Reavivados por Sua Palavra


SALMO 63 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
5 de abril de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Ó Deus, Tu és o meu Deus forte; eu Te busco ansiosamente; a minha alma tem sede de Ti; meu corpo Te almeja, como terra árida, exausta, sem água” (v.1).

Atormentada por sua situação vergonhosa, certa mulher samaritana saiu de sua casa na hora mais quente do dia para buscar água. Seus pensamentos a perturbavam. Seu coração estava tão seco quanto o cântaro que carregava. Não ousava levantar a cabeça a fim de não deparar-se com olhares de acusação. Jamais havia imaginado que estava para ter um encontro que mudaria para sempre a sua vida; um encontro que já estava marcado na agenda divina.

Ao avistar aquele Estranho, deve ter pensado que seu longo trajeto debaixo do sol fora perdido, mas que, talvez, pudesse nem ser notada, e aproximou-se da fonte. Logo, o silêncio foi quebrado com um inesperado pedido: “Dá-Me de beber” (Jo.4:7). Ainda que separados por centenas de anos, Davi e a mulher samaritana tinham algo em comum: sede de Deus. A diferença é que Davi conhecia a Fonte, e a mulher não.

Profundamente machucada pelos resultados de uma vida sem esperança, possuía um vazio na alma pior do que a sede que procurava saciar naquele poço. Davi havia experimentado a graça de Deus e seus dias eram vividos com a intensidade de quem O amava com todo o coração. A samaritana só conhecia o desprezo das pessoas e a decepção por parte daqueles que diziam amá-la. A sede de Davi era por permanecer na presença do Senhor. A sede da mulher era por ser amada de verdade. Duas realidades que representam bem o desejo de Deus de acolher a todos que aceitem o Seu convite.

O Senhor tem um encontro marcado com esta geração antes que a provisão do Espírito Santo seja encerrada. Todo aquele que O conhece, O busca com maior intensidade, reconhecendo a sua completa dependência de Deus. E para todo aquele que, qual a mulher samaritana, ainda precisa encontrá-Lo e conhecê-Lo, há um último e urgente apelo sendo realizado. Como foi com aquela mulher, é necessário que eu experimente um encontro pessoal com Cristo aqui, para que, semelhante a Davi, O encontre todos os dias, “enquanto eu viver” (v.4), até o Dia marcado pelo Céu em que Ele virá “com as nuvens, e todo olho O verá” (Ap.1:7).

Você não precisa percorrer o caminho da vergonha para encontrar-se com Cristo. E, talvez, Ele esteja, agora, bem à sua frente lhe dizendo: “Eu que falo contigo” (Jo.4:26). Como a mulher, abandone o cântaro de seu passado escuso e seja uma testemunha dAquele que te oferece a água viva: “Aquele que tem sede venha, e quem quiser receba de graça a água da vida” (Ap.22:17). Pois “vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para Seus adoradores” (Jo.4:23).

Ó Pai, que no Teu glorioso Dia sejamos encontrados por Ti “à sombra das Tuas asas” (v.7)!

Enquanto aguardamos, amados, vigiemos e oremos!

Feliz semana, salvos pela graça!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Salmo63 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100


2 Comentários so far
Deixe um comentário

Rosana suas meditações me acompanham diariamente, hoje de forma mais que especial tocou meu coração.

Comentário por Rosilane

Louvado seja o Senhor, nosso Deus! Que o Espírito Santo continue nos reavivando por Sua Palavra. Um forte abraço, amada! Pela graça de Deus, quero conhecê-la no Céu! 🙇🏼‍♀️❤

Comentário por Rosana Garcia Barros




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: