Reavivados por Sua Palavra


JOSUÉ 17 – ACESSE AQUI O POST DESEJADO by Jeferson Quimelli
5 de agosto de 2022, 1:00
Filed under: Sem categoria

TEXTO BÍBLICO JOSUÉ 17 – Primeiro leia a Bíblia

JOSUÉ 17 – COMENTÁRIO BLOG MUNDIAL

JOSUÉ 17 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS

COM. TEXTO – ROSANA GARCIA BARROS

COM. TEXTO – PR HEBER TOTH ARMÍ

Acesse os comentários em vídeo em nosso canal no Youtube (pastores Adolfo, Valdeci, Weverton, Ronaldo e Michelson)



JOSUÉ 17 by Luís Uehara
5 de agosto de 2022, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://www.bibliaonline.com.br/nvi/js/17

Josué 17 continua a descrição da divisão da terra de Canaã entre todas as tribos de Israel. Este capítulo se concentra no território atribuído à tribo de Manassés, localizado nas montanhas da Palestina, a meio caminho entre o Mar Morto, ao sul, e o Mar da Galiléia, ao norte. O que é de particular interesse neste capítulo é a atribuição de terras às filhas de Zelofeade (17: 3-6). A história refere-se a Números 27:1-7, onde as filhas, que perderam o pai no deserto, pedem a Moisés que lhes atribua também um pedaço de terra quando a conquista de Canaã fosse concluída.

Sendo uma sociedade patriarcal, a distribuição de terras e a herança eram concedidas apenas de pai para filho. O que você faria neste sistema se um pai morresse tendo apenas cinco filhas? Geralmente, essas filhas se tornariam dependentes da boa vontade de um tio que cuidaria delas. Mas neste caso as filhas são proativas e imploram a Moisés por sua própria herança em favor de seu pai. Quando Moisés concorda com o pedido delas, é quebrado um forte costume social patriarcal. Sem perceber, Moisés coloca em prática um processo de herança que a maioria das sociedades segue ainda hoje (leia sobre isso em Nm 27:8-11).

Somos gratos pela iniciativa e coragem dessas cinco filhas que expressaram seu pedido. Se eles não tivessem feito isso, quem sabe como as leis da herança funcionariam hoje?

Denis Fortin
Universidade Andrews
Seminário Teológico Adventista do Sétimo Dia

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/jos/17
Tradução: Pr. Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli/Luis Uehara



JOSUÉ 17 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
5 de agosto de 2022, 0:50
Filed under: Sem categoria

926 palavras

1 Também caiu a sorte. Jacó preferira Efraim a Manassés (Gn 48:17-20), embora este fosse o primogênito. Nesta ocasião, Efraim foi honrado ao receber primeiro a descrição de sua herança. No entanto, Manassés era o primogênito e devia receber a “dobrada porção”(Dt 21:17) que lhe correspondia. Este capítulo trata principalmente do território destinado a Manassés a oeste do Jordão, mas se refere também à porção que a tribo tinha recebido a leste do rio. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 2, p. 261.

Basã. Moisés e Josué reconheceram a habilidade dessa família na guerra e sentiram o desejo de confiar a ela a defesa … de Basã, que fazia fronteira ao território de Israel. CBASD, vol. 2, p. 261.

Os mais filhos. baseando-se numa comparação com 1 Crônicas 7:14-19, parece mais razoável que estes seis nomes correspondam a famílias importantes, não necessariamente a seis irmãos. CBASD, vol. 2, p. 261.

Zelofeade. Héfer, um dos seis filhos de Gileade [um dos filhos de Manassés] … teve um filho, Zelofeade, que morreu no deserto sem gerar filhos. No entanto, teve cinco filhas (Nm 26:33, 34; 27:1-5). Essas jovens precisaram defender a própria causa perante Moisés, a fim de receber a herança e preservar o nome do pai. A decisão pronunciada por Moisés sob orientação divina era de que as mulheres deviam herdar a parte do pai, com a condição de que se casassem com homens da própria tribo, para manter a propriedade em posse da mesma. As irmãs se casaram com primos, cumprindo assim a ordem (Nm 27:6-11; 36:10-12). Este episódio demonstrou mais respeito pelos direitos das mulheres do que o comum naquela época. Estabeleceu o princípio de que a mulher não era mera propriedade, sem direitos próprios. Onde quer que os princípios do Deus verdadeiro são estabelecidos, a mulher é dignificada. CBASD, vol. 2, p. 262.

Desde Ser até Micmetate. A fronteira sul de Manassés, que fazia limite com Efraim, é descrita primeiramente. CBASD, vol. 2, p. 262.

Ao sul do ribeiro. A palavra usar par “ribeiro” aqui é a que significa “torrente de inverno”. … É provável que se trate do ribeiro que desemboca no Mediterrâneo, ao norte de Jope. CBASD, vol. 2, p. 262.

11 Bete-Seã. Literalmente, “casa de descanso”. Foi uma cidade da tribo de Issacar destinada a Manassés. Ficava num lugar estratégico, na conjunção de dois vales importantes para Israel: o profundo vale do Jordão e o de Jezreel. É possível que, uma vez que Manassés era uma tribo guerreira e hábil defensora de Israel, tenha sido considerado sábio permitir que os membros dessa tribo ocupassem a fortaleza e residissem nela. Nos tempos do NT, Bete-Seã era uma das maiores cidades de Decápolis, chamada de Citópolis. Para os árabes modernos, é conhecida como Tell el Hutsn, perto da moderna Beisan (Bete-Seã), que perpetua o antigo nome. CBASD, vol. 2, p. 262, 263.

En-Dor. Esta cidade ficava ao norte do monte Moré, seis quilômetros ao sul do monte Tabor e pouco mais de dez quilômetros a sudeste de Nazaré. A médium a quem Saul recorreu em desespero morava em En-Dor (1Sm 28). CBASD, vol. 2, p. 263.

13 Sujeitaram. A LXX diz: “tornaram-nos obedientes”. É provável que a cobiça os tenha levado a fazer tal concessão. Por dinheiro e poder se faz de tudo para aplacar a consciência. No entanto, dinheiro sem retidão não é capaz de enriquecer uma casa justa. Muitas pessoas serão condenadas ao juízo porque amaram mais as riquezas que a Deus. O Senhor deseja pessoas de fé e coragem que não se vendam nem se comprem, seja com dinheiro, poder ou honras. CBASD, vol. 2, p. 263.

14 Tão grande povo. Muitas pessoas reproduzem hoje a atitude dos filhos de José. Aqueles que tem uma opinião exaltada de si mesmos costumam pensar que sua grandeza deveria ser reconhecida por Deus e pelos homens; quando isso não acontece, creem que há algo de errado com o senhor ou com as pessoas. No caso em questão, já que os descendentes de José eram um povo grande devido às bençãos de Deus, deviam ter continuado a buscá-Lo em prol da continuidade das bênçãos, em vez de fazer um pedido injusto para quer Josué lhes desse uma porção maior. Sempre existe o perigo de que os abençoados por Deus atribuam a bênçãos a algum mérito próprio. Essa pode ser a razão para não receberem outros benefícios celestiais. Tendem a interpretar de modo errôneo esses favores e, embora com os lábios deem o crédito a Deus, em seu coração louvam a si mesmos. CBASD, vol. 2, p. 264.

15 Se és grande. Josué era sábio demais para questionar a presunção de efraimitas e manassitas. Na verdade, disse o seguinte a eles: “Se vocês são um povo tão grande graças às bênçãos de Deus, então Ele continuará a abençoá-los na conquista da terra. Vocês são bem capazes de cuidar de si mesmos. Dirijam-se para as vastas floresta da palestina central e tomem posse delas.” Fica claro, com base nessas declarações, que uma boa parte da Palestina central correspondia, naquela época, a uma vasta floresta com escassa população. CBASD, vol. 2, p. 264.

18 Expulsarás. Esta foi a ordem final para as tribos covardes. Ordem semelhante é dada aos que abrigam pecados acariciados. Nem um mal sequer deve ser tolerado. todo vício corruptor deve ser expulso do coração. Qualquer vestígio de tolerância ou transigência trará ruína certa. Com frequência, encaram-se os pecados assim como Israel viu os carros de ferro, os quais parecem impossíveis de se vencer. Então, tranquiliza-se a consciência, fazendo os pecados “pagarem tributo” e permitindo que permaneçam. O resultado final é  derrota certa. O medo e a falta de fé e coragem são aliados de Satanás; mas a ordem de Deus ressoa por todas as eras: “expulsarás”(ver também com. de Josué 16:10). CBASD, vol. 2, p. 264, 265.



Josué 17 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
5 de agosto de 2022, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Falou Josué à casa de José, a Efraim e a Manassés dizendo: Tu és povo numeroso e forte; não terás uma sorte apenas” (v.17).

Estudando o livro de Números, vimos que as tribos de Gade, de Rúben e da meia tribo de Manassés pediram herança dalém do Jordão, ou seja, não habitariam do outro lado do rio junto às demais tribos. Por isso que o capítulo se refere à herança da outra metade dos filhos de Manassés. Dentre esta metade que habitaria em Canaã, estavam as filhas de Zelofeade. Zelofeade só teve filhas e estas pediram ao Senhor para ter parte na herança. Deus considerou o pedido como sendo justo e na divisão das terras elas foram recompensadas, como prometido (v.3-6).

A Bíblia diz que “os filhos de Manassés não puderam expulsar os habitantes daquelas cidades” (v.12). Então, foram até Josué e tentaram persuadi-lo a dar para eles uma herança maior, alegando ser “tão grande povo” (v.14). Mas Josué, dirigido pelo Senhor, respondeu deixando-os sem argumentos: “Se és grande povo, sobe ao bosque e abre ali clareira na terra” (v.15). Ou seja, se vocês realmente são um povo tão numeroso, porque não estão usufruindo de todo o espaço que Deus lhes deu? E no segundo argumento dos filhos de José encontramos a resposta para a sua insatisfação: “e todos os cananeus que habitam na terra do vale têm carros de ferro” (v.16).

A principal questão não estava no fato de serem um grande povo numa terra pequena, mas um grande povo de pequena fé. Eles temeram os carros de ferro dos cananeus e provavelmente concluíram: Se pedirmos a Josué mais terras não precisaremos ter o trabalho de abrir densas florestas e nem de expulsar os cananeus de nossas possessões. Possuíam uma região na qual não enxergavam a bênção, mas uma densa vegetação. Quantas vezes o Senhor coloca a bênção diante de nós e só conseguimos enxergar um bosque sombrio. Parece que tudo está fechado à nossa frente, que não há saída.

Josué creu no Senhor, e foi isso que ele buscou transmitir aos filhos de José. Deus foi bem claro quando disse que precisavam expulsar os moradores da região, ou estes lhes seriam motivo de constante insegurança. O que anda, hoje, nos deixando inseguros? O desejo de Deus de conduzir as tribos de José, é o mesmo que tem em nos conduzir, hoje. Basta confiarmos e pedirmos por Seu auxílio: “Dá ouvidos, ó pastor de Israel, tu que conduzes a José como um rebanho” (Sl.80:1).

Não existe bosque denso demais que o Senhor não possa nos abrir caminho, e nem inimigos fortes demais que não possa derrotar. Mas temos uma parte ativa a desempenhar na conquista da herança: enxergar além do bosque e eliminar o mal de nossa vida. Existe um bosque fechado diante de você? “Não temas, ó vermezinho de Jacó, povozinho de Israel; Eu te ajudo, diz o Senhor, e o teu Redentor é o Santo de Israel” (Is.41:14). Existem “cananeus” que lhe causam medo? “Eu contenderei com os que contendem contigo e salvarei os teus filhos”, diz o Senhor (Is.49:25).

Oh! Provai e vede que o Senhor é bom; bem-aventurado o homem que nEle Se refugia” (Sl.34:8). Vigiemos e oremos!

Bom dia, povo forte do Senhor!

Rosana Garcia Barros

#Josué17 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100



JOSUÉ 17 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Jeferson Quimelli
5 de agosto de 2022, 0:40
Filed under: Sem categoria

JOSUÉ 17 – Há grandes prejuízos em não seguir os justos juízos divinos. Não há nada melhor que fazer aquilo que Deus sabe ser melhor.

Precisamos aprender com três erros crassos cometidos por Josué durante a conquista de Canaã:
• Não consultou ao Senhor sobre certo acordo sendo terrivelmente enganado (Josué 9:14-17).
• Não destruiu as bases dos filisteus, inimigos do povo de Deus (Josué 13:2-3).
• Tolerou a permanência dos Jebuseus em Jerusalém (Josué 14:63).

Esses erros impediram Israel de avançar nas conquistas da terra. A entrada principal para o território de Judá ficou sob o controle dos Jebuseus, que ocupavam Jerusalém, isolando as tribos de Judá e Simeão das demais. O território dos gibeonitas ligado ao território dos Jebuseus dificultava o povo de Deus de avançar na direção proposta pelo Proprietário da Terra, que é Deus!

Às tribos dos filhos de José, Efraim e Manassés que desejavam mais terras, Josué apelou: “Vocês são numerosos e poderosos. Vocês não terão apenas um quinhão. Os montes cobertos de floresta serão de vocês. Limpem o terreno, e será de vocês, até os seus limites mais distantes. Embora os cananeus possuam carros de ferro e sejam fortes, vocês poderão expulsá-los” (Josué 17:17-18).

Os manassitas apenas submeteram os cananeus a trabalhos forçados (Josué 17:23). “Parar no meio do caminho atrapalha o plano de Deus (Js 23:13). O Senhor lhes assegurou que deviam expulsar da terra os que representavam uma armadilha para eles, e que lhes seriam como ‘ferrões nas costas’ (Nm 33:55, NTLH)… Com tantas vantagens, oportunidades e tantos privilégios, a nação judaica deixou de cumprir os planos divinos… Na obra que fazemos, devemos ter em mente as porções não trabalhadas da vinha do Senhor. Mas, hoje em dia, se destinam recursos e se proporcionam vantagens apenas a alguns locais. O Senhor deseja que os recursos e as vantagens sejam distribuídos de maneira mais equitativa. Ele deseja que seja feita provisão para muitos lugares que ainda não foram alcançados”, explica Ellen White (CBASD, v.2, p.1101-1102).

Precisamos ser ousados no campo missionário como as filhas de Zelofeade em relação a território (Josué 17:3-4). “Apegue-se… às promessas de Deus, dizendo: ‘Pedi, receberei’. Eu preciso que esta alma se converta a Jesus Cristo”, apela-nos Ellen White (MS, 244).

Como seria se orássemos mais assim? – Heber Toth Armí.



JOSUÉ 16 – ACESSE AQUI O POST DESEJADO by Jeferson Quimelli
4 de agosto de 2022, 1:00
Filed under: Sem categoria

TEXTO BÍBLICO JOSUÉ 16 – Primeiro leia a Bíblia

JOSUÉ 16 – COMENTÁRIO BLOG MUNDIAL

JOSUÉ 16 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS

COM. TEXTO – ROSANA GARCIA BARROS

COM. TEXTO – PR HEBER TOTH ARMÍ

Acesse os comentários em vídeo em nosso canal no Youtube (pastores Adolfo, Valdeci, Weverton, Ronaldo e Michelson)



JOSUÉ 16 by Luís Uehara
4 de agosto de 2022, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://www.bibliaonline.com.br/nvi/js/16

Josué concedeu Hebrom a Calebe, a cidade que tanto aterrorizara os espias por conta dos gigantes anaquins que ali viviam. Confiando no Senhor, o idoso, mas vigoroso Calebe, de 85 anos de idade, expulsou os anaquins e depois marchou contra Quiriate-Sefer. Otniel, seu sobrinho, tomou a cidade e reivindicou Acsa, a filha de Calebe como recompensa.

Infelizmente muitos outros em Israel não tiveram a mesma fé de Calebe. Os membros da tribo de Judá (judaítas) não conseguiram desalojar os jebuseus de Jerusalém, e 16:10 relata que os efraimitas não desalojaram os cananeus. “Ao permitirem os estrangeiros permanecerem no meio deles, os efraimitas se expuseram a um perigo espiritual. A história posterior da tribo mostra que ela caiu tão completamente na idolatria que Deus, por intermédio de um profeta, declarou: ‘Efraim está entregue aos ídolos: é deixá-lo’. (Os 4:17).” (CBASD, Vol. 2, p. 260). Nos capítulos que se seguem, lemos que os manassitas não foram capazes de ocupar algumas de suas cidades, porque os cananeus “estavam decididos a viver naquela região” (17:12 NVI), e os danitas tiveram muita dificuldade em tomar posse de seu território.

Se eles tivessem tido fé e se esforçado, o Senhor lhes teria dado a vitória como deu a Calebe. Deste modo foi preparado o caminho para a apostasia futura.

E a nossa fé? Permanecerá firme contra o mundo ao nosso redor?

Ralph Neall
Professor aposentado e missionário

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/jos/16
Tradução: Pr. Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli/Luis Uehara



JOSUÉ 16 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
4 de agosto de 2022, 0:50
Filed under: Sem categoria

740 palavras

Dois capítulos [16, 17] são dedicados às terras dadas à “casa de José” (Efraim e a meia tribo de Manassés que se estabeleceram a oeste do Jordão). Bíblia de Estudo NVI Vida.

1 Filhos de José. Apesar de José ser um dos 12 filhos de Jacó, ele não teve uma tribo com seu nome. Isto aconteceu porque José, como o filho mais velho de Raquel, recebeu uma “porção dobrada da herança”. Esta porção dobrada foi dada [à tribo dos] aos filhos de José, Efraim e Manassés, a quem Jacó considerava como seus filhos. Os maiores territórios e influência na porção mais a o norte de Israel pertenceu a estas tribos. Life Application Study Bible.

Em ordem de primazia, a tribo de Judá aparece em primeiro lugar e, em seguida, os filhos de José. [Ver 1Cr 5:2] … houve três etapas sucessivas na distribuição da terra de Canaã sob a liderança de Josué: primeira, o estabelecimento da tribo de Judá nas fortalezas do sul da Palestina; segunda, o estabelecimento de Efraim e Manassés no centro do país e em alguns lugares fortificados ao norte; terceira, a distribuição das tribos restantes, a fim de preencher os espaços deixados entre Judá e José, e também para estabelecê-los em volta dos territórios dos primeiros, para que ficassem como que à sombra das asas deles. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 2, p. 257.

As terras … de José. A fronteira sulina de Efraim passava desde Jericó até Betel em direção ao oeste e descia ao sul até Gezer e o litoral do Mediterrâneo. Bíblia de Estudo NVI Vida.

2 De Betel sai para Luz. Betel significa, literalmente, “casa de Deus” e recebeu esse nome porque Jacó teve ali a visão divina registrada em Gênesis 28. Pelo que se diz em Gênesis 28:19, parece que o lugar ficava perto de Luz … As duas ficavam tão próximas que provavelmente passaram a ser consideradas uma só cidade posteriormente (ver Js 18:13; Jz 1:23). CBASD, vol. 2, p. 258.

3 Terminando no mar, i. e., o Mediterrâneo. Bíblia Shedd.

5 fronteira. A fronteira norte de Efraim começava à beira do Jordão no sul e continuava para o oeste, perto de Siló, … ao sul de Siquém, e depois seguia o uádi [ribeiro intermitente que só existia na época das chuvas] Kanah em direção ao mar Mediterrâneo, Bíblia de Estudo NVI Vida.

6 Siló significa “repouso” (18.1). Foi ali que os israelitas armaram o tabernáculo, uma vez conquistada a terra. Bíblia Shedd.

8 Ribeiro de Caná. …a palavra “ribeiro” é usada para se referir a uma torrente de inverno [época de chuvas]. O nome foi denominado Caná, “lugar de juncos”, por conter grande quantidade dessa planta. A fronteira seguia este ribeiro até o mar. CBASD, vol. 2, p. 259.

Gezer era uma cidade relativamente importante. É mais uma cidade donde a influência pagã e a idolatria emanou para levar Israel ao abandono do Senhor. Bíblia Shedd.

10 Não expulsaram.A falha em não remover completamente o povo pagão e seus deuses da terra causaria muitos problemas à nação. O livro de Juízes registra muitas destas dificuldades. Life Application Study Bible.

Os efraimitas foram acusados de não expulsar os cananeus de Gezer. Em lugar de fazê-lo, exigiram-lhes o pagamento de tributos. É provável que a real motivação para isso tenha sido a cobiça, para que os efraimitas pudessem ser beneficiados pelos serviços deles. A cidade e seus habitantes só foram destruídos nos dias de Salomão, quando faraó, rei do Egito, tomou Gezer e deu a cidade à sua filha, esposa de Salomão (1Rs 9:16). Ao permitirem os estrangeiros permanecerem no meio deles, os efraimitas se expuseram a um perigo espiritual. A historia posterior da tribo mostra que ela caiu tão completamente na idolatria que Deus, por meio de um profeta, declarou: “Efraim está entregue aos ídolos; é deixá-lo” (Os 4:17). O destino de Efraim e das outras tribos a ela associadas deve servir de advertência para os cristãos, a fim de que não se coloquem em jugo desigual com os incrédulos (2Co 6:14). Esses tipo de relacionamento quase sempre é prejudicial. Quando alguém professa estar em comunhão com os que amam ao Senhor, sem eliminar de forma determinada os hábitos que prendem a este mundo, corre risco de sucumbir aos males que eles produzem. Um cristão não pode desejar manter a amizade do mundo nem a associação com pessoas de mentalidade mundana como fazia antes de sua conversão, sem ser influenciado por elas. A segurança espiritual depende de uma relação independente com tudo aquilo que tende para o mal (ver com. de Js 17:18). CBASD, vol. 2, p. 260.



Josué 16 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
4 de agosto de 2022, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Assim, alcançaram a sua herança os filhos de José, Manassés e Efraim” (v.4).

De todos os filhos de Jacó, certamente José teve uma vida de destaque. Sendo o primogênito do amor entre Jacó e Raquel, era o filho amado de seu pai e isso não era segredo para ninguém. Tal predileção, no entanto, lhe custou caras provações e anos de afastamento do seio de sua família. Mas Deus provou ter propósitos grandiosos na vida de José, que seriam estendidos à sua descendência. As tribos de Manassés e Efraim eram herdeiras não apenas de terras, mas de um histórico familiar de admirável prestígio.

Antes de morrer, Jacó abençoou seus netos na presença de José. A Efraim, porém, ergueu a mão direita como sinal de uma bênção superior. Como o foi com ele e Esaú, seria com os filhos de José, o mais moço seria maior do que o mais velho (Gn.48:19). Mas esta era uma bênção condicional, caso dessem ouvidos ao Senhor. Um grave erro foi então cometido pelos filhos de Efraim, mantendo em seu território os “cananeus que habitavam em Gezer” (v.10). A respeito disto, o próprio Deus questionou: “Que é isso que fizestes?” (Jz.2:2).

O Senhor havia sido bem claro a Israel com relação às nações de Canaã: “totalmente as destruirás; não farás com elas aliança, nem terás piedade delas; nem contrairás matrimônio com os filhos dessas nações […] pois elas fariam desviar teus filhos de Mim, para que servissem a outros deuses” (Dt.7:2-4). A desobediência a esta ordem divina causou muito sofrimento às gerações futuras. Sofrimento que poderia ter sido evitado se apenas tivessem obedecido às ordens de Deus.

Acostumados a julgar pelo que vemos, muitas vezes nos precipitamos pensando que estamos fazendo algo bom, quando, na verdade, estamos prejudicando não apenas a nós mesmos, mas também a nossa família. Ficar com os moradores de Gezer como escravos soava melhor do que o trabalho de livrar-se deles. Permitiram assim que os costumes pagãos daquele povo fossem infiltrados no meio do povo de Deus e corrompessem as futuras gerações.

Hoje, corremos o mesmo risco, ou até pior. A tecnologia pode ser um instrumento a favor do evangelho, mas também pode ser uma arma letal quando utilizada visando fins egoístas. Estamos utilizando esta ferramenta para o avanço da obra de Deus apressando a volta de Jesus, ou ela tem sido um mal incontido infiltrando a cultura deste mundo dentro do nosso lar? Estamos tão perto de alcançar a herança prometida, amados! Seja esta a nossa oração: “A minha porção é o Senhor, diz a minha alma; portanto, esperarei nEle” (Lm.3:24). Vigiemos e oremos!

Bom dia, herdeiros do Senhor!

Rosana Garcia Barros

#Josué16 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100



JOSUÉ 16 – COMENTÁRIO PR. HEBER TOTH ARMÍ by Jeferson Quimelli
4 de agosto de 2022, 0:40
Filed under: Sem categoria

JOSUÉ 16 – Existe coerência perfeita na Palavra de Deus. Ela deve ser estuda com muita atenção.

Embora José fosse um dos filhos de Jacó/Israel, seu nome não se tornou título de nenhuma das 12 tribos israelitas. A explicação se deve a que seus dois filhos, Efraim e Manassés com Azenate, “filha de Potífera, sacerdote de Om” (Gênesis 41:50-52) tornaram-se cabeças de duas tribos. Em Josué 16, o território da região montanhosa central pertenceria aos filhos de José. Observe que Efraim recebeu primeiro a sua parte, devido a ter recebido uma bênção maior de Jacó antes de morrer (Gênesis 48:17-20).

Na bênção final de Jacó a seus filhos, José foi contemplado (Gênesis 49:22-26); mas, na bênção de Moisés às tribos de Israel, ao se referir a José, Efraim e Manassés foram mencionados (Deuteronômio 33:13-17).

Na distribuição territorial, a tribo de Efraim ficou com uma grande porção da terra de Canaã; sua região é caracterizada por montanhas e vales, bem irrigados pelas estações chuvosas – um lugar promissor ao desenvolvimento econômico.
• Infelizmente, a tribo de Efraim não expulsou totalmente os cananitas de Gezer, mesmo que Josué tivesse matado o rei daquele lugar (Josué 12:12). Oséias, chamado depois de Josué, pertencia à tribo de Efraim (Números 13:8, 16). Após as “conquistas preliminares, Josué começou a dividir a terra de Canaã entre as tribos (Js 13-21), sendo sua herança, a seu pedido, em Timnate-Sera, na região montanhosa de Efraim (Js 19:50)”, explica o Dicionário Bíblico Adventista.
• Infelizmente a tribo de Josué falhou ao não erradicar completamente os pagãos perversos de Gezer, optando por utilizá-los em “trabalhos forçados” (Josué 16:10). “Ao permitirem os estrangeiros permanecerem no meio deles, os efraimitas se expuseram a um perigo espiritual. A história posterior da tribo mostra que ela caiu tão completamente na idolatria que Deus, por meio de um profeta, declarou: ‘Efraim está entregue aos ídolos; é deixá-lo’ (Os 4:17). O destino de Efraim e das tribos a ela associadas deve servir de advertência para os cristãos, a fim de que não se coloque em jugo desigual com os incrédulos (2Co 6:14). Esse tipo de relacionamento quase sempre é prejudicial” (CBASD).

Fiquemos sempre alerta contra os perigos espirituais! Não devemos correr riscos preferindo algo que pareça vantajoso, porém difere das orientações de Deus! Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.




%d blogueiros gostam disto: