Reavivados por Sua Palavra


ESDRAS 2 – #RPSP – Comentário Rosana Barros  by Ivan Barros
19 de agosto de 2016, 0:30
Filed under: Sem categoria

“… porém não puderam provar que as suas famílias e a sua linhagem eram de Israel” (v. 59).

A lista dos exilados que retornaram da Babilônia “para Jerusalém e para Judá” (v. 1), apesar de ser extensa, não dá em número nem um terço do que era Israel quando saiu do Egito (v. 64). Em quantidade estavam bem aquém do que já tinham sido, uma incontável multidão. Mas, como na genealogia, percebemos o cuidado de Deus em citar todos os que voltaram para casa, inclusive aqueles que não conseguiram comprovar a sua origem. Percebemos que a contagem foi realizada por famílias e por encargos, todos com o aval da genealogia de Israel. Mas aquele grupo específico do versículo 60 não pôde provar a sua linhagem. Já no versículo 61 encontramos mais um grupo, desta vez de “filhos dos sacerdotes”, que também “procuraram o seu registro nos livros genealógicos, porém o não acharam; pelo que foram tidos por imundos” (v. 62). A ausência de um registro não os impediu de habitar em Jerusalém, mas os impediu de exercer o sacerdócio (v. 62). Sabem, amados, este episódio me remete a um registro que definirá quem poderá habitar na Nova Jerusalém. Neste registro sim, se o nosso nome não for ali encontrado, não poderemos jamais adentrar pelos portais da Cidade Santa. Este registro se chama Livro da Vida. É ali que está contido os nomes de todos os salvos; de todos que serão salvos do exílio do mal de uma vez por todas. Ao contrário do que muitos pensam, não é um livro citado apenas no Apocalipse, mas desde o antigo testamento a sua existência já era conhecida. O próprio Moisés, quando Deus ameaçou destruir Israel, orou em favor do povo, dizendo: “Agora, pois, perdoa-lhe o pecado; ou, se não, risca-me, peço-te, do livro que escreveste. Então, disse o SENHOR a Moisés: Riscarei do Meu livro todo aquele que pecar contra Mim” (Êxodo 32:32-33). Este diálogo entre Moisés e Deus nos traz preciosas informações acerca deste registro divino. A resposta de Deus a Seu servo foi clara e contundente: — Eu risco do Meu livro o nome de todo aquele que pecar contra Mim! E agora? Estamos perdidos! Não somos todos pecadores? Calma, amados! Respirem fundo e me acompanhem na leitura de Apocalipse 21:27, onde está escrito: “Nela [Cidade Santa], jamais penetrará coisa alguma contaminada, nem o que pratica abominação e mentira, mas SOMENTE os inscritos no Livro da Vida do Cordeiro”. Opa! No Livro da Vida de quem, meus irmãos? Do Cordeiro. O Livro é dEle! O Livro pertence a Ele! Então, em Apocalipse 19:9, encontramos as seguintes palavras: “Bem-aventurados aqueles que são chamados à ceia das bodas do Cordeiro”. Porque para estes a vitória está garantida: “Pelejarão eles [inimigos] contra o Cordeiro, e o Cordeiro os vencerá, pois é o SENHOR dos senhores e o Rei dos reis; vencerão TAMBÉM os chamados, eleitos e fiéis que se acham com Ele” (Apocalipse 17:14). Ou seja, “se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas” (II Coríntios 5:17). Deus, em Sua infinita misericórdia, já havia elaborado o plano da salvação, desde a fundação do mundo (Vide Mateus 25:34). Toda a nossa genealogia, por mais que tenha caído no esquecimento, ou por mais terrível que tenha sido não influencia em nada quando aceitamos a Cristo como SENHOR e Salvador de nossas vidas. Porque um dia nem o nome que temos hoje teremos mais, mas Ele mesmo nos dará um novo nome (Apocalipse 2:17). O nosso nome terreno terá fim, mas o nosso nome lá na glória será eterno, pois o Cordeiro mesmo o escolheu e o gravou na genealogia da eternidade. Portanto, não há o que temer se estivermos escondidos no esconderijo do Altíssimo (Salmo 91:1). Seja a sua e a minha vida, uma oferta voluntária ao SENHOR (v. 68), oferecendo a Ele, dia após dia, o tesouro que Ele nos pede: o nosso coração (Vide Provérbios 23:26). Que o nosso destino não esteja com aqueles que o salmista Davi descreveu: “Sejam riscados do Livro dos Vivos e não tenham registro com os justos” (Salmo 69:28), mas que seja a nossa oração: “Sou teu; salva-me, pois eu busco os Teus preceitos” (Salmo 119:94). Continue a buscar conhecer os preceitos e a vontade de Deus para a sua vida, e Ele mesmo lhe conduzirá à porta do SENHOR, por onde entrarão os justos (Salmo 118:20).

Bom dia, justificados pelo Cordeiro de Deus!

Desafio do dia: como Moisés, seja um intercessor. Interceda por um amigo que deseja ver no Céu e compartilhe esta mensagem com ele.

*Leiam #Esdras2

Rosana Garcia Barros


4 Comentários so far
Deixe um comentário

Amém.

J.G.R

Comentário por João Germano Raul Raul

GLORIA A DEUS

Comentário por ANTONIO CARLOS JOSE SOARES

Belíssima explicação, confesso que esses dois versículos em especial (ED:2:61;62) tinham me chamado a atenção. Mas procurei em diversos lugares uma explicação mais profunda porém não achei. Mas com seu comentário e trazendo versículos do Novo Testamento deu para entender bastante. Obrigada!

Comentário por Joice

Louvado seja o Senhor, nosso Deus! Que o Espírito Santo continue nos reavivando por Sua Palavra. 🙇🏼‍♀️❤

Comentário por Rosana Garcia Barros




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: