Reavivados por Sua Palavra


JEREMIAS 18 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
12 de agosto de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria

JEREMIAS 18 – Deus é misericordioso e paciente, porém, não ignorante nem negligente. Ele demonstra paciência com Israel e Jeremias. Antes de aprofundar-se no capítulo, amplie tua visão nesta citação de John MacArthur:

“Há uma estreita ligação entre o cap. 17 e os caps. 18-20. A destruição está em pauta (cap. 17), mas o arrependimento pode impedir que ele venha (18.7-8). Contudo, o arrependimento não acontecia (18.12), de maneira que a imagem da botija despedaçada de Jeremias ilustra Deus despedaçando Israel como castigo (cap. 19). Então, o espírito da rejeição (cf. 19.15) levaria à perseguição do porta-voz de Deus (cap. 20)”.

Jeremias 18 oferece-nos estes excelentes pontos para reflexão:

• Feito do barro pelo próprio Deus, pessoas são como jarros moldados pelas mãos do oleiro Criador, nisso reside seu valor.
• O jarro deve ser usado para o propósito para o qual foi feito; mas, diferentemente do jarro de barro, o povo de Deus “declara que andará consoante os seus próprios projetos”, observa William MacDonald.
• Contrastando com o jarro, o povo possui comportamento antinatural: insubordinação e rebelião. A criação irracional obedece, a criação racional desobedece. “A neve não abandona o Líbano, mas Israel se esqueceu da fonte de água viva da qual a água da vida flui para a terra” (C. F. Keil).
• Desprezo pelo Criador faz o pecador submeter-se a conceitos e líderes falsos. Perde-se a percepção. Interpreta-se às avessas a vontade de Deus. Ignora-se que suas escolhas resultarão em autodestruição.
• Deus observa e faz tudo para salvar, mas quem O despreza terá de enfrentar Seu juízo. Deus não é ignorante, nem negligente!
• O pior ódio é o religioso; por não conseguir atacar Deus o alvo torna-se Seus mensageiros. “O povo de Jerusalém forja projetos contra Jeremias, afirma que continuará a confiar em seus próprios sacerdotes e profetas e tramam atacá-lo por meio da difamação” (MacDonald).
• Ao amadurecer, o mensageiro de Deus começa a entender melhor as coisas. Assim se deu com Jeremias, e o mesmo pode dar-se conosco.

A ignorância é um problema que nem Deus resolve se não houver humildade. Então, ore: “Eu quero ser, Senhor amado, como vaso nas mãos do oleiro. Quebra minha vida e faze-a de novo. Eu quero ser… um vaso novo”. “Renova-me, Senhor Jesus. Já não quero ser igual…” – Heber Toth Armí.

Anúncios

2 Comentários so far
Deixe um comentário

Está chegando muito tarde essas mensagens, o que está acontecendo?

Comentário por Wilson Dos Santos Moreira

Prezado Wilson,
primeiramente, muito obrigado por nos acompanhar.
Pedimos desculpas pelo atraso nas postagens, mas como todos os nossos comentaristas exercem uma outra função profissional, nem sempre conseguem nos entregar seus comentários a tempo para postagem antecipada.
Pedimos suas orações pela equipe, que tem sempre nos preparado seus comentários, independente das lutas e dificuldades pessoais pelas quais todos passamos.
Um forte abraço,
Pela equipe Reavivados

Comentário por jquimelli




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: