Reavivados por Sua Palavra


EZEQUIEL 48, Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
7 de novembro de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria


“… e o nome da cidade desde aquele dia será: O SENHOR Está Ali” (v. 35).


O livro de Ezequiel se inicia com uma visão: “… se abriram os céus, e eu tive visões de Deus” (Ez 1:1), e se encerra com outra. Inicia com um chamado, e termina com uma promessa. A vocação de Ezequiel como profeta de Deus entre os primeiros cativos de Babilônia foi uma forma muito clara de revelar ao Seu povo de que não o tinha abandonado, mas que já tinha providenciado o Seu plano de resgate.

Infelizmente, os filhos de Israel não compreenderam efetivamente esta verdade e, desprezando os profetas do Senhor, prosseguiam “de duro semblante e obstinados de coração” (Ez 2:4). Todavia, Ezequiel não podia se deixar abater pela rebeldia do povo, e, quer dessem ouvidos quer não, deveria alertar os seus patrícios da destruição que certamente lhes sobreviria caso não se arrependessem de suas iniquidades (Ez 3:18).

Num emblemático período de silêncio o profeta foi encerrado, porém, antes da queda de Jerusalém, foi orientado a falar ou encenar, entre os exilados, os juízos de Deus sobre a casa de Israel por causa de suas abominações (Ez 6:9). Ezequiel foi um verdadeiro recado ambulante de que o “fim vem sobre os quatro cantos da terra” (Ez 7:2), sendo uma voz para aquele tempo e que ecoa até os nossos dias.

Tendo a constante presença do Espírito Santo ao seu lado para levantá-lo e o levar a ver e a entender as “visões de Deus” (Ez 8:3), o atalaia do Senhor experimentou a plenitude da vida que anda no Espírito (Gl 5:16). Perante um povo que não mais sabia fazer diferença entre o santo e o profano, se deparou com a dura realidade de que apenas alguns seriam selados para a vida (Ez 9:4). Caindo “com o rosto em terra” (Ez 9:8), clamou temendo a destruição de todo o seu povo. Israel havia abandonado o Senhor. E Sua glória abandonaria o templo (Ez 10:18).

No entanto, a despeito da apostasia do povo, a começar dos seus líderes (Ez 11:2), Deus voltaria a reunir os Seus filhos, aos quais lhes serviu “de santuário” (Ez 11:16) e lhes dando uma nova vida, um novo coração (Ez 11:19). A situação era por demais agravante, e Ezequiel foi levantado como um sinal de Deus entre cegos e surdos espirituais (Ez 12:3 e 6), que se deixavam enganar por falsos profetas e profetisas que seguiam “o seu próprio espírito sem nada ter visto” (Ez 13:3). Israel levantou “os seus ídolos dentro do seu coração” (Ez 14:4) confiando em sua própria justiça, criando uma situação em que nem se os maiores justos que pisaram na Terra estivessem entre eles, conseguiriam reter a espada do Senhor (Ez 14:14).

A infidelidade de Jerusalém foi tão grande que fez a boca de Deus proferir as palavras mais fortes que já li nas Escrituras. Como uma “meretriz descarada” (Ez 16:30), a cidade escolhida como habitação de Deus tornou-se um antro de imundícies e de toda forma de maldade. Contudo, como um Deus justo, cada caso é analisado nas cortes celestiais de maneira individual e, tudo na terra e nos céus é realizado com o fim de que o perverso “se converta dos seus caminhos e viva” (Ez 18:23).

O ministério de Ezequiel não foi fácil, e, por vezes, chegou a lhe ser esmagador. Creio que a viuvez do profeta foi o momento mais doloroso de sua vida, principalmente diante da ordem divina: “Geme em silêncio” (Ez 24:17). Meus amigos, vocês percebem até que ponto o Senhor precisa chegar para que finalmente possamos acordar pra o fato de que algo de muito sério está acontecendo? Foi só depois daquela tragédia na vida daquele servo fiel que o povo resolveu indagar: “Não nos farás saber o que significam estas coisas que estás fazendo?” (Ez 24:19). Até então, o profeta tinha apenas dado alguns pequenos resquícios da poderosa mensagem que estava por vir.

Após proferir juízos sobre os inimigos de Israel, chegou a hora da nação eleita ouvir “o som da trombeta” (Ez 33:5) de Deus. Acabou o silêncio! O chamado: “Vinde, peço-vos, e ouvi qual é a palavra que procede do SENHOR” (Ez 33:30) ecoou em toda Jerusalém. Então, em “um vale que estava cheio de ossos” (Ez 37:1), Ezequiel teve um vislumbre do milagre do reavivamento, da graça e da salvação que só o Senhor pode dar.

No fecho do livro de Ezequiel, na descrição do santuário, vimos a revelação do plano da salvação em Cristo e em cada detalhe percebemos o zelo de um Deus santo e perfeito, que estabeleceu Suas leis como limites para sabermos “distinguir entre o santo e o profano” e “discernir entre o imundo e o limpo” (Ez 44:23). É olhando para o santuário que conseguimos visualizar o que Cristo fez, está fazendo e ainda fará por nós. Como nosso Sumo Sacerdote (Hb 8:1), Ele hoje está cumprindo os Seus últimos instantes como nosso Mediador (Hb 8:6) para que, dentro em breve, entremos na santa cidade pelas portas.

Em cada lado da cidade santa, Norte,  Sul, Leste e Oeste,  há três portas (Ap 21:13). representando o chamado de Deus para todos os “que se assentam sobre a terra, e a cada nação, e tribo, e língua, e povo” (Ap 14:6). O Senhor tem uma porta especial que foi preparada para você entrar. E, ali, ao dar o primeiro passo no piso dourado, você irá se deparar com o sorriso mais lindo e mais verdadeiro que já contemplou e ouvirá a voz mais doce e penetrante que já ouviu, a lhe dizer: “Seja bem-vindo(a), filho(a) amado(a)!”

Nada neste mundo e nem todo ele junto pode superar o que Deus tem preparado para você! Não poderia terminar este livro tão revelador e portador de uma mensagem tão urgente, sem rogar ao seu coração que aceite, hoje, plenamente, o último chamado de Deus. Fixe os seus olhos em Jesus! Em Sua vida e exemplo, busque a verdadeira consagração e experimente diariamente o sublime relacionamento pessoal com o seu Criador e Redentor. Então, quando Ele voltar, você perceberá que a voz que sairá das nuvens do céu é a mesma que, pela fé, você ouvia todos os dias (Jo 10:4).

Bom dia, herdeiros da santa habitação!

Desafio do dia: Marque seus amigos, convidando-os para iniciarmos amanhã o estudo do livro de Daniel.

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus
#Ezequiel48
#RPSP

Deixe seu comentário sobre o estudo desse fantástico livro!


6 Comentários so far
Deixe um comentário

Emoção, muita emoção é o que sinto agora lendo o último capítulo desse livro e revivendo com os comentários o livro todo de Ezequiel. Como gostaria de ser como ele foi. FIEL a DEUS em tudo, fazendo TUDO o que o SENHOR lhe mandava sua vida foi uma CARTA ESCRITA POR DEUS ao mundo escuro
sua viuvez também me marcou muitissímo, pq lhe foi tirado ¨as delícias de seus olhos¨ e isso de súbito, sem poder nem LAMENTAR por isso. DEMAIS, um exemplo de que se pode ser FIEL a DEUS em TUDO e em TODAS CIRCUNSTÂNCIAS.
QUERO SER ASSIM SENHOR!!!!!!!!!!!!

Comentário por Maria Ivanete de Deus Cordeiro

Amém! Deus seja louvado! Continuemos sendo reavivados por Sua Palavra!
Graça e paz!
Rosana Barros

Comentário por Ivan Barros

Deus seja louvado! Que saudades dessa terra Santa. Vontade imensa de entrar nessa cidade linda e contemplar meu Senhor AGORA…Que estudo maravilhoso. O Senhor abençoe grandemente cada um q se prontificou a nos ensinar. Dessa forma fica muito fácil a compreensão da palavra de Deus. Que venha o estudo do livro de Daniel, e q O Espírito Santo continue nos instruindo no Seu caminho Santo. O Senhor vos abençoe e vos guarde de todo mal. Amém!

Comentário por iracema lima da silva jesus

Amém! Deus seja louvado! Continuemos sendo reavivados por Sua Palavra!
Graça e paz!
Rosana Barros

Comentário por Ivan Barros

Olá Reavivados, Deus ilumine cada vez mais pessoas para trazerem mensagens esclarecedoras e assim ajudar a povoar as habitações celestiais. Deus abençõe tanto aos que escrevem quanto aos que lêem.

Comentário por Rogério C.Rosa

Amém! Deus seja louvado! Continuemos sendo reavivados por Sua Palavra!
Graça e paz!
Rosana Barros

Comentário por Ivan Barros




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: