Reavivados por Sua Palavra


NÚMEROS 15 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
21 de fevereiro de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

735 palavras

Números 15 – um capítulo escrito para os jovens!!!

1-41 A localização do conteúdo deste capítulo – entre a derrota desastrosa às mãos dos amalequitas e cananeus (14.39-45) e a rebelião de Corá (cap. 16) – é significativa. Ao dar este capítulo com leis acerca do comportamento apropriado dos israelitas na terra (v. 2), Deus assegurou a Israel que, apesar das falhas e rebeldias de Israel, Deus continuava planejando dar-lhes a terra de Canaã. Bíblia de Genebra.

Quando entrardes na terra. Estas palavras deixam claro que as leis aqui ordenadas não eram para o deserto e que Israel certamente entraria na terra prometida. Portanto, supomos que a referência não é a toda a congregação (Nm 14:31), mas aos jovens, que não estavam condenados a morrer no deserto. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 1, p. 946.

O período durante o qual os israelitas erravam pela segunda vez pelo deserto quase não se descreve aqui: há apenas algumas leis e a descrição da rebelião de Corá no capítulo 16. Estes anos não faziam parte do plano de Deus para com Seu povo, e temos que procurar muitos trechos da Bíblia para saber a história deste período: Dt 8.2-6; 29:5-6; Js 5.4-8; Êx 20.10-26; At 7.42-43. Aquela velha e impenitente geração pereceria no deserto, mas seus filhos possuiriam Canaã. Nota-se, nesta expressão, um otimismo de confiança, um encorajamento da fé e uma prova da misericórdia de Deus. Bíblia Shedd.

aroma agradável. Em relação à fragrância da vida do cristão, ver com. de 2 Coríntios 2:15. CBASD, vol. 1, p. 947.

15 Em Cristo vemos a vitória final desta lei: Dessarte não pode haver judeu, nem grego; nem escravo nem liberto; nem homem nem mulher; porque todos vós sois um em Cristo Jesus”, Gl 3.28. Bíblia Shedd.

20 Apresentem um bolo feito da primícias (NVI). Essa lei também antevê os dias em que os israelitas estariam na terra. A primeira porção do cereal debulhado seria apresentado ao Senhor na forma de um bolo. Esse conceito das primícias simboliza o fato de que toda a bênção provém do Senhor e que tudo que é produzido pertence a Ele. Bíblia de Estudo NVI Vida.

23 tudo quanto o SENHOR vos tem mandado por Moisés. A palavra “Moisés” foi acrescentada pelos tradutores. Não se encontra no texto hebraico. O sentido fica mais claro sem ela. CBASD, vol. 1, p. 948.

31 Este tipo de pecado inclui a obstinação, a injúria e a incredulidade; quem o pratica se insurge contra a Palavra de Deus, desacatando aos mandamentos divinos, injuriando o nome de Deus, e, pior ainda, desprezando o amor de Deus que se revela na Bíblia inteira. É como o pecado descrito em Mc 3.29. Bíblia Shedd.

32 Apedrejar um homem por juntar lenha no sábado parece uma punição severa demais, e realmente era. Este ato foi um pecado deliberado, desafiando as leis de Deus contra trabalhar no sábado. Provavelmente o homem estava intencionando ir à frente com outros atos, em adição a quebrar o sábado. Life Application Study Bible.

37-41 As borlas memoriais eram borlas ou fitas azuis usadas nas franjas das vestes para ser um memorial dos mandamentos do Senhor, para que jamais sejam esquecidos. Bíblia Shedd.

38 borlas [franjas]… presas por um cordão azul. Esta cor azulada era também utilizada nas vestes dos sacerdotes (Êx 28). Portanto, as borlas deveriam lembrar os israelitas que eles deveriam seguir Deus como “um reino de sacerdotes e uma nação santa” [NKJV] (Ex 19:6; comparar com 1Pe 2:9) ao invés de seguir seus próprios sentimentos e sentidos em deslealdade. Andrews Study Bible.

39 para que, vendo-as. As “borlas” deveriam ser um lembrete constante aos israelitas de que pertenciam a Deus e que, tanto no vestir como em outros hábitos, deveriam seguir os princípios transmitidos pelo Senhor. CBASD, vol. 1, p. 948.

As borlas deveriam lembrar o povo de não seguirem seus desejos sensuais, mas buscar ao Senhor. A adoração aos ídolos era auto centrada, focando o que uma pessoa poderia obter ao servir um ídolo. Boa sorte, prosperidade, vida longa e sucesso em batalha eram esperados dos deuses. Assim como poder e prestígio. A adoração de Deus era o oposto. Os crentes não deveriam ser altruístas, em vez de auto centrados/egoístas. Ao invés de esperar que Deus nos sirva, nós devemos servir a Deus, esperando nada em retorno. Nós servimos a Deus pelo que Ele é, não pelo que podemos conseguir dEle. Life Application Study Bible.

40 santos sereis a vosso Deus. A santidade não é alcançada por observâncias exteriores, como por meio do uso de borlas e tiras, mas somente pela obediência à vontade de Deus. CBASD, vol. 1, p. 948.



NÚMEROS 15 – VÍDEO COMENTÁRIO PR RONALDO DE OLIVEIRA by Maria Eduarda
21 de fevereiro de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria




%d blogueiros gostam disto: