Reavivados por Sua Palavra


SALMO 17 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jefersonquimelli
19 de fevereiro de 2020, 0:05
Filed under: Sem categoria

733 palavras

Cercado por seus inimigos, o salmista com frequência orava com súplica sincera a Deus. O salmo 17 é uma dessas orações para vingar os justos. Nela, Davi afirma sua confiança na resposta divina a seu pedido, ora por proteção num mundo maligno e medita em sua satisfação quando finalmente vir Deus face a face. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 3, p. 751.

julgamento. Davi roga a Deus que o vindique, que o vingue de seus inimigos.  CBASD, vol. 3, p. 751.

3 Estava Davi dizendo que ele estava sem pecado? Longe de uma orgulhosa presunção de pureza, o clamor de Davi era um reconhecimento de seu relacionamento com Deus. Nos Salmos 32 e 51, Davi livremente reconhece seus pecados. Contudo, seu relacionamento com Deus era de amizade íntima e constante arrependimento e perdão. Sua reivindicação de bondade, portanto, era baseada em sua contínua busca de Deus. Life Application Study Bible Kingsway.

pela palavra dos Teus lábios, eu me tenho guardado. Não por sua própria força, mas por te se firmado na palavra de Deus, Davi se guardou de pecar (ver Sl 119:9). CBASD, vol. 3, p. 752.

os meus pés não resvalaram. Um pecado acariciado pode fazer escorregar (ver PP, 452). CBASD, vol. 3, p. 752.

palavras. Oração com palavras, e não mental. CBASD, vol. 3, p. 752.

É muito proveitoso levantar-se durante a noite, orar a Deus e permitir que Ele aconselhe seu coração e o ensine. Se você deixar que Deus quebrante seu espírito, ele é o único que garantirá seu futuro e o guiará no caminho que você deve seguir. V. também Sl 119.62. Bíblia Evangelismo em Ação NVI.

ó Salvador. É impossível ler os salmos e não sentir a presença do Salvador nas orações do salmista (ver Sl 106:21; cf. Is 19:20; 49:26). Davi conhecia seu Redentor. CBASD, vol. 3, p. 752.

8 Assim como protegemos nossas pupilas (“meninas dos olhos”), assim Deus nos protege. Não devemos concluir, contudo, que de qualquer modo perdemos a proteção de Deus se experimentamos problemas. A proteção de Deus tem propósitos mais elevados do que nos ajudar a evitar sofrimento. Ele serve para nos tornar melhores servos para Ele. Deus também nos protege ao nos guiar através de circunstâncias dolorosas, não apenas nos ajudando a escapar delas. Life Application Study Bible Kingsway.

11 fixam em nós os olhos para nos deitar por terra. Pode-se ver um paralelo na atitude de Saul e seus homens, que, como caçadores, mantinham os olhos fixos nos caminhos por onde Davi e seus companheiros passavam. CBASD, vol. 3, p. 752.

12 leão … leãozinho. O versículo é um exemplo importante de paralelismo sinonímico, quando a segunda parte repete e embeleza o pensamento da primeira. CBASD, vol. 3, p. 752.

13-15 Enganamos a nós mesmos quando medimos nossa felicidade ou contentamento pela quantidade de riqueza que possuímos. … A medida correta de felicidade e contentamento é encontrada em Deus e em fazer a Sua vontade. Você encontrará a verdadeira felicidade se colocar seu relacionamento com Deus acima das riquezas terrenas. Life Application Study Bible Kingsway.

14 cujo quinhão é desta vida. Esses homens encontram o quinhão de sua existência na gratificação material. A satisfação sensual é a medida de sua ambição e sua única esperança de recompensa (ver Lc 6:24; 16:25). Portanto, subordinam tudo aos seus interesses presentes e não levam Deus em conta. CBASD, vol. 3, p. 752.

cujo ventre Tu enches dos Teus tesouros. Em relação a seu objetivo de vida, os ímpios têm êxito. Vivem apenas para os propósitos mundanos e são prósperos nisso. Não pensam na vida porvir. Eles trocam a satisfação eterna por mera gratificação temporal. Aqui se encontra a resposta parcial para uma das perguntas mais profundas da existência: “Por que os ímpios prosperam?” A prosperidade deles é apenas nesta vida passageira; portanto, é incomparável com a prosperidade eterna dos justos. CBASD, vol. 3, p. 753.

o que lhes sobra deixam aos seus pequeninos. Eles têm o suficiente para si mesmos e para deixar como herança para seus filhos (ver um quadro da prosperidade mundana em Jó 21:7-11). CBASD, vol. 3, p. 753.

15 Eu, porém. Em contraste marcante com o mundano. Em vez de invejar os prazeres passageiros dos ímpios, o salmista anseia pela alegria de ver a Deus face a face (ver com. do Sl 16:10, 11; 13:1). Companheirismo com Deus e comunhão com o Criador são a maior satisfação da alma piedosa. Ter a natureza moral de Deus é o grande anseio do justo (ver 1Jo 3:2). … Com esta declaração, o salmista dá provas irrefutáveis de que ele crê na ressurreição dos mortos e na realidade da vida porvir. CBASD, vol. 3, p. 753. [Destaque acrescentado]


4 Comentários so far
Deixe um comentário

Peço oração pela conversão do meu marido , pela graça de Deus ele já abandonou o álcool , agora suplico ao Pai que ele entregue a vida aí Senhor . Em nome de Jesus !

Comentário por Marialda Borges Silva

Deus seja louvado pela vitória sobre o vício! Em oração por seu marido 🛐❤

Comentário por Rosana Garcia Barros

Tenho passado por períodos difíceis com problemas de saúde e no meu relacionamento….mas sigo confiante e com a esperança em Deus. Ore por mim!! #euoroporvoce.

Comentário por Lídia Fernandes Felix

Em oração por vc, amada irmã! Muito obrigada pelas orações! 🛐❤🤗

Comentário por Rosana Garcia Barros




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: