Reavivados por Sua Palavra


Gálatas 5 – Comentários Selecionados by tatianawernenburg
17 de abril de 2015, 0:00
Filed under: Cartas de Paulo | Tags: , , , , ,

Desculpem a demora pelos comentários, essa semana foi atribulada. Bom sábado a todos e que Deus os abençoe em seus estudos.

1 Não vos submetais. Ou, “não sejais seduzidos”. Os gálatas tinham saído da escravidão aos ídolos quando receberam o evangelho de Paulo. Porém, aceitar os princípios do judaísmo seria retornar a um estado semelhante de escravidão. Isso significava praticamente renunciar por completo a Cristo. Negar ou abandonar a verdade deixa a pessoa vulnerável ao erro e ao pecado. É pecado não fazer o que sabemos ser correto (Tg 4:17). Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 6, p. 1079.

 
2 Nada vos aproveitará. As promessas de Deus pertencem somente aos que as aceitam pela fé, e não aos que se propõem a conquistá-las pelos próprios méritos. As boas obras humanas são sem valor no banco do Céu (Is 64:6). CBASD, vol. 6, p. 1080.

6 A fé que atua. Fé tem obras, mas estas não são as “obras da lei” (Gl 2:16). Assim, excluem-se todas as “obras” realizadas com o propósito de obter justiça. As “obras” que acompanham a fé genuína são inspiradas pelo espírito de gratidão pelo dom da graça divina, pelo amor a Deus e ao próximo (Mt 22:34-40). Tiago fala de obras como essas quando declara que “a fé sem obras é morta” (Tg 2:26). Neste ponto, concordam os ensinamentos de Paulo e de Tiago. Os dois não estão em conflito, como alguns apressadamente concluem. A fé que não produz o “fruto do Espírito” na vida é falsa. A suposta fé que leva a pessoa a se considerar eximida de obedecer à vontade de Deus tal como se expressa no decálogo, que é simplesmente uma breve descrição de como se deve demonstrar o amor a Deus e ao ser humano, é uma falsificação. CBASD, vol. 6, p. 1082.

9 Fermento. A influência dos judaizantes havia começado de forma aparentemente restrita, porém, alcançou proporções surpreendentes. Quando Paulo cita esse provérbio em sua epístola aos Coríntios (ICo 5:6), refere-se ao exemplo contagioso de alguns membros cuja conduta Paulo se sentia compelido a repreender. Se o movimento na Galácia continuasse, com o tempo, toda a igreja cristã teria voltado à prática dos ritos e cerimônias do judaísmo. CBASD, vol. 6, p. 1083.

17 Contra o Espírito. A guerra aparentemente interminável continua, ou seja, a luta entre a inclinação para fazer o bem e a inclinação para fazer o mal. Quando Paulo analisou esse conflito em sua experiência passada, ele viu que a vitória só é possível por intermédio de Jesus Cristo. CBASD, vol. 6, p. 1086.

18 Não estais sob a lei. Paulo adverte aos gálatas que o Espírito Santo nunca leva as pessoas a buscar a salvação mediante a conformidade com os requisitos do sistema ritual judaico, ou por qualquer sistema de justiça legal. Por outro lado, os que se submetem a uma religião legalista estão em guerra com o Espírito Santo (ver com. de GI 2:16). CBASD, vol. 6, p. 1086.

24 Crucificaram a carne. Ou seja, renunciaram completa e irrevogavelmente a cada tendência natural que não estava em harmonia com a vontade de Deus. CBASD, vol. 6, p. 1088.

26 Possuir de vanglória. Ou, “vaidade”, “egoísmo”. Os cristãos não devem se orgulhar nem mesmo em seu coração de suas realizações espirituais, mas humildemente considerar os outros superiores a si mesmos (Fp 2:3). CBASD, vol. 6, p. 1088.

Provocando uns aos outros. Nada pode ser mais ofensivo aos outros do que a presunção de que somos mais virtuosos ou superiores do que eles. CBASD, vol. 6, p. 1088.



Marcos 8 – Comentários selecionados: by jquimelli
7 de dezembro de 2014, 0:00
Filed under: Israel | Tags:

2 três dias. A importância do ensino do Mestre foi reconhecido pelo povo. Bíblia Shedd.

11 sinal do céu. Como Elias demonstrou no monte Carmelo (1Rs 18.20-40). Bíblia Shedd.

12 suspirando profundamente (ARC). Um detalhe mencionado apenas por Marcos. Jesus estava decepcionado com a lentidão do povo para compreender a verdade espiritual. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 5, p. 687.

15 fermento. Os judeus, seguindo o mandamento de Deus (Êx 13.7), evitam o uso de toda levedura na semana imediatamente após a Páscoa. Bíblia Shedd.

fermento de Herodes. Ou seja, a má influência de Herodes, particularmente seu mundanismo e caráter irresoluto. CBASD, vol. 5, p. 687.

27 Com a confissão de Pedro começa a segunda metade de Marcos. Não mais Jesus dirige ensinamentos para as multidões, mas aos discípulos. Começam a ser dados avisos referentes a Sua morte, como também à ressurreição. Bíblia Shedd.

33. coisas de Deus. A frase significa “adotar o lado de Deus”, “comprometer-se com a causa de Deus”. Só Deus compreende realmente a profundidade do problema do pecado, como também a única solução. Bíblia Shedd.

34 negue-se a si mesmo. Impedir que o eu seja o centro da sua vida e dos seus atos. Bíblia de Estudo NVI Vida.

36 alma. Uma metáfora para a vida eterna … Jesus desafia os discípulos que pretendem segui-Lo a não ter como foco a vida presente e o sofrimento que vem com ela. Perder esta vida não é nada comparado à perda da vida eterna. Andrews Study Bible.



Mateus 13 by jquimelli
14 de novembro de 2014, 0:30
Filed under: parábolas, Reino de Deus, testemunho | Tags: , , ,

Comentário devocional:

Mais uma vez vemos Jesus ensinando as multidões acerca do Reino dos Céus. Quando leio este capítulo eu vejo dois princípios em ação: o primeiro é que tudo começa a partir do relacionamento com o Salvador. O segundo é que devemos estar abertos à liderança do Espírito Santo.

Este capítulo mostra Jesus falando com as pessoas e usando parábolas. Essas histórias produzem um grande efeito sobre aqueles que estão abertos aos ensinamentos do Messias. A história que Jesus conta no início de Mateus 13 é sobre um fazendeiro que está a plantar sementes em um campo. Os discípulos ficam confusos e Jesus os incentiva a permitir que o Espírito de Deus lhes aguce os ouvidos. Ele diz que para abram seus corações para o significado mais profundo nas histórias.

Como podemos tornar-nos preparados para receber a semente? É ouvindo a Jesus e abrindo nossos corações e mentes para o Espírito Santo. Em seguida, como é que vamos melhorar a qualidade do solo? É cultivando meu relacionamento com Jesus e seguindo a orientação do Espírito Santo. O solo saudável produzirá uma colheita saudável.

Se temos uma visão errada do amor de Deus, produziremos uma colheita ruim ou nenhuma colheita. As pessoas com que entrarmos em contato receberão uma falsa compreensão de quem é Deus, quando nós mesmos estivermos fechados à orientação do Espírito Santo.

Há uma canção escrita por Kathleen Harris que explica isso muito bem: 

“Se não for através de você, eu me pergunto, onde é que eles encontrarão Aquele que realmente se importa conosco?
Se não for através de você, como eles encontrarão Aquele que cura o coração quebrado e dá vista aos cegos? 
Se não for através de você, eu me pergunto, quem irá lhes mostrar amor; e só o amor pode tornar as coisas novas. 
Se não for através de você, como eles aprenderão que existe Alguém que pode transformar o desespero deles em alegria? 
Porque você é o único através de quem alguns verão a Jesus, você é o único através de quem alguns lerão a Palavra da Vida. 
Então deixe que eles vejam em você Aquele que é tudo que eles realmente precisam. Você é o único através de quem alguns verão a Jesus.”

Mais à frente no capítulo encontramos outras parábolas que nos fornecem vislumbres do Reino dos Céus:
A parábola do fermento nos mostra que Deus quer Se fazer presente em cada parte de nossas vidas. Completa confiança nEle é essencial para a caminhada cristã. 
As parábolas do tesouro escondido e da pérola nos mostram que Deus quer ser o primeiro em nossas vidas. Não deve haver nada nem ninguém maior que Deus.
A beleza de confiar e dar tudo a Deus pode ser vista na seguinte promessa: “Deleita-te também no SENHOR; e Ele te concederá os desejos do teu coração.” Salmo 37:4 (NVI).

Mantenhamos um íntimo relacionamento com Jesus e aceitemos a direção do Espírito Santo em cada detalhe do nosso viver e  no dia da recompensa final veremos que Ele terá para nós o que realmente gostaríamos de possuir: um caráter semelhante a Jesus e a vida eterna.

Joey Norwood Tolbert
Cantora e compositora cristã



Texto original: http://revivedbyhisword.org/en/bible/mat/13/

Traduzido por JAQ/JDS

Texto bíblico: Mateus 13

Comentário em áudio 




%d blogueiros gostam disto: