Reavivados por Sua Palavra


DEUTERONÔMIO 12 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
26 de março de 2019, 0:45
Filed under: Sem categoria

Devemos desprezar viver na lama do pecado ou nas trevas da imoralidade. Devemos decidir, no presente, avançar na caminhada cristã refletindo sobre as diversas lições aprendidas no caminho. Assim, o futuro será melhor que o passado.

A Bíblia é o livro guia para tudo o que pretendemos fazer na vida. Nela encontramos todos os nutrientes espirituais para alimentar e fortalecer nossa alma. Veja os maravilhosos princípios deste capítulo:

1. Deus prescreve um código para adoração (vs. 1-12): A adoração que oferecemos a Deus deve seguir o padrão por Ele estabelecido; do contrário, será espúria, adulterada, danificada, imprestável para cultuá-Lo. Adoração deve ser importante e central na vida de cada crente, assim como o Santuário estava no centro do acampamento israelita.

2. Deus revela que o sacrifício é fundamental na adoração genuína. Cada sacrifício apontava para Cristo, que deu Sua vida inocente em lugar do culpado e condenado à morte. O culto sem Cristo é intragável a Deus; o adorador independente de Cristo permanece vazio após cultuar (vs. 13-28).

3. Deus adverte contra a perversão do culto e da adoração. Nenhum traço pagão deve caracterizar o culto cristão. Qualquer tipo de idolatria é uma forma de adulterar a verdadeira religião, tornando-a abominável, odiável e intolerável a Deus (vs. 29-32).

Os ensinamentos prescritos neste capítulo eram mais específicos para o momento em que foi escrito. Após o cumprimento profético apontado pelos sacrifícios, visto na morte vicária de Cristo, “agora, cada pessoa que aceita a Cristo torna-se um templo de Deus e tem o Espírito habitando dentro do si (1 Co 6:19,20). Mas cada congregação de cristãos também é um templo de Deus (1 Co 6:10-17), e Cristo está edificando Sua Igreja universal como uma habitação para o Espírito (Mt 16:18; Ef 2:19-22)” – explica Warren Wiersbe.

Dito isso, Wiersbe aplica focando o futuro: “Algum dia, todo o povo de Deus habitará na cidade celestial, que será iluminada pela glória do Senhor (Ap 21:23)”.

Agora, o local não importa. O que importa é estarmos em Cristo em todo lugar (João 4:23-24). Agora, “aquele que busca orar com seriedade na ‘igreja’ ou em seu quarto vive a maior parte da semana ou do dia em completa desarmonia com aquilo que orou” – salienta Andrew Murray

Precisamos reavivar-nos! – Heber Toth Armí.


2 Comentários so far
Deixe um comentário

Bom dia pastor. Como orar em seu quarto ou na igreja pode nos deixar em completa desarmonia com Deus? Por favor me explique porque eu nao entendi esse ultimo parágrafo… senão eu estou fazendo tudo completamente errado… fico agradecida…

Comentário por Cristiane

Bom dia, Cristiane. Aqui é o Jeferson. Realmente, parece que houve um erro na citação do texto. Verificarei junto ao pastor Heber qual o texto correto. Muito obrigado pela observação.

Comentário por jquimelli




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: