Reavivados por Sua Palavra


ISAÍAS 4 – Comentário Rosana Barros by Ivan Barros
24 de maio de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria


“Naquele dia, o Renovo do SENHOR será de beleza e de glória; e o fruto da terra, orgulho e adorno para os de Israel que forem salvos” (v. 2).


Como uma continuação do capítulo anterior, o texto de hoje inicia com o resultado do vil comportamento das mulheres de Jerusalém. O termo “sete mulheres” indica a grande proporção de mulheres que ficariam sozinhas em vista da morte e da captura da maior parte dos homens de Jerusalém. O desespero era tão grande que elas estavam dispostas a buscar o seu próprio sustento, visto que cabia ao homem a provisão do lar. Naquela época era considerada uma grande desgraça uma mulher sem marido e sem filhos, por isso que terminam a fala dizendo: “… tira o nosso opróbrio” (v. 1). Trazendo para um contexto atual, mas deixando bem claro que não há doutrina que possa afirmar esta segunda disposição, vamos ponderar sobre a aplicação deste texto na situação da comunidade cristã contemporânea: Todas as igrejas cristãs, “sete mulheres”, dizem servir a Cristo, “um homem”, mas a grande maioria se recusa a “comer” do pão oferecido por Ele, buscando por si mesmas o próprio sustento espiritual, querendo apenas ser “chamadas pelo [Seu] nome”. Isto não é uma realidade?

O termo “cristianismo” foi banalizado a tal ponto que muitos, mesmo acreditando em Jesus Cristo, têm criado certa aversão às igrejas que professam segui-Lo. Seus cultos se resumem a apelos emocionais e extorsão de dinheiro, distorcendo o verdadeiro “culto racional” (Romanos 12:1) e a verdade sobre os dízimos e as ofertas conforme a Palavra de Deus. O problema é que a Bíblia tem sido trocada por palavras de homens e a oração sincera por discursos decorados. Contudo, esta realidade não precisa ser a minha e nem a sua. Jesus nos chama para fazer parte dos “restantes de Sião”, os que “serão chamados santos” (v. 3). Fomos chamados “para a vida” e é rumo à vida eterna que caminha todo aquele que permite ser transformado de glória em glória pelo “Espírito purificador” (v. 4).

Da mesma forma que Deus guiou e protegeu o Seu povo Israel no deserto (Êxodo 13:21-22), Ele prometeu nos guiar e proteger nestes últimos dias (v. 6). “Nosso crescimento na graça, nossa felicidade, nossa utilidade – tudo depende de nossa união com Cristo. É pela comunhão com Ele, todo dia, toda hora – permanecendo nEle – que devemos crescer na graça. Ele é não somente o Autor, mas também o Consumador de nossa fé. É Cristo primeiro, por último e sempre. Ele deve estar conosco, não só ao princípio e ao fim de nossa carreira, mas a cada passo do caminho” (EGW, Caminho a Cristo, p. 69).

Estude a Bíblia. Examine-a. Permita que o Espírito Santo lhe conduza a TODA a verdade (João 16:13): “O conhecimento experimental de Deus e de Jesus Cristo… Faz de seu possuidor filho de Deus e herdeiro do Céu. Leva-o à comunhão com a mente do Infinito e lhe abre os ricos segredos do Universo. ESSE É O CONHECIMENTO OBTIDO PELO ESTUDO DA PALAVRA DE DEUS” (EGW, Parábolas de Jesus, p. 114).

Bom dia, restantes do SENHOR!

Desafio do dia: Siga o exemplo de como devemos estudar a Bíblia todos os dias, contido em Atos 17:11.

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus
#Isaías4
#RPSP


2 Comentários so far
Deixe um comentário

Eu quero aprender a ministrar a palavra de DEUS. PRECISO DO SEU AUXÍLIO

Comentário por SONIAMULLER

Eu estava procurando pelo comentário que tivesse um conteúdo semelhante ao que eu tive de entendimento, mas só aqui achei.
As “sete mulheres… um só homem ” percebe-se que estás palavras não estão neste verso por acaso, vai muito além do entendimento literal.
Quando diz “tão somente… chamados pelo teu nome” percebe-se que refere a um GRANDIOSO nome, não a um simples apelido de um homem.Como podemos ver em Isaías 43:3-7
Obrigado Deus abençoe

Comentário por Correia Júnior




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: