Reavivados por Sua Palavra


DEZ DIAS DE ORAÇÃO – DIA 4 – A TÚNICA by Jobson Santos
14 de janeiro de 2018, 11:25
Filed under: 10 Dias de Oração, Sem categoria | Tags: ,

A túnica do sacerdote é um símbolo da justiça de Cristo que cobre nossa nudez quando a aceitamos.

Regozijar-me-ei muito no Senhor, a minha alma se alegrará no meu Deus; porque me vestiu de roupas de salvação, cobriu-me com o manto de justiça, como um noivo se adorna com turbante sacerdotal, e como a noiva que se enfeita com as suas jóias. Isaías 61:10

Todos os que vestiram as vestes da justiça de Cristo, estarão perante Ele como escolhidos, fiéis e verdadeiros. Satanás não tem poder para arrancá-los da mão de Cristo. Ele não permitirá que passe para o poder do inimigo pessoa alguma que tenha reclamado, com penitência e fé, Sua proteção. Está empenhada Sua palavra: “Que se apodere da Minha força, e faça paz comigo; sim, que faça paz comigo”. Isaías 27:5. A todos é feita a promessa dada a Josué: “Se observares as Minhas ordenanças, […] te darei lugar entre os que estão aqui”. Zacarias 3:7. Anjos de Deus andarão de ambos os lados seus, mesmo neste mundo, e no final estarão entre os anjos que circundam o trono de Deus. {Conselhos para a Igreja, p. 360.3}

É a justiça de Cristo que torna o pecador penitente aceitável a Deus e opera sua justificação. Por mais pecaminosa que tenha sido sua vida, se ele crê em Jesus como seu Salvador pessoal, permanece diante de Deus nas imaculadas vestes da justiça imputada de Cristo.

O pecador tão recentemente morto em delitos e pecados é vivificado pela fé em Cristo. Ele vê pela fé que Jesus é seu Salvador e está vivo para todo o sempre, podendo “salvar totalmente [todos] os que por Ele se chegam a Deus.” Hebreus 7:25. Na expiação realizada para ele, o crente vê tal largura, comprimento, altura e profundidade de eficiência — ele vê tal inteireza de salvação, adquirida a um preço tão infinito, que sua alma se enche de louvor e gratidão. Contempla, como por espelho, a glória do Senhor e é transformado na Sua própria imagem, como pelo Espírito do Senhor. Vê o manto da justiça de Cristo, tecido no tear do Céu, talhado por sua obediência e imputado à pessoa arrependida pela fé em seu nome.

Quando o pecador tem uma visão dos incomparáveis encantos de Jesus, o pecado deixa de ser atraente para ele; pois contempla Aquele que é o mais distinguido entre dez mil e totalmente desejável. Compreende por experiência pessoal o poder do evangelho, cuja vastidão de desígnio só é igualada por sua preciosidade de propósito. {Fé e Obras, p. 96}

Uma fé generalizada não é suficiente. Precisamos usar as vestes da justiça de Cristo, e usá-las aberta, corajosa, e decididamente, ostentando a Cristo e não esperando muito do homem finito, mas manter-nos olhando para Jesus e deixando-nos cativar pela perfeição de Seu caráter. Então tornaremos individualmente manifesto o caráter de Jesus, e deixaremos claro que estamos revigorados pela verdade, pois ela santifica o coração e mantém cativos os pensamentos, em obediência a Cristo. {Refletindo a Cristo, p. 100.5}

Os verdadeiramente justos, que sinceramente amam e temem a Deus, cobrem-se do manto da justiça de Cristo tanto na prosperidade como na adversidade. Renúncia própria, sacrifício pessoal, benevolência, bondade, amor, paciência, magnanimidade e confiança cristã são os frutos diários produzidos por aqueles que estão verdadeiramente ligados com Deus. Seus atos podem não ser publicados ao mundo, mas eles mesmos estão diariamente lutando contra o mundo e ganhando preciosas vitórias sobre a tentação e o mal.

Todos os que se vestiram da justiça de Cristo estarão perante Ele como escolhidos, e fiéis e leais. Satanás não tem poder para arrancá-los da mão do Salvador. Nenhuma alma que em penitência e fé reclame a Sua proteção, permitirá Cristo que passe para o poder do inimigo.

Cada qual terá uma luta intensa para vencer o pecado no próprio coração. Às vezes essa obra é muito penosa e desanimadora; pois ao vermos os nossos defeitos de caráter, pomo-nos a considerá-los, em vez de olhar para Jesus e revestir-nos das vestes da Sua justiça. Todo aquele que entrar na cidade de Deus pelas portas de pérola, fá-lo-á como vencedor, e sua maior conquista terá sido a do próprio eu. — Testemunhos Seletos 3:381. {A Maravilhosa Graça de Deus, p. 25}

E seja achado nele, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo, a saber, a justiça que vem de Deus pela fé; Filipenses 3:9

Fonte: http://tendaysofprayer.org/

 

14-high-priest-robes



DEZ DIAS DE ORAÇÃO – DIA 3 – PÉS DESCALÇOS by Jobson Santos
13 de janeiro de 2018, 11:00
Filed under: 10 Dias de Oração, Sem categoria | Tags: ,

Deus advertiu Moisés para que não se aproximasse de forma irreverente. A remoção das sandálias simbolizava a atitude respeitosa necessária para a verdadeira adoração.

A humildade e a reverência devem caracterizar o comportamento de todos os que vão à presença de Deus. Em nome de Jesus podemos ir perante Ele com confiança; não devemos, porém, aproximar-nos dEle com uma ousadia presunçosa, como se Ele estivesse no mesmo nível que nós outros. Há os que se dirigem ao grande, Todo-poderoso e santo Deus, que habita na luz inacessível, como se se dirigissem a um igual, ou mesmo inferior. Há os que se portam em Sua casa conforme não imaginariam fazer na sala de audiência de um governador terrestre. … Deus deve ser grandemente reverenciado; todos os que em verdade se compenetram de Sua presença, prostrar-se-ão com humildade perante Ele {Patriarcas e Profetas 175.1}

Sermos revestidos de humildade não significa devermos ser de intelecto medíocre, aspirações deficientes, e covardes em nossa vida, esquivando-nos de cargos com medo de não sermos bem-sucedidos. A verdadeira humildade cumpre o propósito de Deus, confiante no Seu poder.

Deus opera por quem quer. Muitas vezes escolhe os instrumentos mais humildes para as maiores obras; porque Seu poder é revelado na fraqueza do homem. Temos nosso padrão e por ele declaramos uma coisa grande e outra pequena; mas Deus não avalia de conformidade com nossa medida. Não devemos supor que o que para nós é grande o é também para Deus, ou que o que para nós é pequeno também o é para Ele.

Não é cabível o vangloriar-nos de algum mérito. … A recompensa não é pelas obras, para que ninguém se glorie, mas pela graça. … Não há religião na entronização do próprio eu. Aquele, cujo alvo é a glorificação própria, se encontrará destituído daquela graça que, somente, pode torná-lo eficiente no serviço de Cristo. Quando é tolerado o orgulho e a complacência própria, a obra é arruinada. …

O cristão que o é em sua vida particular, na renúncia diária do eu, na sinceridade de propósito e pureza de pensamento, em mansidão sob provocação, em fé e piedade, em fidelidade nas coisas mínimas, que na vida familiar representa o caráter de Cristo, esse pode ser mais precioso aos olhos de Deus que o missionário ou mártir de fama mundial. … {A Maravilhosa Graça, 271}

13-barefoot_priest



DEZ DIAS DE ORAÇÃO – DIA 2 – SANTIDADE AO SENHOR by Jobson Santos
12 de janeiro de 2018, 11:00
Filed under: 10 Dias de Oração, Sem categoria | Tags: ,

 

“Santidade ao Senhor” era a inscrição na mitra do Sumo Sacerdote. O Senhor está nos chamando, assim como Ele chamou os sacerdotes nos tempos antigos, para viver vidas separadas e sagradas. Nossas vidas são testemunhas para ele.

E ser-me-eis santos, porque eu, o Senhor, sou santo, e vos separei dos povos, para serdes meus. Levítico 20:26

“O cristão deve portar-se como representante dos princípios do Céu. É compelido por obrigações sagradas a representar a verdade em sua virtude e beleza. Brandura, bondade e estrita veracidade devem caracterizar suas palavras e ações. Consagrado a Deus e separado para Seu serviço, ele sempre honrará sua fé religiosa. Nenhum fio de egoísmo deve existir no caráter. Devemos educar-nos para revelar o Espírito de Deus em toda atividade de nossa vida”. {Este Dia com Deus 294.3}

Desde a eternidade, Deus escolheu homens para serem santos. “Esta é a vontade de Deus [a vosso respeito]: a vossa santificação.” 1 Tessalonicenses 4:3. O eco de Sua voz chega até nós, dizendo constantemente: “Mais santo, mais santo ainda.” E nossa resposta sempre deve ser: “Sim, Senhor, mais santo ainda”.

Homem algum recebe santidade como direito de nascimento ou como dádiva de qualquer outro ser humano. Santidade é dom de Deus por meio de Cristo. Os que recebem o Salvador tornam-se filhos de Deus. São Seus filhos espirituais, nascidos de novo, renovados em justiça e verdadeira santidade. A mente deles está mudada. Contemplam as realidades eternas com visão mais clara. São adotados na família de Deus, e tornam-se semelhantes a Sua imagem, mudados pelo Seu Espírito de glória em glória. De pessoas que dedicavam supremo amor a si mesmas, tornam-se pessoas que dedicam supremo amor a Deus e a Cristo. {E Recebereis Poder, 95}

Nosso Salvador é um Salvador para o aperfeiçoamento do homem todo. Não é Deus em relação a parte de nosso ser, apenas. A graça de Cristo atua no sentido de disciplinar o ser humano todo, Ele fez todos. A todos remiu Ele. Tornou a mente, a força, o corpo, assim como o espírito, participantes da natureza divina, e todos são Sua possessão adquirida. Deve Ele ser servido com toda a mente, coração, intelecto e força. Então será o Senhor glorificado nos Seus santos, mesmo nas coisas comuns e temporais, com as quais se acham relacionados. “Santidade ao Senhor” será a inscrição colocada sobre eles. {A Maravilhosa Graça de Deus, p. 230.7}

Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver; Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo. 1 Pedro 1:15,16

12-High_Priest_Holiness_Unto_Lord



DEZ DIAS DE ORAÇÃO 2018 by Jobson Santos
10 de janeiro de 2018, 11:28
Filed under: 10 Dias de Oração, Dez Dias de Oração | Tags: ,

Bem-vindo aos DEZ DIAS DE ORAÇÃO 2018!

Estamos muito agradecidos de podermos começar este ano com oração. Deus operou muitos milagres nos últimos anos, à medida em que o procuramos em oração e jejum. O Espírito Santo produziu reavivamentos, conversões, uma renovada paixão pelo evangelismo e relacionamentos foram curados. Verdadeiramente, a oração é onde nasce o reavivamento!

O Tema será: Nosso Sumo Sacerdote

Durante os Dez Dias de Oração 2018, examinaremos o vestuário do sumo sacerdote do Antigo Testamento para ver o que podemos aprender para nossas vidas.

Lemos em O Desejado de Todas as Nações: “Tudo que era usado pelo sacerdote devia ser de uma só peça, e isento de defeito. Por aquelas belas vestes oficiais estava representado o caráter do grande protótipo, Jesus Cristo. Nada senão a perfeição, no vestuário e na atitude, na palavra e no espírito, podia ser aceitável a Deus. Ele é santo, e Sua glória e perfeição devem ser representadas pelo serviço terrestre. Coisa alguma senão a perfeição poderia representar devidamente a santidade do serviço celestial”. {DTN pág. 498.4}

Tudo o que o sacerdote usava e fazia tinha como propósito transmitir uma mensagem ao povo: Durante esses dias de oração, vamos descobrir algumas lições espirituais simbolizadas pelas roupas do sacerdote.

10 Dias - Temas 2




%d blogueiros gostam disto: