Reavivados por Sua Palavra


MARCOS 14 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by jquimelli
8 de março de 2018, 0:45
Filed under: Sem categoria

MARCOS 14 – O evangelho escrito por Marcos tende a conduzir o leitor a uma decisão, da qual não pode eximir-se.

Deus não determina o destino de ninguém, cada um o determina através do poder da decisão. A predestinação deturpa o caráter de Deus. “Deus não força a vontade de Suas criaturas. Ele não pode aceitar homenagem que não Lhe seja prestada de maneira voluntária e inteligente. Uma submissão forçada impediria todo verdadeiro desenvolvimento do espírito ou do caráter, tornaria o ser humano em simples máquina” (Ellen G. White).

Por isso, “faria muito bem para nós passar diariamente uma hora refletindo sobre a vida de Jesus. Devemos tomá-la ponto por ponto, e deixar que a imaginação se apodere de cada cena, especialmente as finais. Ao meditar assim em Seu grande sacrifício por nós, nossa confiança Nele será mais constante, nosso amor vivificado, e seremos mais profundamente imbuídos de Seu espírito. Se queremos ser salvos afinal, teremos de aprender ao pé da cruz a lição de arrependimento e humilhação” (White).

Você decide fazer isso agora? Se sim, abra tua Bíblia e assimile estes pontos a tua vida:

• Os principais líderes religiosos tramam contra Jesus (vs. 1-2);
• Maria de Betânia unge a cabeça de Jesus numa ceia antes de Sua paixão (vs. 3-9);
• Judas trama contra Jesus e O vende, traindo-o pelo preço de um escravo (vs. 10-11);
• Era tempo de Páscoa, então Jesus celebra a última e a substitui pela Santa Ceia (vs. 12-25);
• Jesus canta um hino, sai para o Getsêmani e alerta a Pedro sobre os eventos iminentes visando salvá-lo (vs. 26-31);
• Jesus vai ao Gêtsêmani para consagrar-Se para o desafio a enfrentar, decide em oração tomar o cálice amargo e, então uma multidão enviada pelos líderes religiosos, liderada por Judas, prende ao Messias e O leva ao Sinédrio a fim de experimentar o cálice amargo (vs. 32-65).
• Depois de ser traído por Judas, Jesus experimenta a negação de Pedro (vs. 66-72).

Jesus foi acusado e condenado indignamente. Ele que só fez o bem recebeu o mal como ninguém. Ele praticou o bem para quem não merecia e recebeu o mal que não merecia. Ele fez isso por nós, com amor decidiu entregar-Se para nos salvar.

Aceitaremos Seu sacrifício de amor ou rejeitaremos? Decida-se! – Heber Toth Armí.


2 Comentários so far
Deixe um comentário

Boa noite
Seria possível enviar esse email mais cedo?
At.
Milton

Comentário por Milton Douglas dos Santos Gemignani

Olá, Milton,
Se na hora da tua leitura o comentário ainda não estiver publicado no blog, você pode verificar se o comentário original foi publicado pelo autor na página do Reavivados no Face:
https://www.facebook.com/ReavivadosPorSuaPalavra/
Abraço.

Comentário por jquimelli




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: