzia o Seu povo a seguir-lhe os passos da fé. Que tipo de liderança estamos exercendo sobre nossos semelhantes? Muitos estão como o povo que estava sobre os muros (v. 26), ouvindo palavras desencorajadoras e sem saber para que lado seguir. A oferta de Senaqueribe era tentadora (v. 31-32), assim como é a oferta do pecado. E, em cima do muro, não sabem para onde ir e nem em quem confiar. Se Ezequias não tivesse demonstrado com sua vida (v. 5-7) que valia a pena confiar em Deus e manter um relacionamento íntimo com Ele, o povo não teria escolhido seguir suas ordens (v. 36).
Ezequias foi um exército de um só homem em defesa de sua confiança no SENHOR dos Exércitos!
Que a sua vida seja uma resposta diária de confiança e de intimidade com Deus!
Confie e se apegue a Deus e Ele fará de você um instrumento incomparável (v. 5) em Sua obra!
Bom dia, apegados ao SENHOR!

*Leiam #2Reis 18

Rosana Garcia Barros


1 Comentário so far
Deixe um comentário

muito profundo

Comentário por edeelson




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: