Reavivados por Sua Palavra


Provérbios 31 by jquimelli
4 de fevereiro de 2014, 0:00
Filed under: virtude | Tags: ,

Comentário devocional

Este capítulo de Provérbios foi escrito pelo rei Lemuel, que nos repassa os conselhos de sua mãe acerca do que significa ser um bom filho e uma esposa virtuosa. A palavra virtuosa significa “moralmente excelente.” É interessante, porque é desta maneira que eu descrevo a minha esposa.

Quando estávamos na universidade, minha esposa participava de um trabalho social-evangelístico, fora do campus, ao qual também me engajei, onde dedicava o seu tempo a Cristo, ao serviço de pregar a unidade e a igualdade. O nome que ela deu para aquele trabalho foi “ministério virtude”. E ela realmente vivia o sentido daquele nome.

Nos meus primeiros anos de faculdade a ideia de casamento me amedrontava. Alguns chamavam o casamento de “sentença de prisão perpétua”. Minha mãe conversava comigo a respeito dos privilégios e responsabilidades de um casamento e me aconselhava a casar com uma mulher virtuosa. Mesmo concordando com o que ela dizia, a ideia era simplesmente assustadora. Como poderia uma pessoa imperfeita como eu me casar com alguém virtuosa? Entender corretamente o conceito de casamento me era muito difícil, o que levou a me aventurar no que eu chamo de uma série de namoros instáveis.

Uma mulher virtuosa me atraía e me assustava ao mesmo tempo, porque sua moralidade desafiaria a minha questionável moralidade masculina. Mas em apenas sete semanas de casado (sim, somos recém-casados) minha mulher mudou esse conceito de três maneiras.

Ela me mostrou o seu valor. Os diamantes são jóias muito procuradas e até mesmo um pequeno fragmento pode valer uma fortuna. A capacidade da minha esposa de se manter firme, nas pequenas coisas e no que é correto, me mostrou seu valor como namorada e, depois, como esposa e mãe em potencial.

Ela era genuína em tudo que falava e fazia. No começo, quando ainda não estava interessada em mim, ela mostrou claramente isso. Ela não retornava minhas ligações, mensagens ou e-mails. A partir do momento em que se interessou em mim, ela mostrou isso ao convidar-me para caminhadas nas horas de folga, enviando mensagens e indo até o café do campus onde eu trabalhava.

Ela ansiava pelo favor de Deus. Ela foi e ainda é uma mulher poderosa de oração. Ela amava a Deus e isso se podia ver no sorriso dela, no modo respeitoso de se vestir e de se relacionar com as pessoas e na alegria que ela sentia ao frequentar assiduamente aos cultos da igreja. Isso me levou a me apaixonar por ela e valorizar muito o plano de Deus em criar a mulher como companheira do homem.

Querido Deus, obrigado porque, através dos conselhos sábios de uma mãe, demonstrastes a importância da mulher virtuosa, motivo de estabilidade e felicidade no lar. Que possamos, todos, também, buscar a virtude da retidão e pureza em nossas vidas. Amém.

Elroy Byam

Hope Channel , EUA

 

https://www.facebook.com/ReavivadosPorSuaPalavra

Texto original: http://revivedbyhisword.org/en/bible/pro/31/

Traduzido por JAQ/GASQ/JDS

Texto bíblico: Provérbios 31 




%d blogueiros gostam disto: