Reavivados por Sua Palavra


Heresias sobre natureza de Cristo foram abordadas na primeira carta de João by jquimelli
21 de junho de 2015, 20:16
Filed under: Bíblia, heresias | Tags: , ,

20 de junho de 2015

Heresias sobre natureza de Cristo foram abordadas na primeira carta de João

Éfeso foi uma das regiões em que trabalhou intensamente o apóstolo João

Éfeso foi uma das regiões em que trabalhou intensamente o apóstolo João

Brasília, DF … [ASN] A primeira carta do apóstolo João, escrita provavelmente entre os anos 90 e 95 d.C, foi endereçada a um grupo de cristãos com quem o famoso seguidor de Cristo possuía uma certa familiaridade. Hoje milhões de pessoas iniciarão a leitura desse livro bíblico dentro do projeto Reavivados por Sua Palavra.

Na primeira carta de João, segundo o Comentário Bíblico Adventista, “o objetivo principal é pastoral. João escreve com amor a seus filhos espirituais para que possam estar preparados para viver a vida cristã. O amor é a nota dominante da epístola”.

Os estudiosos acreditam que a igreja cristã, no período da mensagem dada por João, sofria os abalos de heresias ensinadas por falsos mestres dentro do próprio grupo de fieis. Uma dessas heresias enfrentadas pela liderança cristã da época eram duas principais formas de gnosticismo: o docetismo e o cerintianismo. Ambas ensinavam um conhecimento sem Deus e questionavam a natureza de Cristo. De acordo com o Comentário Bíblico Adventista, “o docetismo negava a realidade da encarnação de Jesus e dizia que Cristo tinha um corpo humano apenas na aparência. A segunda heresia se originou em Cerinto, um dos contemporâneos de João, que, após estudar no Egito, ensinou na Ásia Menor e propagou os ensinamentos judaizantes. Ele defendia que Jesus era o filho natural de José e Maria e que Cristo entrou no corpo de Jesus em Seu batismo e Se retirou dele antes da crucifixão”. [Equipe ASN, da redação]

http://noticias.adventistas.org/pt/noticia/biblia/heresias-sobre-natureza-de-cristo-foram-abordadas-na-primeira-carta-de-joao/



I João 2 by jquimelli
21 de junho de 2015, 1:00
Filed under: amor, Jesus, pecado, relacionamento, religião viva, santificação | Tags: ,

Comentário devocional:

O segundo capítulo de 1 João apresenta mais algumas reivindicações dos mentirosos do capítulo 1 que se julgavam “sem pecado”, causando problemas na igreja.

Mas antes dele apresentar essas reivindicações João nos concede um pouco mais de evangelho puro; algumas das melhores porções do Novo Testamento. “Meus  filhinhos”, ele pastoralmente observa: “escrevo-lhes estas coisas para que vocês não pequem. Se, porém, alguém pecar, temos um intercessor junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo; Ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos pecados de todo o mundo”(vs. 1, 2 NVI). As declarações dos evangelhos não conseguem ser muito melhores do que isso.

Mas João precisa voltar a falar a respeito dos mentirosos “sem pecado”. O capítulo 2 denuncia mais duas mentiras aos problemas dos “santos”. Em primeiro lugar, eles afirmam estar na luz, mas não estão realmente andando nos mandamentos de Deus. Aqui o apóstolo está lidando com algo mais grave do que quebrar os Dez Mandamentos. Ele coloca o dedo no problema central nos versos 7-17. No versículo 9, João chega ao coração do problema: “Quem afirma estar na luz, mas odeia seu irmão, continua nas trevas” (NVI). Um dos fatos tristes da história da igreja é que há muitos que pensam que podem amar a Deus sem amar aos seus semelhantes.

A segunda metade de João 2 lida com uma mentira ligada à Trindade. Eles negavam que Jesus era o Cristo divino e, portanto, estavam também negando o Pai (vs. 22, 23).

Estes eram membros da igreja que davam trabalho. Mas mais uma vez o apóstolo tem uma solução ao estilo do evangelho: “Filhinhos, agora permaneçam nEle para que, quando Ele se manifestar, tenhamos confiança” (v. 28 NVI). João encerra o capítulo com o pensamento de que todo aquele que é verdadeiramente justo fará tudo “nEle” (vs. 28, 29).

Aquele que permanecer no divino Cristo não só encontrará perdão (1Jo 1:9), mas também andará na luz dos mandamentos de Deus (vs. 3-6), especialmente o mandamento de amar os irmãos e irmãs (v. 9). De fato,  permanecer nEle irá transformar nossas vidas em todos os sentidos.

George R. Knight
Estados Unidos

Texto original: http://revivedbyhisword.org/en/bible/1jn/2/
Traduzido por JAQ/JDS/IB
Texto bíblico: I João 2 
Comentário em áudio 




%d blogueiros gostam disto: