Reavivados por Sua Palavra


SALMO 6 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
6 de novembro de 2016, 0:50
Filed under: Sem categoria

Tal como acontece em muitos lamentos, o salmista expressou sua confiança no Senhor, no fim do salmo. O motivo do salmo parece ter sido uma doença severa (vs. 2-5). Este é um dos sete “salmos penitenciais” (juntamente com os Sl 32, 38, 51, 102, 130, 143). Bíblia de Genebra.

Alexander McLaren diz: “Se alguma vez a palpitação de angústia pessoal se expressou mediante lágrimas e palavras, fez isso neste salmo.” Lutero o chamou de “uma oração penitencial para a saúde do corpo e da alma”. Nele, o salmista expressa sua agonia física e tormento de alma ao ser escarnecido por aqueles que declaravam que Deus o havia abandonado. … Como no Salmo 3, este exibe uma mudança dramática e repentina: nos v. 8 a 10, profunda melancolia se transforma em alegria. No Salmo 30, há a descrição de uma experiência comovente similar. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 3, p. 724.

Antes do autor deste Salmo pedir alguma coisa ele reconheceu sua condição espiritual. Na primeira parte do Salmo, deixa claro que necessita do perdão. Quantas vezes pedimos as coisas a Deus sem fazer essa reflexão. Vilmar Belmonte, em https://reavivadosporsuapalavra.org/2013/08/13/salmo-6/#comments.

1-3 …o salmista pede que Deus não lhe imponha com ira a plena medida da punição pelo seu pecado, pois nesse caso seria aplicada a pena de morte. Bíblia de Estudo NVI Vida.

Usualmente, nós queremos que Deus mostre misericórdia para nós e justiça para todos os demais. Deus, em Sua bondade, nos perdoa em vez de nos dar o que merecemos. Life Application Study Bible Kingsway.

2 eu me sinto debilitado. Literalmente, “estou definhando”. O verbo é aplicado com frequência às plantas quando estão murchando (Is 16:8; 24:4, 7; Jl 1:12).  CBASD, vol. 3, p. 724.

O salmista experimentava certo sofrimento, provavelmente uma grave enfermidade. Alguns tomam essa linguagem como figurativa da aflição espiritual. Bíblia de Genebra.

ossos. Como o esqueleto interior, aqui representam todo o corpo. Bíblia de Estudo NVI Vida.

alma (ARA e NKJV: “alma”; NVI: “ser”). Aqui, não o aspecto espiritual em contraposição ao físico, nem o ser “interior” em contraposição ao “exterior”, mas seu ser como criatura viva, consciente e pessoal. O uso junto com “ossos” … não implicava, para o escritor hebreu, referência a duas entidades distintas, mas consistia para ele em duas maneiras de se referir a si próprio. Bíblia de Estudo NVI Vida.

Não um aspecto separado do corpo, mas a pessoa, um ser vivente, pessoal e consciente, sinônimo de “eu”. Andrews Study Bible.

a minha alma está profundamente perturbada. Ainda maior que a dor física é a agonia mental. O salmista é incapaz de tirar de sua mente que ele está sofrendo por causa do desagrado divino. Ele exclama: “SENHOR, até quando?”, como que numa tentativa de ter um vislumbre de esperança de que Deus o sarará. CBASD, vol. 3, p. 725.

4 Volta-Te, Senhor. O salmista pensava que Deus lhe havia voltado as costas. Bíblia de Genebra.

não há recordação. A doutrina da ressurreição, tal como a doutrina da Trindade, fica implícita no Antigo Testamento, mas só é plenamente desenvolvida no Novo Testamento. Os vivos observam que os mortos fazem silêncio e não participam da adoração. Bíblia de Genebra.

Este versículo é evidência contra a doutrina de um estado intermediário entre a morte e a ressurreição (ver Sl 88:10; 146:4; Is 38:18). CBASD, vol. 3, p. 725.

no sepulcro. No hebraico, temos a palavra sheol. Essa palavra figura principalmente nas passagens proféticas que revelam os pensamentos e os temores dos vivos, mas não apresenta a doutrina da ressurreição ou de um estado intermediário. Bíblia de Genebra.

…a ideia das palavras deste versículo é que somente os vivos podem prestar culto público a Deus, e servi-Lo na terra perante os homens. Bíblia de Genebra.

O salmista apresenta como argumento que o louvor a Deus está em jogo. São os vivos e não os mortos que se lembram das misericórdias de Deus e celebram os livramentos que Ele opera. … Os escritores do AT sabiam que o homem foi criado para a vida, que a vontade de Deus para o seu povo era a vida, e que Ele tinha poder sobre a morte. Também sabiam que a morte era o destino de todos os homens, que, na hora certa, os justos repousariam em Deus, fato que aceitavam com equanimidade (v. Gn 15.15; 25.8; 47.30; 49.33; 1Rs 2.2). … Parece claro que até mesmo havia uma consciência de que a morte (como era observada) não era o fim da esperança dos justos, de que Deus tinha algo mais reservado para eles (v. esp. 16.9-11; 17.15; 49.15; 73.24). Quando, porém, os salmistas vinham questionar a Deus, lutando pela preservação da vida, falavam sobre o aspecto da morte como a viam, na sua contradição radical com a vida. Bíblia de Estudo NVI Vida.

faço nadar o meu leito. O poeta se vale de uma hipérbole [exagero] nos vs. 6 e 7 para expressar a intensidade de sua angústia. CBASD, vol. 3, p. 725.

meus olhos se consomem … fraquejam. Na linguagem vívida do AT os olhos são ofuscados quando as forças das pessoas vão minguando (v. 38.10; 1Sm 14.27, 29), pela mágoa (muitas vezes associada à aflição: 31.9; 88.9; Jó 17.7; Lm 2.11) e por anseios não atendidos e pela esperança adiada (v. 69.3; 119.82, 123; Dt 28.32; Is 38.14). Bíblia de Estudo NVI Vida.

8-10 O crente pode enfrentar seus inimigos com a certeza de que Deus já ouviu suas orações e as atendeu. Deus sempre atende a uma oração de sincera confissão desse tipo (1 Jo 1.9; Sl 51). Bíblia de Genebra.

Apartai-vos de mim, todos os que praticais a iniquidade. Frase citada por Jesus em Mt 7:23 e Lc 12:27.

10 Diante da restauração do salmista, seus inimigos serão publicamente envergonhados. Bíblia de Estudo NVI Vida.

É correto orar para que as maquinações do ímpio não tenham sucesso. CBASD, vol. 3, p. 725.

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: