Reavivados por Sua Palavra


1TESSALONICENSES 1 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
28 de outubro de 2021, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Porque de vós repercutiu a palavra do Senhor não só na Macedônia e Acaia, mas também por toda parte se divulgou a vossa fé para com Deus, a tal ponto de não termos necessidade de acrescentar coisa alguma” (v.8).

As palavras iniciais de Paulo revelam uma comunidade evangélica que se tornou “o modelo para todos os crentes na Macedônia e na Acaia” (v.7). Com ternos afetos Paulo expressou sua alegria em saber que os irmãos de Tessalônica permaneciam servindo “o Deus vivo e verdadeiro” (v.9). Mesmo “em meio de muita tribulação” (v.6) aquela igreja mantinha firme a convicção de que o evangelho que haviam recebido não “somente em palavra, mas, sobretudo, em poder, no Espírito Santo […] e por amor” (v.5), era valioso demais para ser subvertido pelas coisas deste mundo. Ali estava uma igreja reavivada que, “deixando os ídolos” (v.9), abandonando tudo o que possuía a inscrição do mal, foi uma verdadeira testemunha de Cristo e atalaia do evangelho do reino.

Por mais forte e inabalável que pareça a nossa fé, a fragilidade humana requer uma dose de ânimo a cada passo da jornada cristã. A preocupação de Paulo em relação aos tessalonicenses era que a fé fosse fortalecida enquanto cresciam em graça e santidade diante de Deus, mantendo os olhos sempre em vista de Cristo e de Sua gloriosa volta. Em outras palavras, Paulo os exortou a perseverarem como testemunhas de Jesus, “esperando e apressando a vinda do Dia de Deus” (2Pe.3:12). Quão alto deveria falar ao nosso coração o capítulo de hoje! Notem que a firmeza da esperança daqueles crentes não estava fundamentada em promessas de uma vida tranquila nesta Terra, mas que mesmo “em meio de muita tribulação, com alegria do Espírito Santo” (v.6), é possível atravessar o mar desta vida sobre o solo seguro de “Jesus, que nos livra da ira vindoura” (v.10) e nos promete um lar eterno onde “estaremos para sempre com o Senhor” (1Ts.4:17).

Nada neste mundo consegue abafar o grito da alma daqueles que suspiram pelo breve encontro com Jesus nos ares. A intimidade diária com as Escrituras e as sinceras e fervorosas orações os animam a prosseguir. Mesmo que sob o ataque constante e covarde daquele “que os acusa de dia e de noite” (Ap.12:10), é diante da fragilidade e completa dependência de Deus dos fiéis adoradores de Cristo que Satanás e seu exército tremem. Devemos e precisamos buscar ao Senhor de todo o coração enquanto há tempo. Nossa única defesa está na pessoa de Jesus Cristo, a Quem precisamos conhecer através de um relacionamento pessoal e constante com Ele. A experiência de Paulo foi o instrumento de Deus para que os de Tessalônica desejassem provar por si mesmos o amor e a amizade do Senhor. Da mesma forma, Deus deseja nos usar a fim de repercutir a Sua Palavra, de maneira que por toda parte seja divulgada a nossa “fé para com Deus” (v.8).

Eu posso resumir a minha experiência com Jesus em uma palavra: mudança. Mudança de rumo, mudança de prioridades, mudança de pensamento, mudança de coração. Isso não significa que a obra já está completa. Muito pelo contrário. É uma obra constante, e perfeita, no sentido de que cada dia o Espírito Santo faz o que precisa ser feito. E nessa obra e batalha diária somos confrontados com o nosso pior inimigo: o nosso eu. E se somos transformados pela contemplação, para quem e para onde estamos olhando? A vida dos irmãos de Tessalônica testemunhava com precisão a sua visão santificada. Paulo afirmou: “vos tornastes imitadores nossos e do Senhor” (v.6). O que nos mostra que precisamos de boas referências aqui na Terra, mas, ainda que estas faltem, temos a referência superior que não falta e não falha: “nosso Senhor Jesus Cristo” (v.3).

Por isso, “amados de Deus” (v.4), acima de qualquer testemunha nesta Terra, que pela fragilidade humana possa nos decepcionar, temos “a Testemunha fiel e verdadeira” (Ap.3:14). Fixemos os nossos olhos em Jesus e no lar que Ele nos foi preparar. Que nesses dias finais e decisivos, sejamos contados entre os que servem “o Deus vivo e verdadeiro” (v.9). Que pelo estudo de Sua Palavra nosso coração seja tomado de saudades e do intenso desejo de correr para os braços do Pai. Como uma criancinha desejo encontrar o Senhor e ser amparada por Seu doce e inefável abraço. Desejo ouvir: “Pronto, acabou, agora você está segura, Minha menina!” Eu quero passar a eternidade agradecendo ao meu Deus por não ter desistido de mim! Que mesmo “em meio de muita tribulação, com alegria do Espírito Santo”, a nossa vida testifique a Quem pertencemos e para onde estamos indo. Vigiemos e oremos!

Bom dia, amados de Deus!

* Após ter Covid, ser entubado, contrair a pior bactéria hospitalar, sofrer 4 choques sépticos, e passar mais de 50 dias na UTI, hoje nosso irmão Adriano estará recebendo alta do hospital. Certamente o Senhor tem um propósito grandioso através deste testemunho. Louvado seja Deus por Sua bondade e misericórdia!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #1Tessalonicenses1 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100


2 Comentários so far
Deixe um comentário

Amém por essa mensagem e pela recuperação do irmão Adriano.
Deus seja louvado.

Comentário por Olga

LOUVADO SEJA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO. QUE AS BÊNÇÃOS DO SENHOR NOSSO DEUS TODO PODEROSO CONTINUE LHE ALCANÇANDO PELO PODEROSO NOME DO SENHOR JESUS CRISTO, AMÉM!

Comentário por OSVALDO SILVA FILHO




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: