Reavivados por Sua Palavra


COMENTÁRIO GÊNESIS 21 – PR. HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
2 de novembro de 2018, 0:45
Filed under: Sem categoria

GÊNESIS 21 – Ser chamado e abençoado por Deus não torna automaticamente pecadores em santos, nem em abençoadores. Leia atentamente aos versículos do capítulo em pauta. Com oração dedique-se à meditação a fim de que os ensinamentos ali contidos nutram o teu coração.

Após um momento de reflexão, aprofunde-se observando estas análises:

1. Quando aconteceu o cumprimento da promessa do nascimento de Isaque (vs. 1-7) as atitudes do casal Abraão e Sara não foram dignas de imitação. Após discussões, a serva Hagar e seu filho foram despejados, descartados como objetos imprestáveis, com pouco suprimento para perambular por um deserto infindo (vs. 8-21).
2. Além disso, Abimeleque suspeitou de Abraão; por isso, preferiu fazer uma aliança com ele. Contudo, os benefícios dessa aliança favoreceram a Abraão, não a Abimeleque. O crente Abraão não era um piedoso abençoador altruísta, mas um negociador egoísta (vs. 22-34).

Ao analisar o relato bíblico, fica evidente que, a todo instante Deus atua na desgraça humana, através de seus atos de graça. Mesmo após Abraão resolver dois conflitos (um familiar e outro econômico), do próprio jeito, Deus estava agindo para abençoar a todos. Olhe novamente para a mensagem do capítulo.

Note que há lições úteis para se aplicar a nossa vida nos dias atuais:

• Assim como Hagar, quando pensamos que a situação exige de nós um ponto final em nossa história, Deus entra em cena para dar início a um novo capítulo a nossa história de vida.
• Quando problemas familiares, brigas, desvalorização e rejeição atingem o máximo do sofrimento, como quando aconteceu com Hagar ao esperar a morte de seu filho com seu ex-proprietário (Abraão), a graça divina interfere para colocar limites à desgraça e oferecer livramento aos arruinados pelos erros de outros.
• Por mais falhos que sejamos ou por mais complicada que seja nossa situação familiar ou financeira, certamente o plano de Deus é abençoar-nos graciosamente.

Assim como Deus abençoava Abraão e Sara em seus erros, abençoava à egípcia Hagar e seu filho (Ismael), quer graciosamente te abençoar também – independente da situação em que você se encontra neste momento. Entretanto, você…

• …precisa ouvir a voz de Deus;
• …deve prestar atenção ao que Deus te falar; e,
• …seguir diligentemente às orientações de Sua Palavra.

Saiba que Deus está no controle; então, reaviva-te! – Heber Toth Armí.


4 Comentários so far
Deixe um comentário

Pastor bom sábado. A unica parte q não entendi do comentario é quando o Pastor diz que Abrão era um negociador egoista. Pode me ajudar a clarear esse assunto

Comentário por Paulo

Obrigado pela sua pergunta. Iremos repassá-la ao autor.
Equipe Reavivados

Comentário por jquimelli

Atendendo à sua indagação, o pastor Heber responde:
“O pequeno espaço impede de explicar ou ampliar certas frases nos comentários. Mesmo aqui, vou colocar apenas algumas citações do teólogo Laurence A Turner para tentar responder à pergunta:

1. Melquisedeque abençoou a Abraão em Gênesis 14, “porém, Abraão não abençoa de maneira alguma nessa passagem, seja por palavras ou atos […]. Abraão já havia tirado vantagem de um estrangeiro (12:16); certamente é possível para ele agir assim novamente. Somos deixados com a curiosa impressão de que até agora nessa história, Abraão está fazendo o seu melhor para ser uma bênção a ninguém mais que a si próprio – até mesmo o resgate de Ló, nesse capítulo, foi motivado por seu desejo de manter viva a promessa por descendentes”.
2. Em Gênesis 20:17 “é a primeira vez que vemos Abraão orando (embora exista alguma evidência de sua adoração; 12:8; 13:3), e talvez de maneira ainda mais significativa, a primeira vez que Abraão faz alguma coisa à alguém não buscando seus próprios objetivos no cumprimento da promessa […]. O afastamento de Abraão de seu interesse próprio era algo pelo qual YHWH tinha esperando por algum tempo…”.
3. As nações tinham sido poupadas de uma visita de Abraão por algum tempo, até que ele retorna inesperadamente a Gerar (20:1). Como era de se esperar, ele age como se nunca tivesse ouvido o imperativo de ser uma bênção. Novamente Abraão é culpado de engano, o que, desta vez, coloca em perigo a vida de Abimeleque, rei de Gerar (20:3). A inocência e integridade morar do rei contrasta com a culpa e a conveniência de Abraão (a praga enviada à casa de Abimeleque deve ser vista mais como uma forte tentativa de YHWH de impedir o pecado de adultério do que como uma punição). O contraste é agravado pela grosseira admissão de Abraão de que seu engano havia sido cometido porque ele pensara que ‘certamente não há temor de Deus neste lugar’ (20:11). A conduta de Abimeleque mostra quão equivocado Abraão estava. Ele age de modo admirável: ‘Com sinceridade de coração e na minha inocência, foi que eu fiz isso’ (20:11). À luz desse fato, não é menos que surpreendente que YHWH devesse dizer a Abimeleque que Abraão ‘é profeta e intercederá por ti’ (20:7). Igualmente surpreendente é o fato de que Abraão faz exatamente isso (20:17), resultando na cura da família de Abimeleque. Esse é um desdobramento significativo, já que é a primeira vez que Abraão faz algo positivo para alguma das nações – mas mesmo aqui essa avaliação deve ser equilibrada pelo conhecimento de que a ‘bênção’ que se segue é meramente a anulação da praga induzida pelo próprio comportamento de Abraão. De qualquer modo, essa oração em si mesma não é suficiente para avaliar os temores de Abimeleque, porque pouco depois o vemos fazendo uma aliança de maneira que ‘me não mentirás, nem a meu filho, nem a meu neto […]’ (21:23). Ele obviamente ainda possui suas suspeitas. A aliança, que tem o propósito de meramente impedir que Abraão aja sem escrúpulos, não traz qualquer outras bênçãos evidentes a Abimeleque”; apenas a Abraão – isso é egoísmo nos negócios!
Sugiro a leitura integral do capítulo 2 – A história de Abraão – do livro “Anúncios de enredo em Gênesis”, de Laurence A. Turner. Essa leitura surpreende!”

Comentário por jquimelli

Muito obrigado. Deus seja louvado por examinarmos a biblia

Enviado do Yahoo Mail no Android

Comentário por Paulo Isidoro




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: