Reavivados por Sua Palavra


II SAMUEL 13 – COMENTÁRIO PR. HEBER TOTH ARMÍ  by Maria Eduarda
19 de julho de 2019, 0:45
Filed under: Sem categoria

 
Pecado cobra juros altos com correção monetária. Chamá-lo “desgraça” é pouco. Consequências horríveis oriundas de suas ações são titânicas. Sofrimentos, angústias e traumas são oceânicos.

Este capítulo fala de obsessão sexual. Pessoas taradas. Estupro/abuso sexual. Vergonha. Brutalidade. Traumas, etc. Tudo entre irmãos, filhos do rei Davi.

A família de Davi está fragmentada. Marcada por bebedeiras, fratricídio, luto. O ódio reinou entre os membros da família real. Davi não tinha moral para reprender seus filhos…

Davi foi perdoado pelo pecado do assassinado de Urias e o adultério com Bate-Seba. Entretanto, as consequências permanecem a fim de que o pecador experimente o fel e o veneno do mal. Perdão retira culpa, não consequências!

O pecado é pior que a morte. Mais traiçoeiro que serpente peçonhenta. É veneno atraente. É isca satânica para infernizar a existência dos filhos de Deus. É pior que os mais perigosos vírus e bactérias do mundo. Seu estrago é maior que da bomba atômica. Dores, angústias e sofrimentos causados por ele são incalculáveis, incessantes.

Tome cuidado com o pecado: Ele te…

• …levará mais longe do que almejas ir;
• …fará permanecer mais tempo do que pretendias – escraviza, vicia;
• …custará mais caro do que estarias disposto a pagar.

O pecado retirou de Davi seu poder de educar (repreender para corrigir) seus filhos. O rei, que outrora, na juventude, vencera ao gigante Golias, agora vê os efeitos gigantescos das concessões aos pecados como poligamia, ociosidade, adultério e assassinato:

1. Filho com amizades duvidosas, perigosas (vs. 1-6);
2. Filho psicopata, frio e calculista (vs. 7-15);
3. Filha estuprada e desprezada pelo irmão – traumatizada (vs. 15-21);
4. Filho dominado pelo ódio mortal, raiva e ira (vs. 22-36);
5. Filho fugitivo (vs. 37-39).

“Nenhuma mãe ou pai deseja conscientemente ver os filhos fracassarem. Todo pai e toda mãe quer criar bons filhos. Sabem que os bons filhos falam bem de nosso trabalho como pais. Em contrapartida, os filhos desajustados nos fazem sentir que fomos reprovados em uma das tarefas mais importantes da vida humana” (Antonio Estrada).

• Quem quer o sucesso dos filhos (e netos) deve abandonar todo pecado e dedicar-se fiel e, ininterruptamente, ao relacionamento íntimo com Deus e sua família!

Destrua o pecado antes que ele destrua tua família! O segredo? Corra para Deus! – Heber Toth Armí.


1 Comentário so far
Deixe um comentário

Esse é o caminho andai por ele e terá gozo e alegria nessa vida e na vindoura.

Comentário por Simar de Souza Santos Silva




Deixe uma resposta para Simar de Souza Santos Silva Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: