Reavivados por Sua Palavra


Jó 6 by Jeferson Quimelli
1 de julho de 2013, 23:57
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

Jó responde aos seus amigos pedindo um julgamento justo. Ele deseja que suas alegrias e tristezas sejam comparadas, uma ao lado da outra. Jó argumenta que não recebeu um julgamento adequado por seus bons e maus atos, e o resultado é que sua “dor é mais pesada do que a areia do mar.” É por isso que Jó se encontra em um conflituoso estado de espírito e vê que as flechas de Deus estão contra ele (v. 3,4).

Jó pergunta se um burro e um boi forem cuidados, ele pedirá por alimento? Pode-se comer alimentos sem sabor, sem sal? A situação de Jó é tão ruim que ele, juntamente com os desabrigados, está quase pronto a comer coisas que antes se recusaria sequer a tocar (v. 6,7).

Jó enxerga claramente a capacidade de Deus em ajudar a diminuir seu sofrimento, mesmo que seja com a morte(v. 8, 9). Ele estudou bem a Palavra de Deus e a praticou em sua vida diária (v.10). Existe um dia melhor para encerrar seu sofrimento que hoje? (v. 11-13). Ele espera que algum amigo possa ser bondoso com ele (v. 14) ou então se mostrará que todos perderam o temor do Todo-Poderoso. Os irmãos de Jó são enganosos e como um rio eles fluem em torrentes transbordantes (v. 15). Eles são águas turvas com gelo e neve, e quando estes derretem no calor, desaparecem. No tempo seco, os viajantes esperam por esta fonte, mas ela não está lá para satisfazê-los. Como ela, seus amigos já se foram (vv. 17-19). Eles enxergam o terror de Jó e isto os enche de medo (v. 21).

Jó nunca pediu posses para seus amigos ou ajuda contra um inimigo ou um opressor (vv. 22-23). Mas ele implora a seus amigos que lhe digam onde ele errou (v. 24). Eles pensavam que suas palavras eram necessárias para disciplina ao seu mau amigo, e que as palavras de Jó eram uma resposta típica de quem sofre por sua maldade a quem não se deve dar crédito (v. 26). Para Jó, seus amigos não têm uma boa reputação (v. 27). Com um sorriso em seus rostos, eles põem para baixo um amigo e ficam satisfeitos quando ele se abate.

Mas Jó quer que seus amigos retornem e o ouçam. Ele não irá mentir para eles (v. 28). Como não há nada de errado nele (v. 29), ele é capaz de discernir suas astutas maquinações (v. 30). Apesar de Jó estar em dificuldades financeiras, ele está determinado a manter seu estilo de vida adequado e estender a sua capacidade de discernir o certo do errado em outros aspectos da vida também (v. 30).

Querido Deus,
Dê-nos também uma vida de discernimento e de busca por justiça e atos corretos como Jó. Conhecendo suficientemente as estratégias de Satanás, sabemos que estamos seguros contigo porque tens o controle total de nossas vidas. Amém.

Koot van Wyk
Kyungpook National University

Sangju, Coreia do Sul

Trad/Adap JAQ/GASQ

Texto bíblico: Jó 6


1 Comentário so far
Deixe um comentário

Glória a Deus pelos estudos de vocês, eu amo todos eles, que Deus os continue abençoando e usando vocês para honra e glória de Deus

Comentário por Ana Clecia dos Santos Pereira




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: