Reavivados por Sua Palavra


SALMO 115 – #RPSP – COMENTÁRIO ROSANA BARROS by Ivan Barros
23 de fevereiro de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Não a nós, SENHOR, não a nós, mas ao Teu nome dá glória, por amor da Tua misericórdia e da Tua fidelidade” (v. 1).


Uma das primeiras coisas que Deus cuidou de fazer após Israel sair do Egito foi instituir a Sua Lei moral. Após um período de mais de quatrocentos anos como escravos, o povo havia se corrompido com toda sorte de abominações dos egípcios e o SENHOR precisava apresentar-lhes “a lei da liberdade” (Tg 2:12).

O Salmo de hoje tem um vínculo intrínseco com os dois primeiros mandamentos do Decálogo:

  1. “Não terás outros deuses diante de Mim.
  2. Não farás para ti imagens de escultura… Não as adorarás, nem lhes darás culto; porque Eu sou o SENHOR, Teu Deus, Deus zeloso” (Êxodo 20:3-5).

Tendo como base os mandamentos de Deus, o salmista expressa a sua preocupação em que a glória seja devida ao SENHOR, e não ao homem. Cada ser humano foi criado para a glória de Deus (Is 43:7) e não para ser um objeto de qualquer tipo de adoração. Louvar pessoas que já morreram e tornar-lhes objetos de adoração, por mais zelosas que tenham sido enquanto aqui viveram, é transgredir a Lei de Deus, e é PECADO (1Jo 3:4).

A Bíblia é bem clara, amados: “Os mortos não louvam o SENHOR, nem os que descem à região do silêncio” (v. 17). Mas todos dormem (Ec 9:5; João 11:11) e igualmente descansam para serem despertados ou para a ressurreição da vida ou para a ressurreição do juízo (1Co 6:14; João 5:29). Esta é a verdade. E o nosso compromisso deve ser com a verdade!

O nosso Deus não está aqui ou ali. Ele não é pó como nós e não pode ser esculpido. “No Céu está o nosso Deus e tudo faz como Lhe agrada” (v. 3). Deixar de confiar no SENHOR para confiar em esculturas inanimadas, é tornar-se semelhantes a elas (v. 8). Mas os que confiam no SENHOR, “Ele é o seu amparo e o seu escudo” (v. 9, 10 e 11). Por três vezes consecutivas o salmista repete esta sentença. Por três vezes Deus nos diz que vai nos amparar e nos proteger. Pai, Filho e Espírito Santo unidos na obra de nos salvar. E para todo aquele que nEle confia há bênção sobre nós (v. 12), há bênção sobre nossos filhos (v. 14), há bênção material (v. 16) e há bênção eterna (v. 18).

“Ele abençoa os que temem o SENHOR, tanto pequenos como grandes” (v. 13; Ap 11:18; 19:5). E quem teme ao SENHOR faz o que, amados? Guarda os Seus mandamentos (Ec 12:13; Ap 14:12). Que a sua e a minha oração hoje seja a do salmista: “Não a nós, SENHOR, não a nós…” e seremos para sempre “benditos do SENHOR, que fez os céus e a terra” (v. 15). Que toda a honra e toda a glória sejam dadas somente a Deus!

Bom dia, benditos do SENHOR!

Dando continuidade ao projeto #primeiroDeus, compartilhe conosco… A leitura de hoje é importante para minha vida porque:

*Leiam #Salmo115

Rosana Garcia Barros


2 Comentários so far
Deixe um comentário

O Salmo de hoje é importante para que eu confie verdadeiramente em Deus.

Comentário por Marcos Estêvão Cardoso

Esse salmo, abriu minha mente.
Gosto muito dos comentários de vcs.
Tenho aprendido muito.

Comentário por Janice Márcia Souza barreto




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: