Reavivados por Sua Palavra


João 20 by Jobson Santos
23 de abril de 2018, 1:00
Filed under: João, Sem categoria
Texto bíblico: http://biblia.com.br/novaversaointernacional/joao/joao-capitulo-20/  

O sol de domingo ainda não havia surgido, mas Maria correu para o túmulo, ansiosa para conceder ao seu Senhor sepultado todas as honras que o seu coração enlutado poderia imaginar.

Mas Ele não estava na sepultura!

Sempre amei o fato de que Jesus concedeu o presente da Sua primeira aparição pós-ressurreição a Maria Madalena, uma ex-prostituta possuída por demônios que havia honrado a Cristo banhando a sua cabeça e pés com perfume e lágrimas antes de sua morte. Agora Cristo confortou e honrou a Maria secando suas lágrimas e confortando seu coração partido, dando-lhe a missão de proclamar a Sua ressurreição.

Havendo experimentado a gentileza e a compaixão de Cristo, que se recusou a desistir dela, restaurando-a vez após vez, o coração de Maria estava mais terno do que aqueles corações que não haviam afundado tanto nas trevas do inferno. Perdoada repetidas vezes, Maria amava mais profundamente do que a maioria.

Talvez você tenha pecado muito e tenha sido resgatado repetidas vezes. Deixe Cristo redimir o seu passado e enviá-lo a proclamar a Sua amorosa misericórdia. Permita que a dor do passado o torne mais sensível a outros corações que estão caindo vez após vez nos mesmos pecados roubadores de vida. Tendo recebido misericórdia, seja misericordioso.

Lori Engel
Capelã (atualmente aposentada)
Eugene, Oregon, EUA

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=1263  
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli/Jeferson Quimelli
Comentário em áudio Pr. Valdeci: http://vod.novotempo.org.br/mp3/ReavivadosA/Reavivados23-04-2018.mp3

 



João 19 by Jobson Santos
22 de abril de 2018, 1:00
Filed under: João, Sem categoria
Texto bíblico: http://biblia.com.br/novaversaointernacional/joao/joao-capitulo-19/

Carregando a sua própria cruz. . .

Que imagem! O Criador das galáxias, o Inventor do arco-íris, o Criador do passarinho patola de pés azuis, o próprio Filho de Deus está agora arqueado por estar carregando a pesada cruz de madeira de um criminoso. Suas costas cheias de cicatrizes devido às chicotadas estão curvadas sob o peso dos pecados do mundo, carregando uma cruz que Ele não merece.

O-patoladepesazuis-_1200

Tendo sido o primeiro a carregar a cruz, Ele chama a cada um de nós para seguirmos o Seu exemplo, para tomarmos nossa própria cruz personalizada e segui-Lo (Mt 16:24). Viajar com Cristo em direção ao céu sempre envolve carregarmos a nossa cruz. Ele sempre exige uma crucificação da vontade própria diária, na verdade, a cada momento.

A sua cruz será muito diferente da minha cruz. Aquilo para o qual você é chamado a morrer, pode ser muito diferente do que devo crucificar em minha vida. Ninguém carrega exatamente a mesma cruz, mas cada um de nós, se estivermos sinceramente seguindo a Cristo em nossos pensamentos, sentimentos e comportamentos, morrerá mil mortes por dia. Cristo nos mostrará ternamente o que Ele quer que crucifiquemos, se escutarmos à sua mansa e suave voz.

Se queremos viver eternamente, devemos morrer diariamente. Se não quisermos morrer hoje, significa que depois receberemos a morte eterna.

Lori Engel
Capelã (atualmente aposentada)
Eugene, Oregon, EUA

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=1262
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli/Jeferson Quimelli
Comentário em áudio Pr. Valdeci: http://vod.novotempo.org.br/mp3/ReavivadosA/Reavivados22-04-2018.mp3  

 



João 18 by Jobson Santos
21 de abril de 2018, 1:00
Filed under: João, Sem categoria
Texto bíblico: http://biblia.com.br/novaversaointernacional/joao/joao-capitulo-18/   

O que é a verdade?

Hoje, a pergunta cínica de Pilatos corre solta em todo o mundo. A verdade objetiva não é mais vista como desejável ou mesmo possível. Pelo contrário, a verdade é definida como aquilo que funciona para qualquer indivíduo em particular. Valores que antes eram valorizados têm sido considerados antiquados. Não mais ancorada firmemente à âncoras espirituais ou éticas, a cultura está à deriva nas ondas do relativismo.

No meio desse caos, Jesus ainda insiste que Ele é a Verdade encarnada – a verdade sobre o coração de Deus, a verdade sobre a natureza humana e a verdade sobre a vida eterna. Ele insiste que, se você quer descobrir a verdade, deve ouvi-lo. Ouvir atentamente a Cristo demonstra que você está do lado da verdade.

Nem sempre é fácil ouvir a Cristo. Você ouvirá verdades essenciais que lhe atingem no âmago da alma e viram seu mundo de cabeça para baixo. Você O ouvirá pedindo-lhe para abrir mão de falsas crenças e comportamentos que lhe trouxeram segurança e conforto. O eu será crucificado e nascerá de novo. Ouvir a Cristo sempre envolve investigar os motivos do coração.

No entanto, se você ouvir e se render à verdade, você a reconhecerá e será reconhecido por Aquele que é a Verdade, quando estiver diante dEle.

Lori Engel
Capelã (atualmente aposentada)
Eugene, Oregon, EUA

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=1261
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli/Jeferson Quimelli
Comentário em áudio Pr. Valdeci: http://vod.novotempo.org.br/mp3/ReavivadosA/Reavivados21-04-2018.mp3    

 



João 16 by Jobson Santos
19 de abril de 2018, 1:00
Filed under: João, Sem categoria
Texto bíblico: http://biblia.com.br/novaversaointernacional/joao/joao-capitulo-16/

COMENTÁRIO DEVOCIONAL:

“Agora é o momento em que vocês ficarão tristes.”

Com bastante experiência cuidando de pessoas, Jesus fez o que todo coração angustiado mais deseja – Ele validou o pesar e a aflição dos seus discípulos. Ele honrou suas emoções. Nem uma vez Ele disse: “Oh, vocês de pouca fé” a respeito do seu iminente choro.

Muitas vezes, quando as pessoas experimentam dor e perda de vitalidade, fazemos comentários que apenas alimentam a tristeza delas. Pensando que estamos ajudando, nós os encorajamos a ter maior fé, a ler mais a Bíblia, a se animar naquele mesmo instante. Em vez de permanecer juntos no sofrimento, tentamos retirá-los do sofrimento. Consequentemente, eles se sentem ainda mais desolados e sozinhos. A tristeza anseia por compaixão.

Cristo entende as necessidades do coração.

“Eu tenho mais a lhes dizer do que vocês podem suportar.”

Enquanto encorajava seus discípulos, Jesus admitiu que havia coisas que Ele não podia compartilhar porque eles não estavam prontos. O pesar sempre entorpece nossa capacidade de entender. O tempo e o suave Espírito Santo freqüentemente trazem clareza à jornada da dor.

Todos nós sofreremos experiências insuportáveis ​​de pesar e dor, enquanto o mundo convulsiona em seus espasmos finais. Mas a promessa de Jesus permanece: um dia, ninguém nunca mais tirará a sua alegria!

Anime-se!

Lori Engel
Capelã (atualmente aposentada)
Eugene, Oregon, EUA

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=1259  
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli/Jeferson Quimelli
Comentário em áudio Pr. Valdeci: http://vod.novotempo.org.br/mp3/ReavivadosA/Reavivados19-04-2018.mp3

 



João 15 by Jobson Santos
18 de abril de 2018, 1:00
Filed under: João, Sem categoria
Texto bíblico: http://biblia.com.br/novaversaointernacional/joao/joao-capitulo-15/

COMENTÁRIO DEVOCIONAL:

Como ramos humanos com mentalidade independente, tendemos a nos desconectar da videira e a trilhar o nosso próprio caminho aprazível, tentando ser produtivos sem permanecer conectados à Videira. O desempenho substitui a conexão.

Jesus sabia que a humanidade preferiria produzir frutos através de seus próprios esforços. Permanecer conectado à Videira é difícil porque envolve uma intimidade e dependência que muitos nunca experimentaram em relacionamentos humanos. Consequentemente, eles se tornam limitados em sua capacidade de se conectar, tanto a Cristo quanto a outros. O estilo de vida auto-suficiente é adotado porque faz com que as pessoas se sintam mais seguras. Assim muitos pensam que bons frutos são produzidos por uma vida de moralidade e trabalho árduo. O trabalhar para Cristo substitui a conexão com Cristo. A intimidade é trocada por estar sempre ocupado fazendo obras para o Mestre.

No entanto, Cristo diz que permanecer conectado é o que leva à alegria, à produtividade e à capacidade de amar. A intimidade relacional produz alegria e, neurologicamente, isto produz em nossos cérebros a mais plena satisfação. Sem conexão com a Fonte do Amor, ficamos sem alegria, sem poder e sem amor.

Depois de encorajar a conexão relacional, Cristo adverte que o mundo nos rejeitará e abusará de nós. Sem essa conexão vital com Cristo, não seremos capazes de lidar com a perseguição, as provações e o sofrimento.

A conexão com Cristo gera resiliência e perseverança. Ela nutre nossos corações com a Sua alegria, que é nossa força!

Lori Engel
Capelã (atualmente aposentada)
Eugene, Oregon, EUA

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=1258
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli/Jeferson Quimelli
Comentário em áudio Pr. Valdeci: http://vod.novotempo.org.br/mp3/ReavivadosA/Reavivados18-04-2018.mp3  

 



João 13 by Jobson Santos
16 de abril de 2018, 1:00
Filed under: João, Sem categoria
Texto bíblico:  http://biblia.com.br/novaversaointernacional/joao/joao-capitulo-13/

Comentário devocional:

“Amem uns aos outros assim como eu lhes amei. Isso demonstrará a quem vocês pertencem. O amor será o sinal distintivo de vocês.”

O mandamento de Cristo veio depois de uma noite de humilde servidão. Determinado a mostrar aos seus discípulos o quão profundamente Ele os amava, Jesus lavou a seus pés empoeirados e calosos. A linguagem do amor é sempre a linguagem do serviço.

João 13 é um história de amarga ironia: Jesus ministrando a dois discípulos que dentro de algumas horas iriam traí-lo. Sabendo da traição iminente de Judas e das múltiplas negações de Pedro, Cristo escolheu presenteá-los com um dos atos mais íntimos: banhar e secar os seus pés encardidos na tentativa de purificar seus corações poluídos. Segurando aqueles pés empoeirados carinhosamente em suas mãos que logo seriam perfuradas, Cristo escolheu servir humildemente homens que juraram lealdade e amor eterno, mas que em breve o abandonariam. O amor conhece o pior das pessoas, e no entanto escolhe amá-las e servi-las. O amor olha além dos atos hediondos e procura por corações feridos.

Alguém lhe traiu ou abandonou? Ame a essa pessoa como Cristo amou a Pedro e a Judas. Ame tão profundamente que você ministre aos que lhe feriram. Transforme as cicatrizes em amor. Mostre ao mundo como é o coração de um cristão, um coração que ama aqueles que não sabem amar. Exatamente como Cristo fez.

Lori Engel
Capelã (atualmente aposentada)
Eugene, Oregon, EUA

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=1256
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli/Jeferson Quimelli
Comentário em áudio Pr. Valdeci: http://vod.novotempo.org.br/mp3/ReavivadosA/Reavivados16-04-2018.mp3

 



João 11 by Jobson Santos
14 de abril de 2018, 1:00
Filed under: João, Sem categoria
Texto bíblico: http://biblia.com.br/novaversaointernacional/joao/joao-capitulo-11/  

Comentário devocional:

Lázaro vivia em Betânia, a menos de 3 km a leste de Jerusalém. O pequeno povoado se aninhava na encosta oriental do Monte das Oliveiras. Jesus orara por muitas vezes neste monte e fora recebido muitas vezes na casa de Lázaro e suas irmãs. Eles se tornaram mais ligados do que familiares entre si.

Por que Jesus esperou pela morte daquele a quem Ele amava? (v.3) Jesus mesmo explica que isto ocorrera para a glória de Deus (v.4), assim como ocorrera com o cego de nascença a quem Jesus recuperou a vista (Jo 9:3), para que os discípulos cressem (v. 15).

Jesus tinha ressuscitado anteriormente duas pessoas: 1) o filho da viúva de Naim – Ele deu ordem para o garoto levantar e este ressurgiu (Lc 7:11-17) e 2) a filha de Jairo – Ele só falou uma palavra para efetuar a cura (Lc 8:40-56). Neste capítulo, entretanto, Jesus espera até Lázaro estar morto por quatro dias, para que não houvesse qualquer dúvida de que ele estava realmente morto. Assim não haveria qualquer dúvida de que Ele é a Ressurreição e a Vida.

Esta afirmação não se aplica unicamente à capacidade de Jesus de trazer mortos físicos novamente à vida, mas também de dar vida aos que estão mortos espiritualmente. Jesus tem a vida nEle! E através dEle podemos experimentar uma “nova vida”.

Pode ser que você esteja se sentindo preso em uma tumba espiritual durante quatro dias, ou 40 anos, mas o seu Salvador Doador e Restaurador da vida não se esqueceu de você! Ele te ama!

Deixe-O vencer as suas batalhas espirituais e lhe dar uma vida renovada. Ele morreu na cruz por você e ressuscitou no terceiro dia.

Então, pela fé, abra a lápide de seu coração hoje a este Grande Médico e receba a VIDA em abundância!

Christopher Bullock
Pastor em Atlanta, Georgia
Estados Unidos

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=1254      
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli/Jeferson Quimelli
Comentário em áudio Pr. Valdeci: http://vod.novotempo.org.br/mp3/ReavivadosA/Reavivados14-04-2018.mp3



%d blogueiros gostam disto: